NA VISUALIZAÇÃO

Azure Load Balancer – Regras de saída para GA do Standard Load Balancer

Data da publicação: 24 setembro, 2018

A opção Regras de saída para o Standard Load Balancer já está em disponibilidade geral. 

Essa nova habilidade permite que você declare que IP ou prefixo IP público deve ser usado para conectividade de saída da sua rede virtual e como as conversões de endereços de rede de saída devem ser escalonadas e ajustadas.

·        Simplifica cenários de saída – essa nova habilidade declara explicitamente conversões de endereços de rede de saída usando endereços IP públicos, prefixos IP públicos ou ambos.  A NAT de saída é baseada em pool e pode ser definida sem as regras de balanceamento de carga de entrada correspondente ou definir conectividade de saída para usar um endereço IP diferente do usado para entrada. 

·        Gerenciar escala de saída – define explicitamente a quantidade de endereços IP públicos ou o tamanho do prefixo IP público usado para conexões de saída. Além disso, a alocação de portas SNAT pode ser ajustada para maximizar a escala além das alocações padrão fornecidas pelo Azure Load Balancer. 

·        Controlar o tempo limite de ociosidade e expor o fechamento da conexão TCP – junto com escala e capacidade de gerenciamento, você pode configurar o tempo limite de ociosidade de 4 a 66 minutos. Além disso, habilite o envio de redefinições TCP bidirecionais quando uma conexão atingir o tempo limite de ociosidade para expor o fechamento da conexão TCP a aplicativos. 

 

Regras de Saída podem ser gerenciadas por meio de modelos do Resource Manager, da CLI e do PowerShell.  Regras de saída são cobradas como parte das regras de balanceamento de carga.

Para obter mais informações, incluindo detalhes de preço, acesse a página Regras de Saída do Azure Load Balancer

  • Load Balancer
  • Services

Produtos relacionados