Ignorar Navegação
EM PRÉ-VISUALIZAÇÃO

Pré-visualização pública das relações muitos para muitos no Azure Analysis Services

Data de publicação: 10 junho, 2019

As relações muitos para muitos no Azure Analysis Services baseiam-se nas relações M2M no Power BI. Permitem relações entre tabelas onde ambas as colunas são não exclusivas. Anunciámos as relações muitos para muitos para o SQL Server Analysis Services 2019 na mensagem de blogue CTP 2.4.

É possível definir uma relação entre uma tabela de dimensões e factos com um nível de granularidade superior ao da coluna de chaves da dimensão. Isto evita a necessidade de normalizar as tabelas de dimensões e permite melhorar a experiência do utilizador porque o modelo resultante tem um número menor de tabelas com colunas agrupadas de forma lógica. Por exemplo, se Orçamento estiver definido ao nível da Categoria do Produto, não é necessário normalizar a dimensão do Produto em tabelas separadas: uma ao nível da granularidade do Produto e a outra ao nível da granularidade da Categoria do Produto.

ClientCacheRefreshPolicy
De momento, as relações muitos para muitos são funcionalidades apenas de motor. O suporte do SQL Server Data Tools (SSDT) estará disponível antes da entrada em disponibilidade geral do SQL Server 2019. Entretanto, pode utilizar a ferramenta incrível da comunidade de open-source, Editor Tabular, para criar relações muitos para muitos. Pode, em alternativa, utilizar as interfaces de programação e scripting do SSAS, como o TOM e o TMSL.

  • Azure Analysis Services
  • Features

Produtos Relacionados