Centro de migração do Azure

Iniciar o processo de migração para a cloud

Utilize um plano de migração para a cloud comprovado para mover os seus dados e infraestrutura para o Azure. Além disso, encontre ferramentas de migração para a cloud e documentação de orientação para tirar o máximo partido do seu novo ambiente.

Avaliar
  • Envolva os intervenientes
  • Calcule o seu TCO
  • Descubra e avalie aplicações
Migrar
  • Selecione uma estratégia de migração
  • Aplique a estratégia de migração
  • Encontre ferramentas recomendadas
Otimizar
  • Analise os seus custos
  • Poupe com as ofertas
  • Reinvista para fazer mais
Proteger e gerir
  • Segurança
  • Proteção de dados
  • Monitorização

Avaliação da Cloud

1

Criar um plano de migração para a cloud

Se definir as prioridades e os objetivos da migração para a cloud antes de começar o planeamento, poderá garantir uma migração mais bem-sucedida. As ferramentas automatizadas de migração para a cloud também fornecem informações sobre o seu ambiente e as dependências para desenvolver os planos do seu projeto de migração para a cloud.

Avalie o seu ambiente agora para criar um modelo para utilização futura, em sintonia com as aplicações, as localizações ou os grupos individuais da sua organização. Comece pelas aplicações que tenham poucas dependências para imprimir um ritmo rápido à migração.

2

Envolver os intervenientes

A migração para a cloud é uma transformação digital para a maioria das empresas, que exige uma vasta mudança organizacional e suporte. Tente comunicar com pessoas-chave em toda a organização, o que deve incluir a representação do departamento de TI e dos proprietários da empresa envolvida. Conseguir o envolvimento e o apoio de todos antes da migração irá resultar num processo de migração para a cloud mais rápido e harmonioso, que vai ao encontro dos objetivos de todos.

3

Calcule o seu TCO

Avalie as potenciais poupanças de custos da migração para o Azure, calculando e comparando o custo total de posse (TCO) do Azure com o de uma implementação no local comparável. Utilize a calculadora de TCO do Azure para realizar uma avaliação personalizada da cloud em apenas alguns minutos, que irá ajudar a criar um cenário de negócio pessoal para apoiar a migração para o Azure.

Calcule o seu TCO do Azure

4

Descobrir e avaliar aplicações

Para dar início a qualquer migração, é preciso compilar um inventário dos servidores físicos e virtuais no seu ambiente. Embora as ferramentas de gestão de que dispõe atualmente possam fornecer uma boa representação das centenas, talvez milhares, de aplicações que a sua organização está a executar, precisa de um mecanismo de inventário que possa fornecer dados para os passos seguintes.

Com as ferramentas de avaliação da migração para a cloud do Azure, terá um inventário completo de servidores com metadados para cada, incluindo informações do perfil e métricas de desempenho, que lhe permitem criar o seu plano de migração para a cloud.

Com estas informações, mapeie os seus servidores para representar as suas aplicações no local. Isto ajuda a identificar as dependências ou a comunicação entre servidores, para que possa incluir todos os componentes de aplicação necessários no seu plano de migração para a cloud, o que ajuda a reduzir os riscos e a garantir uma migração suave. Em seguida, agrupe os seus servidores de forma lógica para representar as aplicações e selecione a melhor estratégia de migração para a cloud para cada aplicação com base nos respetivos requisitos e objetivos de migração.

Com os seus grupos de aplicação já mapeados, avalie a melhor forma de mover cada aplicação no local. Mais uma vez, utilize as ferramentas de avaliação da migração para a cloud para obter recomendações de recursos e estratégias de migração para os seus servidores de aplicações.

Escolha as ferramentas e o parceiro certos para o seu plano de migração para a cloud

Avalie o seu ambiente no local com uma ferramenta sem custos do Azure ou obtenha a ajuda dos nossos parceiros na migração. Recomendamos a utilização de Azure Migrate: Avaliação do Servidor quando o seu ambiente é o VMware e a utilização de ferramentas de parceiros quando precisar de algumas capacidades de avaliação mais avançadas.

Funcionalidades

Azure Migrate: Avaliação do Servidor

  • Corent
  • Movere
  • Turbonomic
  • Cloudamize
Ferramenta gratuita Disponível Não disponível
Avaliação de ambientes VMware e Hyper-V Disponível Não disponível
Avaliação de ambientes físicos, de VMware e de Hyper-V Não disponível Disponível
Visualização de dependência sem agente Não disponível Disponível
Modelação avançada de custos económicos da cloud Não disponível Disponível
Não disponível

Mais ferramentas de avaliação da migração para a cloud

Acelere a fase de avaliação ao utilizar a automatização e inteligência oferecidas por várias ferramentas.

