Ignorar Navegação

Versões de API que estão a ser descontinuadas para a Gestão de API do Azure

Data de publicação: 28 outubro, 2022

A Gestão de API do Azure utiliza o Azure Resource Manager (ARM) para configurar as suas instâncias da Gestão de API. A versão de API está incorporada na utilização que faz dos modelos que descrevem a sua infraestrutura, das ferramentas utilizadas para configurar o serviço e dos programas que escreve para gerir os seus serviços da Gestão de API do Azure.

 

A 30 de setembro de 2023, todas as versões de API anteriores à versão 2021-08-01 serão descontinuadas e as chamadas à API que utilizarem essas versões de API irão falhar. Isto significa que deixará de poder criar ou gerir os seus serviços da Gestão de API com os seus modelos, ferramentas, scripts e programas existentes até que tenham sido atualizados. As operações de dados (como aceder às APIs ou aos Produtos configurados na Gestão de API do Azure) não serão afetadas por esta atualização, incluindo após 30 de setembro de 2023.

 

A partir de agora até 30 de setembro de 2023, pode continuar a utilizar os modelos, ferramentas e programas sem qualquer impacto. Pode fazer a transição para a versão de API 2021-08-01 ou versão posterior a qualquer momento antes de 30 de setembro de 2023.

 

Ação necessária 

Reveja as ferramentas que utiliza para configurar e monitorizar os seus serviços da Gestão de API do Azure.  Confirme se todas as ferramentas estão atualizadas para a versão mais recente.  Pode encontrar uma lista dos requisitos mínimos de versão de cada ferramenta afetada no Guia de migração da Gestão de API do Azure.

Ajuda e Suporte  

Se tiver dúvidas, esclareça-as junto de especialistas da comunidade no Microsoft Q&A. Se tiver um plano de suporte e precisar de ajuda técnica, crie um pedido de suporte.  

  • Features