Ignorar Navegação
JÁ DISPONÍVEL

Azure Analysis Services: sincronização de réplicas de consulta melhorada já disponível

Data de publicação: 16 abril, 2020

A sincronização de réplicas de consulta melhorada no Azure Analysis Services já está em disponibilidade geral. O Analysis Services inclui a sincronização de réplicas de consulta melhorada em ambientes de escalamento horizontal com consultas de cliente distribuídas por uma ou mais réplicas de consulta, o que reduz os tempos de resposta das cargas de trabalho de elevada simultaneidade.

A seguinte captura de ecrã mostra a nova definição ReplicaSyncMode. A predefinição (1) representa a reativação total da base de dados. Em contraste, o valor (2) permite a sincronização de réplicas de consulta otimizada em paralelo.

queryreplicasync

Por predefinição, as réplicas de consulta são reativadas de forma integral (não de forma incremental), o que ocorre por fases. Partindo do princípio de que existe um mínimo de três réplicas, duas réplicas são desligadas e ligadas de cada vez para garantir que, pelo menos, uma réplica fica disponível online para se fazer consultas durante o ciclo de sincronização. É possível que os clientes tenham de restabelecer a ligação a uma das réplicas online.

No entanto, com a sincronização de réplicas de consulta otimizada, todas as réplicas são sincronizadas em paralelo, o que reduz o tempo de sincronização e aumenta a probabilidade de garantir a consistência dos dados durante a sincronização. As bases de dados são mantidas online em todos os servidores participantes. Os clientes não precisam de restabelecer a ligação. Além disso, a cache dentro da memória é atualizada incrementalmente, o que pode ser mais rápido do que reativar um modelo.

Tenha em atenção, porém, que a sincronização otimizada pode consumir memória adicional no servidor, dependendo da quantidade de dados que tenha sido alterada e da quantidade de cache que precise de ser atualizada. A operação poderá precisar do dobro da memória que a reativação total consumiria porque os segmentos antigos e novos são mantidos na memória simultaneamente. Se uma réplica esgotar a memória durante uma sincronização, o Analysis Services volta ao modo predefinido (ligar/desligar dois de cada vez).

Para obter mais informações sobre o escalamento horizontal de consultas, leia o artigo Escalamento horizontal do Azure Analysis Services na documentação.

  • Azure Analysis Services
  • Features
  • Services

Produtos Relacionados