A API de pré-visualização das zonas privadas do DNS do Azure está a ser preterida

Data de publicação: 12 março, 2020

Durante o lançamento da pré-visualização pública, foram criadas zonas DNS privadas com o recurso do ARM dnszones com a propriedade zoneType definida como Privado.  O suporte para as zonas criadas com a API de pré-visualização será removido a 30 de junho de 2020 e tem de migrar imediatamente estas zonas DNS privadas para o modelo de recurso GA. O modelo de recurso GA utiliza o tipo de recurso privateDnsZones em vez de dnszones.

Depois de 15 de abril de 2020, não poderá criar novas zonas DNS privadas com a API de recurso de pré-visualização dnszones. As zonas existentes criadas com esta API deixarão de funcionar após 30 de junho de 2020 e têm de ser migradas para o modelo de recurso GA.

Nota: isto não afeta as zonas DNS públicas criadas com o recurso dnszones. Estas zonas continuarão a funcionar normalmente.

Para saber quais os recursos dnszones que requerem migração, execute o comando abaixo na CLI do Azure.

az account set --subscription SubscriptionId

az network dns zone list --query "[?zoneType=='Private']"

Ação Necessária

1. Elimine a zona DNS privada se já não for necessária e tiver sido criada apenas para fins de avaliação ou teste.

2. Se as zonas DNS privadas estiverem em utilização, siga as instruções passo a passo fornecidas no nosso guia de migração para migrar as zonas DNS de pré-visualização para o modelo de recurso mais recente. O processo de migração foi automatizado e tudo o que precisa de fazer é executar um cmdlet do PowerShell.

3. Comece a utilizar o recurso privateDnsZones em vez do recurso dnszones.

4. Atualize as automatizações (scripts/modelos) para utilizar a versão 2018-09-01 da API e mude para a CLI/PowerShell/SDKs mais recentes.

Se precisar de assistência no processo de migração, crie um pedido de suporte.

  • DNS do Azure
  • SDK and Tools
  • Services
  • Retirements