JÁ DISPONÍVEL

Suporte dos SQL Server Data Tools para o nível de compatibilidade 1500

Data de publicação: 04 outubro, 2019

Temos o prazer de anunciar que os SQL Server Data Tools (SSDT) para os Analysis Services suportam agora modelos tabulares com o nível de compatibilidade 1500. O nível de compatibilidade 1500 é necessário para tirar partido das funcionalidades mais recentes para os modelos tabulares nos Azure Analysis Services. Pode transferir o SSDT VSIX mais recente para o Visual Studio a partir do VS Marketplace.

Para criar um novo projeto de modelo tabular nos SSDT, especifique o nível de compatibilidade 1500 no momento da criação do projeto. Também pode atualizar um projeto tabular existente para 1500 na janela de propriedades do ficheiro BIM.

Grupos de cálculo

Os grupos de cálculo abordam o problema da proliferação de medidas em modelos complexos de BI habitualmente causados por cálculos comuns como a análise de tempo. Os modelos dos Analysis Services são reutilizados em todas as organizações de grande dimensão, pelo que têm tendência a aumentar em escala e complexidade.

Eis uma ligação para a página de documentação oficial dos grupos de cálculo: https://aka.ms/CalculationGroups. Esta página contém exemplos detalhados da análise de tempo, conversão cambial, formatos de medidas dinâmicas e como definir a propriedade de precedência para vários grupos de cálculo num único modelo. Pretendemos manter este artigo atualizado à medida que formos fazendo melhorias aos grupos de cálculo e aos cenários abrangidos.

Para criar um novo grupo de cálculo para um modelo tabular nos SSDT, aceda ao Explorador de Modelos Tabular e clique com o botão direito do rato na pasta Calculation Groups. Em seguida, pode adicionar itens de cálculo e definir as respetivas expressões no Editor DAX.

<p">Propriedades de itens de cálculo

 

Utilize a propriedade Ordinal para controlar a ordenação dos itens de cálculo. Para tal, precisa de adicionar uma segunda coluna e utilizá-la como uma coluna de ordenar por, que é definida automaticamente no momento da criação da 2 coluna.

Relações muitos para muitos

As relações muitos para muitos (M2M) permitem relações entre tabelas onde ambas as colunas são não exclusivas. É possível definir uma relação entre uma tabela de dimensões e factos com um nível de granularidade superior ao da coluna de chaves da dimensão. Isto evita a necessidade de normalizar as tabelas de dimensões e permite melhorar a experiência do utilizador porque o modelo resultante tem um número menor de tabelas com colunas agrupadas de forma lógica.

Relações M2M

</p">
  • Azure Analysis Services
  • Features

Produtos Relacionados