Ignorar Navegação
EM PRÉ-VISUALIZAÇÃO

Anúncio da Atualização da Pré-visualização das Zonas Privadas do DNS do Azure

Data de publicação: 26 junho, 2019

É com grande entusiasmo que anunciamos a versão de Atualização das Zonas Privadas DNS do Azure (pré-visualização). As Zonas Privadas do DNS do Azure (pré-visualização) proporcionam resolução de nomes fiável e segura para as suas redes virtuais no Azure. A Atualização da Pré-visualização introduz novas funcionalidades e elimina várias restrições existentes na pré-visualização pública.

Novidades na Atualização da Pré-visualização

Modelo de Recursos e API nova

A Atualização da Pré-visualização introduz um novo modelo de recursos (API REST) para as Zonas Privadas do DNS do Azure. O modelo de recursos inclui as seguintes alterações:

  • As Zonas Privadas do DNS do Azure serão agora um recurso do ARM de nível superior independente chamado privateDnsZones, em vez de serem um "tipo" de recurso dnszones público existente.
  • O recurso privateDnsZones não terá as propriedades registrationVirtualNetwork e resolutionVirtualNetwork da rede virtual. As redes virtuais serão associadas a privateDnsZones mediante a criação de um sub-recurso virtualNetworkLinks sob o recurso privateDnsZones.
  • Para ativar o registo automático de registos DNS de máquinas virtuais, basta definir o sinalizador registrationEnabled nas propriedades do recurso virtualNetworkLinks como verdadeiro.
  • Também disponibilizámos uma CLI/PS e SDKs novos para privateDnsZones.

Clique aqui para obter instruções atualizadas sobre como utilizar a CLI e o PowerShell novo para criar zonas DNS privadas e associá-las às suas redes virtuais.

Experiência do portal nova

A nova experiência do portal para as zonas privadas do DNS do Azure vai permitir gerir as zonas DNS privadas e respetivas redes virtuais associadas a partir do portal do Azure. Também poderá ver os registos de recursos das máquinas virtuais registados automaticamente sob a zona DNS privada. Clique aqui para começar a criar zonas DNS privadas através do portal do Azure.

 

PrivateDNSPortal

Tenha em conta que as suas zonas DNS privadas atuais não serão apresentadas nesta experiência, a não ser que sejam migradas para o modelo de recursos novo (ver abaixo). No entanto, pode criar zonas DNS privadas novas e associá-las a redes virtuais.

Limites melhorados

A Pré-visualização Pública tinha várias limitações, entre as quais limites ao número de redes virtuais que podiam ser associadas a uma zona DNS. Esses limites foram substancialmente melhorados. Clique aqui para ver os limites novos.

As restrições abaixo foram removidas

  • Poderá associar redes virtuais não vazias já existentes para as suas zonas DNS privadas. A restrição para que a VNet esteja vazia já não se aplica.
  • Poderá associar mais de uma rede virtual como redes virtuais de registo a uma zona DNS privada.
  • Poderá criar sub-domínios e associá-los às mesmas redes virtuais. Por exemplo, se tiver criado uma zona DNS privada com o nome contoso.com e associado a uma rede virtual, poderá criar subdominio.contoso.com e associá-lo à mesma rede virtual.

Migrar zonas já existentes para o novo modelo de recursos

As zonas DNS privadas que já criou continuarão a funcionar. Contudo, com estas zonas, não beneficiará das vantagens dos limites melhorados nem da funcionalidade nova. Estas zonas continuam a ser apresentadas juntamente com as zonas DNS públicas no portal do Azure e não aparecerão na experiência nova das zonas DNS privadas. Recomendamos vivamente que migre as zonas DNS privadas já existentes para o novo modelo de recursos o mais cedo possível.

Clique aqui para obter instruções detalhadas para migrar as zonas DNS privadas.

 

Referência

O que é o DNS Privado do Azure?

Azure DNS Private Zones scenarios (Cenários de Zonas Privadas do DNS do Azure)

Azure Private DNS FAQs (FAQs do DNS Privado do Azure)

  • DNS do Azure
  • Features
  • Services

Produtos Relacionados