Assistente de Migração de Dados

Encontre problemas de compatibilidade na sua migração do SQL Server para o Azure.

Guia de Migração de Base de Dados do Azure

Crie um plano para a migração da sua base de dados.

Avaliação da migração do Serviço de Aplicações do Azure

Avalie a preparação da sua aplicação para migrar para o Serviço de Aplicações.

Saiba como utilizar as ferramentas da Microsoft para avaliar o seu ambiente e iniciar a migração para o Azure

Obtenha ajuda personalizada de engenheiros do Azure para acelerar a sua migração, sem custos adicionais. Se preencher os requisitos de elegibilidade, a assistência do FastTrack oferece-lhe suporte durante toda a migração como parte da solução de migração de datacenter.

Saiba mais

Estratégias de migração para a cloud — migrar e modernizar

Obtenha informações e oriente o seu plano de migração para a cloud com quatro estratégias amplamente adotadas: realojar ou migração "lift-and-shift", refatorizar, rearquitetar e reconstruir. Escolha a combinação certa para as suas aplicações. Por exemplo, realojar aplicações menos estratégicas com alterações sem código e rearquitetar outras que são mais críticas para a empresa.

Gartner

"Create a multifaceted application strategy to determine when rehosting, refactoring, rebuilding or replacing applications delivers value, and how new applications can be built using cloud-optimized and cloud-native design principles."

Gartner, "Devise an Effective Cloud Computing Strategy by Answering Five Key Questions" (Conceber uma Estratégia de computação na cloud Eficiente ao Responder a Cinco Perguntas-Chave), David W. Cearley, novembro de 2015, atualizado a 23 de junho de 2017

Selecione a estratégia de migração para a cloud que funciona melhor para si

Migrar e Modernizar

Nativo da cloud

Rehost

Normalmente referido como migração "lift-and-shift", esta opção sem código permite-lhe migrar as suas aplicações existentes rapidamente para o Azure. Cada aplicação é migrada como está, o que fornece os benefícios da cloud sem os riscos ou despesas de fazer alterações ao código.

Utilize para:

  • Mover aplicações do datacenter para a cloud rapidamente.
  • Aplicações que são arquitetadas para utilizar a escalabilidade da infraestrutura como serviço (IaaS) do Azure.
  • Empresas que precisam das aplicações, mas que não precisam de alterar as capacidades das mesmas de imediato.
  • Requisitos de aplicações ou bases de dados que só podem ser satisfeitos com uma máquina virtual IaaS do Azure.
  • Mover a aplicação sem alterações de código.

Caminho de exemplo de realojamento

Passos de migração para a cloud

Realojar em IaaS

Realojar base de dados

Otimizar

Passo 1 de 4

Replicar VMs ou servidores físicos para o Azure

Utilize o Azure Site Recovery para replicar servidores em poucos passos simples, incluindo máquinas virtuais VMware ou servidores físicos em Windows ou Linux. Replique as VMs para contas de armazenamento Standard ou Premium para corresponder ao desempenho da sua aplicação e requisitos de SLA.

Passo 2 de 4

Configurar o Benefício Híbrido do Azure e o Managed Disks

Poupe nas despesas ao migrar as suas máquinas virtuais do Windows Server para o Azure com o Benefício Híbrido do Azure. Antes de migrar, aplique as configurações recomendadas da sua avaliação, como o tipo de armazenamento, conjuntos de disponibilidade, tamanho de VM e rede.

Passo 3 de 4

Testar e migrar aplicações para o Azure

Baseie o desempenho da sua aplicação no Azure com um teste de ativação pós-falha não interruptivo com o Site Recovery. Em seguida, efetue a migração de aplicações para o Azure com confiança.

Passo 4 de 4

Transferir grandes quantidades de dados

Utilize o serviço Azure Data Box quando quiser transferir grandes quantidades de dados para o Azure mas tem limites de tempo, disponibilidade de rede ou custos. O Data Box é suportado por uma vasta rede de parceiros com experiência profunda em ajudar os clientes a gerir recursos de dados.

Passo 1 de 3

Migrar a sua base de dados

Easily migrate your SQL Server, open-source, and other relational databases to a fully managed Azure database solution with Azure Database Migration Service. Migrate your non-relational databases to Azure Cosmos DB using the Data Migration Tool.
Azure Database Migration Service and Data Migration Tool

Passo 2 de 3

Dimensione a migração da sua base de dados

Migre bases de dados em paralelo com o Database Migration Service.

