O Azure Monitor para contentores já está disponível

Publicado em 11 de dezembro de 2018

O Azure Monitor para contentores, agora em disponibilidade geral, monitoriza o estado de funcionamento e o desempenho dos clusters do Kubernetes alojados no Azure Kubernetes Service (AKS). Desde o lançamento da pré-visualização deste serviço na Microsoft Build (maio de 2018), os clientes têm mostrado um grande entusiasmo pelas novas capacidades, como a capacidade de ativar a monitorização a partir do momento em que cria um cluster do AKS. Agora, também é possível obter toda a telemetria de monitorização numa localização centralizada no Azure sem ter de iniciar sessão em contentores ou de utilizar outras ferramentas. Desde a pré-visualização, foram adicionadas várias novas capacidades, incluindo:

  • Vista multi-cluster: a vista multi-cluster deteta todos os clusters do AKS existentes nas subscrições, grupos de recursos e áreas de trabalho, além de lhe fornecer uma vista do estado de funcionamento. Pode, inclusive, detetar clusters que não estejam a ser monitorizados e começar a monitorizá-los com apenas alguns cliques.  
  • Vista da grelha de desempenho: para fazer uma investigação mais pormenorizada, desagregue na vista da grelha de desempenho que mostra o estado de funcionamento e o desempenho dos nós, controladores e contentores. No separador da vista de nós, é fácil detetar o problema do vizinho barulhento no pod e aprofundar as informações para ver a que controlador pertence. Para além disso, veja os limites do controlador, a definição do pedido e a utilização real e determine se configurou o controlador corretamente. Para continuar a investigar, veja os registos de eventos do Kubernetes associados a esse controlador.
  • Depuração em direto: com os registos em direto, obtém um fluxo em direto e em tempo real dos registos dos contentores diretamente no portal do Azure para o ajudar a resolver problemas de forma interativa. Pode colocar o fluxo em direto em pausa e procurar erros ou problemas no ficheiro de registo. Ao contrário dos registos do Azure Monitor, os dados do fluxo em direto são efémeros e destinam-se a resolver problemas em tempo real.
  • Inclusão: para além do portal do Azure, já tem à sua disposição mais formas de automatizar a inclusão do Azure Monitor para contentores: utilize a CLI do Azure (um comando único), o modelo ARM e o Terraform.

Para saber mais, leia esta mensagem de blogue e a nossa documentação

  • Monitor do Azure
  • Azure Kubernetes Service (AKS)
  • CLIs
  • Services