EM PRÉ-VISUALIZAÇÃO

Alterações ao código recomendadas para acomodar atualizações ao Azure Time Series Insights

Data de publicação: 17 junho, 2020

A Pré-visualização do Azure Time Series Insights introduziusuporte para um Tipo de Dados adicional, Long (anteriormente, o TSI só suportava Double). Esta adição vai afetá-lo em determinados casos e terá de atualizar as expressões de variáveis do Modelo do Time Series e/ou o código do cliente. Esta funcionalidade só vai ser aplicada a ambientes pay as you go de Pré-visualização. Se o seu ambiente do Time Series Insights for o SKU Standard (S), não será afetado.

Esta alteração afeta-o nos seguintes casos:

  • Se utilizar atualmente as variáveis do Modelo do Time Series e enviar apenas tipos de dados integrais nos seus dados telemétricos.
  • Se utilizar atualmente as variáveis do Modelo do Time Series e enviar tipos de dados integrais e não integrais nos seus dados telemétricos.
  • Se utilizar variáveis categóricas que mapeiam valores inteiros para categorias.
  • Se utilizar o SDK JavaScript para criar aplicações de front-end personalizadas.
  • Se estiver quase a atingir o limite de nomes de propriedades de mil no Arquivo Quente (WS) e enviar dados integrais e não integrais; a contagem de propriedades pode ser vista como uma métrica no portal do Azure.

Se algum dos casos acima lhe for aplicável, este artigo demonstra como aplicar as alterações recomendadas ao código. Esta alteração entra em vigor a 29 de junho de 2020. Se as atualizações não forem feitas, tenha em conta que algumas das suas séries temporais acedidas através das APIs de consulta ou do explorador do Time Series Insights devolverão nulo (ou seja, aparecerão como se não houvesse dados no explorador).

Se tiver dúvidas ou preocupações relativamente a esta alteração, submeta um pedido de suporte através do portal do Azure e mencione este blogue.

  • Azure Time Series Insights
  • Features

Produtos Relacionados