Passo 3 de 3

Concluir a migração

Quando a base de dados migrada estiver pronta, ligue novamente a sua aplicação ao atualizar as suas cadeias de ligação.

Passo 1 de 4

Conformidade assegurada

Ajuda a manter a conformidade com os requisitos empresariais ou regulamentares mediante a utilização de políticas de segurança que definem a configuração pretendida para as suas cargas de trabalho. O Azure Machine Learning identifica a encriptação de dados e regras de firewall em falta.

Passo 2 de 4

Faça uma cópia de segurança das suas máquinas virtuais

Faça uma cópia de segurança das suas VMs de Windows e Linux a partir do portal do Azure. Com todas as suas informações de cópia de segurança num dashboard central, pode rapidamente decidir o que precisa de restaurar se perder dados de forma inesperada.

Passo 3 de 4

Gerir conformidade

Certifique-se de garantir uma governação adequada ao definir políticas e monitorizar a conformidade com os seus padrões. Implemente um acesso menos privilegiado com o Controlo de Acesso Baseado em Funções (RBAC) e acesso de administrador just-in-time.

Passo 4 de 4

Controlar a utilização de máquinas virtuais

Utilize o Azure Cost Management para monitorizar a utilização da CPU nas suas máquinas virtuais para detetar ineficiências e otimizar a utilização.

Ferramentas de migração para a cloud

Acelere a fase de migração ao utilizar a automatização e inteligência oferecidas por várias ferramentas.

Escolher a ferramenta de migração de servidor adequada

Utilize as ferramentas da Microsoft ou as ferramentas do nosso ecossistema de parceiros que melhor correspondam às suas necessidades. Utilize o Azure Migrate: Migração do Servidor quando precisar de migrar versões de SO comuns e utilize ferramentas de parceiros quando precisar de capacidades de migração mais avançadas.

Funcionalidades

Azure Migrate: Migração do Servidor

Zerto
Ferramenta gratuita Disponível Não disponível
Migração de cargas de trabalho do Windows e do Linux (a suportar versões/distribuições populares) Disponível Disponível
Maior suporte de SO (a suportar versões/distribuições menos populares) Não disponível Disponível
Solução de migração sem agente Disponível Disponível
Não disponível

Azure Migrate: Migração do Servidor

Parceiros de migração

Ferramentas para cargas de trabalho de dados

Serviço de Migração de Bases de Dados do Azure

Migre bases de dados no local para o Azure

Saiba como realojar a sua aplicação com as ferramentas da Microsoft para a migração de bases de dados e de servidores.

Refatorizar

Muitas vezes conhecida como recriar pacotes, esta estratégia de migração para a cloud envolve algumas alterações ao design da aplicação, mas sem alterações globais ao código da aplicação. A sua aplicação pode tirar partido dos produtos de infraestrutura como serviço (IaaS) e plataforma como serviço (PaaS), como o Serviço de Aplicações do Azure, a Instância Gerida de Base de Dados SQL do Azure e contentores.

Porquê utilizar:

  • Quando tem uma base de código existente e competências de programação, e a portabilidade de código é uma preocupação.
  • Uma forma rápida de modernizar as suas aplicações.
  • Promover uma inovação contínua ao tirar partido do DevOps e dos contentores.

Caminho de exemplo de refatorização

Passos de migração para a cloud

Otimizar para a cloud

Base de dados para o Azure

Otimizar as operações

Passo 1 de 2

Mudança para a cloud com o Serviço de Aplicações

Utilize aplicações existentes para tirar partido das capacidades PaaS do Azure sem ter de gerir a infraestrutura de aplicações subjacentes, o middleware e outros recursos. Migre as suas aplicações Web, móveis e API para o Serviço de Aplicações.

Passo 2 de 2

Recriar o pacote de aplicações existentes

Utilize as aplicações existentes, reestruturadas para tirar partido das capacidades PaaS do Azure. Envie a sua aplicação para o Azure Container Registry, onde pode simplificar a criação dos contentores ao armazenar e gerir as imagens de contentor para implementações do Azure num registo central.

Passo 1 de 2

Migrar a sua base de dados

Migre facilmente as suas bases de dados SQL Server, de código aberto e outras bases de dados relacionais para soluções totalmente geridas, como a instância gerida da Base de Dados SQL, a Base de Dados do Azure para PostgreSQL e a Base de Dados do Azure para MySQL, com o Azure Database Migration Service. Migre as suas bases de dados não relacionais com a Ferramenta de Migração de Dados do Azure Cosmos DB.

Passo 2 de 2

Migrar bases de dados à escala

Migre as suas bases de dados em paralelo com o Azure Database Migration Service. Quando uma base de dados migrada estiver pronta para ser utilizada, ligue-a novamente para executar a sua aplicação.

