EM DESENVOLVIMENTO

A nova otimização de replicação geográfica ativa chegará à produção em breve no Banco de Dados SQL do Azure

Data da publicação: 26 junho, 2019

Para garantir a replicação de dados confiável para os bancos de dados secundários, os engenheiros de banco de dados SQL implementaram um conjunto de otimizações projetadas para as configurações em que o banco de dados secundário tem um tamanho da computação menor (SLO menor) do que o primário. Essas configurações não são recomendadas e estavam causando interrupções do banco de dados secundário devido à sua capacidade de computação ser insuficiente para acompanhar a taxa de alteração do banco de dados primário. Um banco de dados secundário com atraso em relação ao primário também gera o risco de uma grande perda de dados caso um failover forçado seja necessário. Para mitigar esses riscos, em vigor desde 1º de julho, a replicação geográfica ativa começará a limitar periodicamente os primários para permitir que seus secundários os alcancem. Para garantir que o desempenho de seu aplicativo não seja afetado pela limitação, é altamente recomendável aumentar o tamanho da computação do banco de dados secundário. Para encontrar orientações detalhadas sobre a configuração do banco de dados secundário, confira Configurando o banco de dados secundário.

  • Banco de Dados SQL do Azure
  • Features
  • Services

Produtos relacionados