Detalhes de Preços de Largura de Banda

Comece a sua conta gratuita do Azure e obtenha um crédito de $200 durante 30 dias e, ainda, 12 meses de acesso gratuito ao Largura de Banda.

A largura de banda refere-se aos dados que entram e saem dos centros de dados do Azure e que não estão explicitamente cobertos pela Rede de Entrega de Conteúdos ou pelos preços do ExpressRoute.

Detalhes dos preços

Transferências de dados de entrada

(isto é, dados recebidos nos datacenters do Azure): Gratuito

Transferências de dados de saída

(por exemplo, dados que saem dos datacenters do Azure; as zonas referem-se à região de origem):

Transferências de dados de saída
Primeiros 5 GB/Mês 1 Gratuito
5 GB - 10 TB 2/Mês $- por GB
Próximos 40 TB
(10 - 50 TB) /mês
$- por GB
Próximos 100 TB
(50 - 150 TB) /mês
$- por GB
Próximos 350 TB
(150 - 500 TB) /mês
$- por GB
Mais de 500 TB / Mês Contacte-nos
* As Transferência de Dados de Saída para a CDN do Azure da Microsoft são gratuitas. Para obter detalhes das Zonas, veja as FAQ abaixo.
1 Para ofertas de crédito monetário de 6 e 12 meses, as transferências de dados de saída serão cobradas no escalão 5 GB - 10 TB.
2 1 TB = 1024 GB

Zonas de Disponibilidade*

Transferências de dados de entrada

(por exemplo, os dados que entram na VM implementada numa zona de disponibilidade): $0 por GB

Transferências de dados de saída

(por exemplo, os dados que saem da VM implementada numa zona de disponibilidade): $0 por GB

*A partir de 1 de fevereiro de 2021, será iniciada a faturação de transferência de dados entre máquinas virtuais nas zonas de disponibilidade. Consulte as FAQ para obter mais detalhes.

FAQ

  • Estamos a implementar uma alteração à transferência de dados inter-regional do Azure. Como resultado, os clientes atuais verão ou uma redução na fatura da largura de banda ou nenhuma cobrança. Os preços da transferência de dados inter-regional aplicam-se ao tráfego de saída dos recursos do Azure numa região do Azure para outra. Os preços da transferência de dados inter-regional varia consoante a origem e o destino do tráfego.

    Quando a implementação estiver concluída, a página de preços será atualizada em conformidade.

    As novas regiões do Azure de origem e destino para a largura de banda estão categorizadas nas seguintes geolocalizações:

    • América do Norte
    • América do Sul
    • Europa
    • Médio Oriente/África (MEA)
    • Ásia
    • Oceânia
  • Até setembro de 2020, estamos a implementar uma alteração à transferência de dados inter-regional do Azure. Como resultado, os clientes atuais verão ou uma redução na fatura da largura de banda ou nenhuma cobrança.

    Os preços da transferência de dados inter-regional aplicam-se ao tráfego de saída dos recursos do Azure numa região do Azure para outra. Os preços da transferência de dados inter-regional varia consoante a origem e o destino do tráfego.

    Quando a implementação estiver concluída, a página de preços será atualizada em conformidade.

    As novas regiões do Azure de origem e destino para a largura de banda estão categorizadas nas seguintes geolocalizações:

    • América do Norte
    • América do Sul
    • Europa
    • Médio Oriente/África (MEA)
    • Ásia
    • Oceânia
  • Sim. A Zona de Disponibilidade é diferente da Zona.

    A Zona é um agrupamento geográfico de Regiões do Azure para fins de faturação. Os preços da transferência de dados são baseados nas Zonas. Para detalhes da Zona, consulte as FAQ abaixo.

    A Zona de Disponibilidade é uma localização isolada dentro de uma região do Azure e tem a sua própria fonte de energia independente, rede e arrefecimento. A separação física e lógica das Zonas de Disponibilidade numa região do Azure protege aplicações e dados de falhas ao nível da zona. Os preços da transferência de dados da Zona de Disponibilidade são baseados nas Zonas de Disponibilidade.

  • A transferência de dados da Zona de Disponibilidade seguinte é cobrada:

    • A transferência de dados, entrada e saída, de um recurso da VNet implementado numa Zona de Disponibilidade para outro recurso numa Zona de Disponibilidade diferente na mesma VNET

    A transferência de dados da Zona de Disponibilidade seguinte NÃO é cobrada:

    • A transferência de dados entre recursos da VNet localizados na mesma Zona de Disponibilidade
    • Transferência de dados entre um recurso da VNet e um endereço IP público na mesma região do Azure
    • A transferência de dados entre recursos da VNet localizados em VNets com peering nas Zonas de Disponibilidade. Esta transferência de dados será cobrada conforme as taxas de peering da VNet.
  • Uma sub-região é a geolocalização de nível mais baixo que pode selecionar para implementar as suas aplicações e dados associados. Para transferências de dados (exceto CDN), as regiões seguintes correspondem à Zona 1, à Zona 2, à Zona 3 e a DE Zona 1.

    • Zona 1—Australia Central, Australia Central 2, Canada Central, Canada East, Europa do Norte, Europa Ocidental, França Central, Sul de França, Norte da Alemanha (Pública), Norte da Alemanha (Pública), Leste da Noruega, Oeste da Noruega, Norte da Suíça, Oeste da Suíça, Sul do Reino Unido, Oeste do Reino Unido, E.U.A. Central, E.U.A. Leste, E.U.A. Leste 2, E.U.A. Centro-Norte, E.U.A. Centro-Sul, E.U.A. Oeste, West US 2, West Central US
    • Zona 2—Ásia Leste, Sudeste Asiático, Australia East, Australia Southeast, Índia Central, Sul da Índia, Oeste da Índia, Leste do Japão, Oeste do Japão, Coreia do Sul Central, Sul da Coreia do Sul
    • Zona 3—Sul do Brasil, Brazil Southeast, Norte da África do Sul, Oeste da África do Sul, E.A.U. Central, Norte dos E.A.U.
    • DE Zona 1—Alemanha Central (Soberana), Nordeste da Alemanha (Soberana)
  • Não. Por exemplo, uma base de dados SQL do Azure na mesma região não implicará custos adicionais de transferência de dados.

  • Sim. As transferências de dados de saída são cobradas à taxa normal e as transferências de dados de entrada são gratuitas.

  • Não cobramos aos clientes académicos pelo tráfego de saída da Internet, desde que a sua instituição atenda a determinados requisitos de qualificação. Os clientes académicos devem ser clientes educacionais do Enrollment for Education Solutions (EES) e os encargos do tráfego de saída devem ser inferiores a 15% da conta do consumo mensal total. O tráfego de saída não é dispensado para o tráfego pelo ExpressRoute ou pelo CDN, além dos clientes que utilizam aplicações de tráfego de saída como serviço, como MOOCs. Para obter mais informações, visite a página do programa EES.

Recursos

Calcule o custo mensal dos serviços Azure

Reveja as perguntas mais frequentes sobre os preços do Azure

Adicionar à estimativa. Prima "v" para ver na calculadora

Aprender e criar com um crédito de $200, e continuar gratuitamente