JÁ DISPONÍVEL

Atualização de dezembro do Serviço de Kubernetes do Azure

Data da publicação: 26 dezembro, 2018

O AKS (Serviço de Kubernetes do Azure) passou recentemente pelas seguintes atualizações notáveis:

Adoção do Moby como tempo de execução do contêiner

Para fornecer correções e melhorias upstream mais frequentes no tempo de execução do contêiner, o AKS adotou o Moby: projeto de software livre no qual o Docker é baseado. Com exceção das VMs baseadas em GPU, todos os novos nós do AKS agora são provisionados tendo o Moby como o tempo de execução do contêiner, inclusive os novos nós em clusters existentes adicionados por meio dos comandos de escala ou de atualização.

Já que o projeto Moby upstream atualmente não publica versões com controle de versão, você verá uma versão definida pela Microsoft (atualmente 3.0.1) para o tempo de execução do contêiner quando o Moby estiver presente. Periodicamente, a Microsoft validará e criará novas versões do Moby e as disponibilizará no AKS.

Redução no tempo de provisionamento de cluster

O AKS implantou uma série de melhorias que levaram a reduções significativas nos tempos de provisionamento de cluster. Os tempos médios de criação encontram-se agora entre 5 e 6 minutos em todas as regiões. Há planos de novas melhorias para reduzir ainda mais esse tempo.

Correção para erro no Observador de Fluxo

A correção para o problema descrito neste problema do GitHub foi implementada em todas as regiões. Todos os novos clusters receberão a correção. Os clusters existentes exigem uma operação de escala ou atualização para consegui-la.

Correção para o problema de pesquisa do kube-dns

O kernel do Linux que contém a correção para o problema descrito neste problema do GitHub foi integrado à imagem do SO base para o AKS e agora está disponível em todas as regiões. Novos nós obterão a nova imagem automaticamente.

  • AKS (Serviço de Kubernetes do Azure)
  • Services