JÁ DISPONÍVEL

Azure IoT Edge versão 1.0.2

Data da publicação: 26 setembro, 2018

A atualização 1.0.2 do Azure IoT Edge inclui as seguintes melhorias:

  • Uma versão prévia pública do recurso estendido offline permite que um dispositivo do Edge, e os dispositivos conectados a ele em downstream, funcionem offline indefinidamente. É possível encontrar mais detalhes na postagem no blog que anunciou o recurso.
  • Os dispositivos do Edge agora podem funcionar por meio de um servidor proxy. A documentação do produto foi adicionada para explicar como configurar esse recurso.
  • Vários bugs foram corrigidos no hub e no agente do Edge. É possível encontrar uma lista completa de alterações nas notas sobre a versão no GitHub. Aprimoramos o desempenho do tempo de inicialização e corrigimos um problema que fazia com que um dispositivo do Edge usasse largura de banda imprevista.

É necessário atualizar para a versão 1.0.2 de todos os componentes de runtime para obter os benefícios dessa versão. Para fazer isso, siga estas instruções.

 

Atualize o daemon de segurança (Linux)

Etapa 1: obtenha a versão mais recente dos pacotes executando o seguinte comando no dispositivo de borda:

apt-get upgrade

Etapa 2: instale a versão mais recente do hsmlib e do Daemon de Segurança executando o seguinte comando no dispositivo de borda:

apt-get install libiothsm iotedge

 

Atualize o daemon de segurança (Windows)

Etapa 1: desinstale a versão mais antiga do Daemon de Segurança usando o seguinte comando no dispositivo de borda:

. {Invoke-WebRequest -useb aka.ms/iotedge-win} | Invoke-Expression; `

UnInstall-SecurityDaemon

Etapa 2: instale a nova versão do Daemon de Segurança de acordo com os contêineres usados, seja do Windows ou do Linux.

 

Atualize o hub e o agente do Edge (Linux e Windows)

Exclua as imagens de módulo existentes com "docker rmi" (executado no dispositivo do Edge) se a implantação atual usar imagens 1.0. Imagens 1.0 são marcas sem interrupção que fazem referência à imagem 1.0.x mais recente. Quando o runtime efetua pull da imagem "1.0", o pull será da imagem 1.0 mais recente, que agora é 1.0.2.

 

Outra opção é atualizar o esquema de implantação da versão de imagem do edgeHub e do edgeAgent para 1.0.2.

  • Features