Vamos descontinuar os processadores em pré-visualização da Análise de Multimédia do Azure a 1 de junho de 2020.

Data de publicação: 24 fevereiro, 2020

Fizemos investimentos significativos no Reconhecimento de Carateres Ótico de Vídeo, no Face Detector e no Content Moderator como parte da disponibilidade em geral dos Serviços de Multimédia do Azure: Video Indexer, anunciado em setembro de 2018. Como resultado, os processadores em pré-visualização da Análise de Multimédia do Azure seguintes vão ser preteridos a 1 de junho de 2020:

As capacidades de pré-visualização anteriores têm por base tecnologias de machine learning mais antigas e utilização, por parte do cliente, limitada em produção.

De que forma isto me afeta?

Depois de 1 de junho de 2020, qualquer aplicação que tenha criado com a Deteção de Movimento, o Resumo de Vídeos, o Reconhecimento de Carateres Ótico de Vídeos, o Face Detector ou o Content Moderator começará a experienciar erros ou envios de trabalhos falhados.

Que medidas devo tomar?

Se precisar de uma solução que disponibilize reconhecimento de carateres ótico, deteção facial ou moderação de conteúdo em vídeos, recomendamos que atualize as suas aplicações para que utilizem as capacidades do Video Indexer através da API REST Video Indexer v2 ou da configuração predefinida do Analisador de Vídeo na API dos Serviços de Multimédia do Azure v3 antes de 1 de junho de 2020.

A Deteção de Movimento e o Resumo de Vídeo vão ser descontinuados e não serão substituídos neste momento. Vamos avaliar ambos os cenários e os casos de utilização com os clientes relativamente a futuros investimentos. 

Saiba mais sobre as descontinuações das pré-visualizações e como migrar as suas aplicações para o Video Indexer.

  • Serviços de Multimédia
  • Retirements

Produtos Relacionados