JÁ DISPONÍVEL

O Azure Data Factory atualiza o conector do Teradata para ativar novas funcionalidades e melhoramentos

Atualização: 03 julho, 2019

O Azure Data Factory atualizou o conector do Teradata com novas funcionalidades e melhoramentos. Mais especificamente:

  • O conector Teradata é agora ativado com um controlador interno, que faz com que não tenha de o instalar manualmente para começar.
  • Agora pode utilizar a atividade de cópia para processar dados do Teradata com cópia paralela pronta para utilizar, para melhorar o desempenho. Com o suporte à partição hash e à partição de intervalo dinâmico, a fábrica de dados pode executar consultas paralelas na sua origem do Teradata para carregar dados por partições simultaneamente, de forma a obter um melhor desempenho.
  • Também abordou problemas como ligação e tempo limite de consulta que alguns clientes encontraram anteriormente.

Todos os pipelines existentes que utilizam o conector do Teradata original ainda são suportados no estado em que se encontram, no entanto, é sugerido que utilize o conector atualizado de aqui em diante. A IU de criação de ADF agora direciona o cliente para o novo caminho. Tenha em conta que o novo conector exige um conjunto diferente de configurações de serviço ligado, conjunto de dados e fonte de atividade de cópia; e é suportado desde o Runtime de Integração Autoalojado versão 3.18.

Para obter mais informações, veja o artigo Conector do Teradata.

  • Data Factory
  • Features

Related Products