JÁ DISPONÍVEL

O ponto final público para o tráfego de dados está disponível globalmente para a instância gerida da Base de Dados SQL do Azure

Data de publicação: 24 junho, 2019
O ponto final público para a instância gerida da Base de Dados SQL do Azure proporciona a capacidade de ligar à instância gerida a partir da Internet e destina-se apenas a tráfego de dados (TDS). O ponto final público para os dados pode coexistir em simultâneo com o ponto final privado na instância gerida.
 
O ponto final público para a instância gerida pode ser ativado no momento da criação desta ou, após a criação, pode ser gerido no portal do Azure, no PowerShell e na CLI. A ativação do ponto final público está em conformidade com os princípios de segurança da separação de deveres (SoD) para empresas e é um processo de dois passos. Como primeiro passo, este processo precisa de uma pessoa com permissões de administração da instância gerida para ativar o ponto final público. A ativação do ponto final público não vai expor o tráfego de dados na Internet até que uma pessoa com permissões de administração de rede abra uma porta adequada para a Internet e defina eventuais regras de segurança que a empresa exija.
 
Esta funcionalidade oferece novos cenários de integração às empresas, como, por exemplo, integração em serviços do Azure multi-inquilinos, como o Power BI, o Serviço de Aplicações do Azure, CRM, DWH e vários outros serviços na Internet.
 
Para configurar o ponto final público para a instância gerida, veja Configure public endpoint in Azure SQL Database managed instance.
  • Base de Dados SQL do Azure
  • Features

Produtos Relacionados