Preços de Gestor de Dados

Transformar dados em informações fidedignas

O Azure Data Factory ajuda-o a criar, agendar, monitorizar e gerir pipelines de dados. Um pipeline de dados consiste de atividades que podem mover dados entre arquivos de dados no local e na nuvem e transformar dados para produzir informações fidedignas.

Detalhes dos Preços

Os preços da utilização do Data Factory são calculados com base nos seguintes fatores:

  • A frequência das atividades (alta ou baixa). Uma atividade de baixa frequência não é executada mais que uma vez por dia (por exemplo: diária, semanal, mensal); já uma atividade de frequência elevada é executada mais que uma vez por dia (por exemplo: por hora, a cada 15 minutos). Veja a secção Orquestração de atividades abaixo para obter mais detalhes.
  • O local de execução das atividades (na nuvem ou no local). Veja a secção Movimento de Dados abaixo.
  • Se um pipeline está ou não ativo. Veja a secção Pipelines Inativos abaixo.
  • Se está a executar uma atividade novamente. Veja a secção Executar atividades novamente abaixo.

Orquestração de atividades

Baixa frequência Elevada frequência
Atividades em execução na nuvem

(exemplos: atividade de cópia a mover dados de um blob do Azure para uma base de dados SQL do Azure; atividade do Hive a executar um script do Hive num cluster do Azure HDInsight).
$- por atividade por mês $- por atividade por mês
Atividades em execução no local com envolvimento de um Data Management Gateway

(exemplos: atividade de cópia a mover dados de uma base de dados do SQL Server no local para um blob do Azure; atividade de procedimento armazenado a executar um procedimento armazenado numa base de dados do SQL Server no local)
$- por atividade por mês $- por atividade por mês

Notas:

  • A utilização além de 100 atividades/mês receberá um desconto de 20% para cenários de baixa e elevada frequência.
  • As 5 primeiras atividades de baixa frequência num mês são gratuitas nas variantes na nuvem e no local.

Movimento de Dados

O Azure Data Factory pode copiar dados entre vários arquivos de dados de forma segura, fiável, eficiente e dimensionável. À medida que as suas necessidades associadas ao volume de dados ou ao débito do movimento de dados aumentam, o Azure Data Factory pode aumentar horizontalmente para dar resposta a essas necessidades. Veja o Guia de Desempenho da Atividade de Cópia para saber como tirar partido das unidades de movimento de dados para otimizar o desempenho dos movimentos de dados.

Movimento de Dados entre arquivos de dados na Nuvem $- por hora
Movimento de Dados quando existe um arquivo no local $- por hora
Nota:
Poderá incorrer em custos de transferência de dados, os quais aparecerão como um item de linha de transferência de dados de saída separado na sua fatura. As cobranças de transferência de dados de saída aplicam-se quando os dados saem dos datacenters do Azure. Veja os Detalhes de Preços das Transferências de Dados para obter mais informações.

Pipelines Inativos

Tem de especificar um período de processamento de dados ativo com um intervalo de data/hora (horas de início e de fim) para cada pipeline que implemente no Azure Data Factory. O pipeline é considerado ativo durante o período especificado, mesmo que as respetivas atividades não estejam a ser executadas. É considerado inativo durante o restante tempo.

Um pipeline inativo é cobrado a $- por mês.

Os pipelines que estão inativos durante um mês completo são cobrados às taxas aplicáveis de "pipeline inativo" no final desse mês. Os pipelines que estão inativos durante uma parte do mês são cobrados pelos seus períodos inativos numa base rateada pelo número de horas em que estiveram inativos durante esse mês. Por exemplo, se a data e hora de início de um pipeline for 01/01/2016 às 00:00 e a data e hora de fim for 20/01/2016 às 00:00, o pipeline é considerado ativo durante esses 20 dias e inativo durante os 11 dias restantes. O custo do pipeline inativo ($-) é calculado em função de 11 dias.

Se um pipeline não tiver um período de processamento de dados ativo (uma hora de início e de fim) especificado, é considerado inativo.

Executar atividades novamente

As atividades podem ser executadas novamente, se necessário (por exemplo, se a origem de dados estava indisponível durante a execução agendada). O custo de voltar a executar atividades varia consoante o local onde as atividades são executadas. O custo de executar atividades novamente na nuvem é de $- por 1 000 novas execuções. O custo de executar atividades novamente no local é de $- por 1 000 novas execuções.

