Ignorar Navegação
JÁ DISPONÍVEL

Nova ferramenta para automatizar os testes de carga das capacidades do Power BI Embedded agora disponível

Data de publicação: 14 agosto, 2019

Foi lançada recentemente uma ferramenta para automatizar os testes de carga das capacidades do Power BI Embedded. Esta ferramenta pode ajudar a saber que quantidade de carga de utilizador é que a sua capacidade consegue processar quando é utilizada. Utiliza o PowerShell para criar testes de carga em relação às suas capacidades e permite-lhe escolher que relatórios testar e quantos utilizadores em simultâneo simular.

A ferramenta gerará carga numa capacidade ao compor continuamente cada relatório com valores de filtro novos (para evitar um desempenho elevado irrealista devido à colocação em cache dos relatórios) até que o token necessário para autenticar a ferramenta no serviço expire.

Com a ferramenta nova, os administradores de capacidade podem compreender melhor quantos utilizadores é que a sua capacidade pode processar num determinado intervalo de tempo. A ferramenta também pode ser utilizada pelos autores de relatórios que pretendam saber o efeito da carga de utilizador das melhorias de desempenho medidas pelo Analisador de Desempenho do Power BI Desktop.

Enquanto a ferramenta está em execução, os utilizadores podem ver a criação das composições em tempo real nos browsers, bem como ligar-se aos pontos finais de XMLA das capacidades que estão a ser medidas com o SQL Server Profiler para que as consultas sejam executadas à medida que chegam.

Durante a execução do teste de carga, os efeitos do mesmo também estarão visíveis na página Conjunto de Dados da aplicação de métricas de capacidade premium. Os administradores podem utilizar esta ferramenta para gerar a carga e ver como a mesma é apresentada. Antes de começar, leia a secção do documento técnico Premium Deployment (Implementação Premium) relativa à identificação da sobrecarga na aplicação de métricas. Os cenários analisados neste documento técnico aplicam-se também às capacidades do Power BI Embedded.

Para ver os efeitos do teste de carga na aplicação de métricas após a execução do mesmo, os administradores devem expandir o separador "Conjuntos de Dados" da página de destino da aplicação de métricas e clicar em "atualizar agora" para iniciar uma atualização a pedido. Os administradores devem contar com um desfasamento de até 15 minutos entre o momento em que o teste começa a gerar carga até ao momento em que essa carga está visível nas métricas.

Para alojar a ferramenta e outras ferramentas e utilitários futuros, criámos um novo repositório do GitHub. Todo o repositório é open source e os utilizadores podem contribuir, adicionar outras ferramentas e repositórios relacionados com as capacidades do Power BI Premium e Embedded e melhorar os já existentes.

Tenha em conta a carga atual nas suas capacidades e certifique-se de que não executa testes de carga em alturas de grande utilização.
Aguardamos pelos seus comentários à ferramenta e pelos seus contributos para o repositório!

  • Power BI Embedded
  • SDK and Tools

Produtos Relacionados