Serviço de Kubernetes do Azure – Desativação do suporte para versões 1.11 e 1.12 do Kubernetes

Data da publicação: 30 setembro, 2019

Na segunda-feira, 9 de dezembro de 2019 (09/12/2019), removeremos o suporte para as versões do Kubernetes anteriores à versão mais recente (N) e a duas versões secundárias anteriores (N-2), pois o suporte ao Kubernetes 1.15 estará disponível nessa data. Os clientes que executam versões do Kubernetes anteriores ao Kubernetes 1.13.x devem atualizar até segunda-feira, 9 de dezembro de 2019, para permanecer no suporte. Após essa data, os clientes receberão uma solicitação para atualizar para uma versão compatível ao abrirem novas solicitações de suporte do Azure. Observe: esta data é específica do AKS e não está relacionada a nenhuma data da comunidade ou upstream para o Kubernetes 1.15.

Estamos fazendo essa alteração agora para nos alinharmos mais de perto com o projeto upstream do Kubernetes e fornecer uma experiência mais consistente para os clientes com relação a correções de bugs, patches de segurança e compatibilidade de componentes.

Com essa alteração, o AKS será compatível com a versão atual do Kubernetes em disponibilidade geral e as duas versões secundárias anteriores (N-2). Historicamente, o AKS foi compatível com a versão atual em disponibilidade geral do Kubernetes, bem como as três versões secundárias anteriores (N-3). Quando uma nova versão secundária é lançada, a versão secundária mais antiga é removida.

Após segunda-feira, 9 de dezembro de 2019, as versões secundárias do Kubernetes compatíveis serão as seguintes:

  • 1.13.x
  • 1.14.x
  • 1.15.x

Para verificar quais versões estão disponíveis em sua região:

```
az aks get-upgrades --resource-group myResourceGroup --name myAKSCluster --output table
```

Para atualizar os clusters usando a CLI do Azure:

```
az aks upgrade --resource-group myResourceGroup --name myAKSCluster --kubernetes-version <NEW VERSION>
```

Para mais informações, confira a política de suporte do Kubernetes do AKS.

Em caso de dúvidas, entre em contato conosco.

 

 

Na segunda-feira, 9 de dezembro de 2019 (09/12/2019), removeremos o suporte para as versões do Kubernetes anteriores à versão mais recente (N) e a duas versões secundárias anteriores (N-2), pois o suporte ao Kubernetes 1.15 estará disponível nessa data. Os clientes que executam versões do Kubernetes anteriores ao Kubernetes 1.13.x devem atualizar até segunda-feira, 9 de dezembro de 2019, para permanecer no suporte. Após essa data, os clientes receberão uma solicitação para atualizar para uma versão compatível ao abrirem novas solicitações de suporte do Azure. Observe: esta data é específica do AKS e não está relacionada a nenhuma data da comunidade ou upstream para o Kubernetes 1.15.

Estamos fazendo essa alteração agora para nos alinharmos mais de perto com o projeto upstream do Kubernetes e fornecer uma experiência mais consistente para os clientes com relação a correções de bugs, patches de segurança e compatibilidade de componentes.

Com essa alteração, o AKS será compatível com a versão atual do Kubernetes em disponibilidade geral e as duas versões secundárias anteriores (N-2). Historicamente, o AKS foi compatível com a versão atual em disponibilidade geral do Kubernetes, bem como as três versões secundárias anteriores (N-3). Quando uma nova versão secundária é lançada, a versão secundária mais antiga é removida.

Após segunda-feira, 9 de dezembro de 2019, as versões secundárias do Kubernetes compatíveis serão as seguintes:

  • 1.13.x
  • 1.14.x
  • 1.15.x

Para verificar quais versões estão disponíveis em sua região:

```
az aks get-upgrades --resource-group myResourceGroup --name myAKSCluster --output table
```

Para atualizar os clusters usando a CLI do Azure:

```
az aks upgrade --resource-group myResourceGroup --name myAKSCluster --kubernetes-version <NEW VERSION>
```

Para mais informações, confira a política de suporte do Kubernetes do AKS.

Em caso de dúvidas, entre em contato conosco.

 

 

  • AKS (Serviço de Kubernetes do Azure)
  • Open Source
  • Retirements