Exemplo

Suponha que tem um pipeline de dados com as duas atividades seguintes que são executadas uma vez por dia (frequência baixa):

  1. Uma atividade de Cópia que copia dados de uma base de dados do SQL Server no local para um blob do Azure.
  2. Uma atividade do Hive que executa um script do Hive num cluster do Azure HDInsight.

Suponha que mover dados de uma base de dados do SQL Server no local para um armazenamento de blobs do Azure demora 2 horas num dia. A tabela seguinte mostra os custos associados a este pipeline:

Primeira atividade (copiar dados do local para o Azure)
Custo do Movimento de Dados (por mês) 30 dias por mês
2 horas por dia
$-
$-
Custo da Orquestração de Atividades (por mês) $-
Subtotal (por mês) $-
Segunda atividade (um script do Hive em execução no Azure HDInsight)
Custo do Movimento de Dados (por mês) $-
Custo da Orquestração de Atividades (por mês) $-
Subtotal (por mês) $-
Total de atividades (por mês) $-

Também pode utilizar a Calculadora de Preços do Data Factory para calcular os custos deste cenário.

Notas:

  • As primeiras cinco atividades na nuvem e no local são livres de encargos. Os custos mencionados acima pressupõem que já terá utilizado cinco atividades no local e cinco na nuvem por mês (noutros pipelines).
  • O Armazenamento do Azure e os serviços do HDInsight são cobrados separadamente de acordo com as respetivas taxas de serviço.

Suporte e SLA

  • Faturação gratuita e suporte à gestão da subscrição.
  • Planos de apoio flexíveis a partir de $29.0/ mês. Comprar um plano
  • Garantimos que processaremos com êxito os pedidos de execução de operações em recursos do Gestor de Dados durante, pelo menos, 99,9% do tempo.
  • Garantimos que, pelo menos, em 99,9% do tempo, todas as execuções de atividades serão iniciadas dentro de 4 minutos após os tempos de execução agendados.
  • Para obter mais informações acerca do SLA, consulte a página do SLA.

FAQ

  • As atividades definem as ações a realizar nos seus dados. Cada atividade utiliza zero ou mais conjuntos de dados como entradas e produz um ou mais conjuntos de dados como saída. Uma atividade é uma unidade de orquestração no Azure Data Factory.

    Por exemplo, pode utilizar uma atividade de Cópia para orquestrar a cópia de dados de um conjunto de dados para outro. Da mesma forma, pode utilizar uma atividade do Hive para executar uma consulta do Hive num cluster do Azure HDInsight para transformar ou analisar os seus dados. O Azure Data Factory fornece um vasto leque de atividades de transformação de dados e movimento de dados. Também pode optar por criar uma atividade .NET personalizada para executar o seu próprio código.

  • Um pipeline é um agrupamento lógico de atividades. Os pipelines podem estar ativos durante um período de tempo especificado pelo utilizador (horas de início e de fim). Os pipelines ficam inativos durante o restante tempo.
  • Sim. Se a Atividade utilizar os serviços do Azure, como o HDInsight, esses serviços são cobrados separadamente de acordo com as respetivas taxas de serviço.
  • Existem dois conjuntos de custos suportados quando efetua uma cópia de dados. Primeiro, os recursos de computação que são utilizados para efetuar a cópia são representados pelo medidor de movimento de dados. Existem versões em nuvem e no local do medidor de movimento de dados, sendo que o movimento de dados no local é mais barato porque uma parte da computação associada à cópia é realizada pelos seus próprios recursos no local. Os custos do movimento de dados são calculados ao minuto e arredondados para cima. (Por exemplo, uma cópia de dados que demore 41 minutos e 23 segundos de tempo de computação resultará numa cobrança equivalente a 42 minutos).

    Além disso, poderá incorrer em custos de transferência de dados, os quais aparecerão como um item de linha de transferência de dados de saída separado na sua fatura. As cobranças de transferência de dados de saída aplicam-se quando os dados saem dos datacenters do Azure. Veja os Detalhes de Preços das Transferências de Dados para obter mais informações.

Recursos

Calculadora

Calcule o custo mensal dos serviços Azure

FAQ sobre Compras

Reveja as perguntas mais frequentes sobre os preços do Azure

Detalhes do produto

Obter mais informações sobre Gestor de Dados

Documentação

Reveja tutoriais técnicos, vídeos e outros recursos

Inscreva-se agora e receba $200 em créditos do Azure

Comece já