A Ativação Pós-falha da Conta de Armazenamento do Azure está agora em pré-visualização pública

Publicado em 5 de fevereiro de 2019

A Ativação Pós-falha da Conta de Armazenamento do Azure para clientes que utilizam contas de armazenamento georredundante (GRS) e armazenamento geograficamente georredundante com acesso de leitura (RA-GRS) está agora em pré-visualização pública. Os clientes podem tirar partido desta funcionalidade para controlar a ativação pós-falha da região primária para a região secundária das respetivas contas de armazenamento.

Se a região primária da sua conta de armazenamento georredundante ficar indisponível durante um período de tempo prolongado, pode forçar a ativação pós-falha da conta. A ativação pós-falha é realizada em todos os dados na conta de armazenamento para a região secundária e esta torna-se a nova região primária. Os registos DNS de todos os pontos finais de serviço de armazenamento (blob, ficheiro, fila, tabela e Azure Data Lake Storage Gen2) são atualizados para apontar para a nova região primária. Assim que a ativação pós-falha estiver concluída, os clientes podem começar a escrever dados automaticamente na conta de armazenamento através dos pontos finais de serviço na nova região primária, sem alterações de código.

Depois da ativação pós-falha, a conta de armazenamento é configurada para ser localmente redundante (LRS). Para retomar a replicação para a nova região secundária, configure a conta para utilizar novamente o armazenamento georredundante (RA-GRS ou GRS). Não se esqueça de que a conversão de uma conta de armazenamento localmente redundante (LRS) para RA-GRS ou GRS tem um custo.

A ativação pós-falha da conta é suportada em pré-visualização para contas do Azure Resource Manager novas e existentes que estejam configuradas para RA-GRS e GRS. As contas de armazenamento podem ser para fins gerais v1 (GPv1), fins gerais v2 (GPv2) ou Armazenamento de Blobs. A ativação pós-falha de contas é suportada atualmente nas regiões E.U.A. Oeste 2 e E.U.A. Centro-Oeste.

Pode iniciar uma ativação pós-falha de conta através do Portal do Azure, do Azure PowerShell, da CLI do Azure ou da API de Fornecedor de Recursos de Armazenamento do Azure.

Obter mais informações