Recolha de informações de diagnóstico e de memória do Suporte do Microsoft Azure

Compreenda o que é partilhado com o Suporte da Microsoft quando concede acesso para a partilha de informações de diagnóstico ou aceita a recolha de despejo de memória completo.

Recolha de informações de diagnóstico

Quando cria um pedido de suporte, a opção "Partilhar informações de diagnóstico" dá-lhe consentimento para permitir que um técnico do Suporte da Microsoft recolha remotamente dados da subscrição ou subscrições do Azure associadas ao seu pedido, de modo a resolver o seu problema. Pode contactar o seu técnico de suporte para revogar este consentimento em qualquer altura.

Que tipo de informações são recolhidas com o seu consentimento?

Exemplos de dados de diagnóstico recolhidos são ficheiros de registo comuns, registos de eventos gerados pelo sistema, chaves do Registo, registos de depuração, informações de servidor/base de dados, capturas de ecrã da consola* e informações básicas do disco de armazenamento e de rede.

Para problemas relacionados com o Serviço de Aplicações, são recolhidos Registos de HTTP, erros detalhados, rastreio KUDU, registos de transformação, registos FREB, registos Winsock, registos de eventos, registos DAAS e registos Webjob para ajudar na resolução de problemas.

Para problemas relacionados com o Azure AD Connect, informações sobre os objetos do Active Directory, como as propriedades de Utilizador e dispositivo e a configuração da sua sincronização, e ficheiros de registo relacionados, como Início de Sessão, Auditoria ou sincronização, recolhemos registos para o ajudar na resolução de problemas.

Lista de ficheiros detalhada

Pode encontrar uma lista detalhada dos ficheiros recolhidos nos seguintes artigos:

ID do artigo Serviço ou Ambiente
Registos do Windows Server Windows Server 2019, Windows Server 2016, Windows Server 2012 R2, Windows Server 2012, Windows Server 2008 R2
Registos PaaS Registos de VM PaaS do Microsoft Azure
Registos IaaS Registos de VM IaaS do Microsoft Azure
Registos do Service Fabric Registos do Microsoft Azure Service Fabric
Registos do StorSimple Pacotes de suporte e registos de dispositivo do StorSimple
Registos de VM do Windows do SQL Server SQL Server do Azure nos registos de VM
Registos do Azure Active Directory Registos do Azure Active Directory

*Se estiver a utilizar uma aplicação de partilha de ambiente de trabalho gráfica que utilize a consola VGA da Máquina Virtual, as informações apresentadas na sessão da consola poderão ser capturadas numa captura de ecrã.

Recolha de informação de memória

Quando cria um pedido de suporte para determinados tipos de problemas de Máquinas Virtuais, é-lhe perguntado se aceita o acesso à memória da máquina virtual para diagnosticar o problema. Um despejo de memória completo é o maior ficheiro de despejo do modo kernel. Este ficheiro inclui toda a memória física utilizada pelo Windows. Por predefinição, uma informação completa de estado da memória não inclui a memória física utilizada pelo firmware da plataforma.

A informação é copiada do nó de computação (anfitrião do Azure) onde foi criada para outro servidor para depuração no mesmo centro de dados. Os dados de cliente estão protegidos, uma vez que os dados não saem do limite de segurança do Azure. Saiba mais sobre a forma como os dados de cliente são armazenados no Azure.

O ficheiro de informação é criado ao gerar um estado de gravação Hyper-V da máquina virtual (VM). Este processo irá colocar a VM em pausa até 10 minutos, período após o qual a VM é retomada. A VM não é reiniciada como parte deste processo.

De que forma são processados os seus dados?

Todos os dados recolhidos para fins de suporte são geridos de acordo com os compromissos descritos no Centro de Fidedignidade da Microsoft.

Quaisquer dados recolhidos anteriormente com o seu consentimento não serão afetados pela revogação da sua permissão.

Relativamente a ambientes "air-gapped", a Microsoft manterá os dados de diagnóstico recolhidos para resolver o seu problema dentro do limite.