Passo 1 de 3

Migrar para os Serviços de DevOps do Azure

Mova os seus dados do Team Foundation Server para os Serviços de DevOps do Azure.

Passo 2 de 3

Gerir conformidade

Ajude a cumprir os requisitos regulamentares do setor ou da empresa com políticas de segurança que definem a configuração pretendida para as suas cargas de trabalho. O Centro de Segurança do Azure utiliza a aprendizagem automática para identificar a encriptação de dados e as regras de firewall em falta.

Passo 3 de 3

Monitorizar e visualizar custos

Obtenha visibilidade sobre o consumo de recursos e despesas numa única vista unificada. Os funcionários das operações e os utilizadores empresariais podem criar dashboards personalizados para ver os dados com base nas respetivas necessidades.

Serviços tecnológicos recomendados

Os nossos parceiros tecnológicos oferecem uma gama de soluções de migração para utilizar quando os serviços de migração do Azure não suportarem o seu cenário específico.

Rearchitect

Modifique ou expanda a base do código da sua aplicação para a dimensionar e otimizar para a cloud. Modernize a sua aplicação para uma arquitetura resiliente, altamente dimensionável e passível de implementação independente, e utilize o Azure para acelerar o processo, dimensionar as aplicações com confiança e gerir as suas aplicações com facilidade.

Utilize para:

  • Tirar partido dos investimentos em aplicações existentes.
  • Cumprir os requisitos de escalabilidade de forma rentável.
  • Integrar novas capacidades do Azure nas aplicações existentes.
  • Melhorar a agilidade através da aplicação de práticas inovadoras de DevOps.

Caminho de exemplo de rearquitetura

Passos de migração para a cloud

Desenvolver a aplicação

Base de dados para o Azure

Lançar e otimizar

Passo 1 de 3

Rearquitete o seu código

Desagregue uma aplicação monolítica num conjunto de módulos associados de maneira informal que funcionem em conjunto para tirar partido da plataforma Azure.

Passo 2 de 3

Implementar serviços de modo independente

Cada microsserviço é autónomo e independente e pode ser criado, testado e implementado de forma independente.

Passo 3 de 3

Crie com as ferramentas, plataformas e linguagens que mais gosta

Programe com as suas ferramentas e plataformas preferidas e com a sua linguagem de programação preferencial, incluindo Node.js, .NET e Java.

Passo 1 de 2

Migrar bases de dados à escala

Utilize o Azure Database Migration Service para migrar bases de dados em paralelo.

Passo 2 de 2

Concluir a migração

A base de dados migrada está pronta a utilizar. Ligue-a novamente para executar a sua aplicação.

Passo 1 de 2

Implementar no Azure Kubernetes Service (AKS)

O AKS simplifica a criação, configuração e gestão de um cluster de máquinas virtuais que estão pré-configuradas para executar aplicações em contentores.

Passo 2 de 2

Envie a sua aplicação para o Azure Container Registry

Armazene e faça a gestão de imagens de todos os tipos de implementações de contentor.

Serviços tecnológicos recomendados

Os nossos parceiros tecnológicos oferecem uma gama de soluções de migração para utilizar quando os serviços de migração do Azure não suportarem o seu cenário específico.

Rebuild

Recrie uma aplicação de raiz com tecnologias nativas da cloud. A plataforma como um serviço (PaaS) do Azure oferece um ambiente de desenvolvimento e implementação completo na cloud, sem a despesa e a complexidade das licenças de software, a necessidade de uma infraestrutura de aplicações subjacente ou middleware e outros recursos. Com esta estratégia de migração da cloud, o utilizador gere as aplicações e os serviços que desenvolve e o Azure gere tudo o resto.

Utilize para:

  • Desenvolvimento rápido quando a aplicação existente está a atrasá-lo devido à funcionalidade e tempo de vida limitados.
  • Criar novas aplicações com tecnologias nativas da cloud.
  • Criar aplicações inovadoras que tiram partido dos avanços na inteligência artificial (IA), blockchain e Internet das Coisas (IoT).
  • Acelerar a inovação do negócio.
  • Aplicar práticas inovadoras de DevOps.

Exemplo de recriação

Passos de migração para a cloud

Recriar base de dados

Recriar aplicações nativas da cloud

Lançar e otimizar

Passo 1 de 2

Criar uma base de dados para armazenar os seus dados

O Azure Cosmos DB é um serviço de base de dados com vários modelos, globalmente distribuído, que oferece distribuição chave na mão em qualquer número de regiões do Azure ao dimensionar e replicar de forma transparente os seus dados, onde quer que os utilizadores estejam localizados.

