Balanceador de Carga do Azure — Regras de Saída para o Balanceamento de Carga Standard GA

Publicado em 24 de setembro de 2018

As Regras de Saída para o Balanceador de Carga Standard já estão disponíveis para acesso geral. 

Esta nova capacidade permite-lhe declarar qual o IP público ou prefixo de IP público que deve servir para a conectividade de saída a partir da sua rede virtual e como é que as traduções de endereços de rede de saída devem ser dimensionadas e ajustadas.

·        Simplifica cenários de saída— esta nova capacidade declara explicitamente as traduções de endereços de rede de saída através de endereços IP públicos, prefixos de IP públicos ou ambos.  O NAT de saída é baseado em conjuntos e pode ser definido sem as regras de balanceamento de carga de entrada correspondentes ou pode definir a conectividade de saída para utilizar um endereço IP diferente daquele que é utilizado para a entrada. 

·        Gerir o dimensionamento de saída —define explicitamente a quantidade de endereços IP públicos ou o tamanho do prefixo de IP público que serve para as ligações de saída. Além disso, a atribuição de portas SNAT pode ser otimizada para maximizar o dimensionamento para além das atribuições predefinidas proporcionadas pelo Balanceador de Carga do Azure. 

·        Controlar o tempo limite de inatividade e expor o fecho da ligação TCP — juntamente com o dimensionamento e a capacidade de gestão,  pode configurar o tempo limite de inatividade de saída de 4 a 66 minutos. Além disso, ative o envio de reposições de TCP bidirecionais no momento em que uma ligação atinge o tempo limite de inatividade para expor o fecho da ligação TCP às aplicações. 

 

As regras de saída podem ser geridas através de modelos do Resource Manager, de interfaces de linha de comandos e da PowerShell.  As regras de saída são carregadas como parte das regras de balanceamento de carga.

Para obter mais informações, incluindo informações de preços, aceda à página Regras de Saída do Balanceador de Carga do Azure