Passo 2 de 2

Base de dados para vários modelos e várias APIs

Utilizar dados de chave-valor, grafo, coluna-família e documentos num único serviço com o Cosmos DB

Passo 1 de 3

Utilizar serviços PaaS

O Azure PaaS permite-lhe criar aplicações com componentes de software incorporados que oferecem escalabilidade, escalabilidade elevada e capacidades multi-inquilino.

Por exemplo, se a sua aplicação precisar de uma solução de integração, poderá utilizar o Azure Logic Apps.

Passo 2 de 3

Criar sem servidor

Crie aplicações mais rapidamente com uma arquitetura sem servidor, através da linguagem de programação da sua preferência.

Passo 3 de 3

Recriar com IA

Utilize serviços avançados de inteligência artificial, como a API de Análise de Texto dos Serviços Cognitivos do Azure, para capacitar os utilizadores com aplicações inteligentes que aprendem e se adaptam.

Passo 1 de 2

Publicar a sua aplicação no Serviço de Aplicações

Utilize o Visual Studio Team Services para criar um pipeline completo de CI/CD para a sua aplicação, independentemente da linguagem utilizada, e implemente em vários destinos, incluindo máquinas virtuais, o Azure Service Fabric e orquestradores de contentor do Docker, como o Kubernetes.

Otimização da Cloud

Execute um ambiente de cloud seguro e bem gerido com os serviços de gestão e segurança do Azure para gerir e monitorizar as suas aplicações na cloud. Comece a utilizar estes serviços durante a sua migração e continue a utilizar muitos deles para garantir uma experiência consistente na sua cloud híbrida.

Gerir os custos da cloud

Faça a gestão dos seus gastos com a cloud com transparência e precisão com o Azure Cost Management. Utilize esta solução para alocar, reduzir e monitorizar os custos da cloud para poder poupar e aplicar no seu próximo investimento.

Poupar com as ofertas do Azure

Tire partido das ofertas do Azure, como o Benefício Híbrido do Azure e o Azure Reserved Virtual Machine Instances, e continue a redimensionar as máquinas virtuais migradas para as suas cargas de trabalho para obter o melhor valor.

Reinvestir para fazer mais

Utilize o que poupou para adicionar mais capacidades da cloud. Modernize as cargas de trabalho existentes, migre cargas de trabalho adicionais, proteja as cargas de trabalho e melhore a gestão da cloud no Azure.

Cost Management + Faturação

Otimize o que gasta na cloud, ao mesmo tempo que maximiza o potencial da cloud

Monitor do Azure

Observabilidade total nas suas aplicações, infraestrutura e redes

Log Analytics

Recolha, procure e visualize dados de computadores no local e na cloud

Proteger e gerir o seu ambiente de cloud

Ajude a proteger e gerir as suas máquinas virtuais, aplicações e dados com os serviços do Azure.

Obter segurança líder do setor

Confie no Centro de Segurança do Azure para uma gestão de segurança unificada na cloud e proteção contra ameaças avançada nas suas cargas de trabalho na cloud híbrida. Obtenha total visibilidade e controlo sobre a segurança das aplicações na cloud no Azure, detete e responda rapidamente a ameaças e reduza a sua exposição ao ativar a proteção adaptativa contra ameaças.

Saiba como

Proteja os seus dados na cloud

Evite interrupções prejudiciais ao negócio, atinja os objetivos de conformidade e proteja os seus dados de aplicações na cloud contra ransomware e erro humano através da criação de cópias de segurança das suas aplicações no Azure. O Azure Backup fornece-lhe uma solução económica incorporada fácil de implementar. Configure em alguns passos simples: pague apenas o que utilizar e restaure os dados sem custos adicionais.

Saiba como

Monitorize o estado de funcionamento da sua cloud

Controle o estado de funcionamento e desempenho das suas aplicações, infraestruturas e dados na cloud com o Azure Monitor, o Log Analytics e o Application Insights. Recolha dados facilmente a partir das origens e obtenha informações avançadas. Por exemplo, meça a utilização do disco e da memória da CPU das VMs e veja as dependências das aplicações e da rede em várias VMs. Integre estas ferramentas de monitorização da cloud nas suas soluções de gestão de serviços existentes.

Saiba como

Centro de Segurança

Unifique a gestão de segurança e ative a proteção contra ameaças avançada em cargas de trabalho na cloud híbrida

Monitor do Azure

Observabilidade total nas suas aplicações, infraestrutura e redes

Azure Backup

Simplificar a proteção de dados e proteger contra ransomware

Precisa de ajuda no seu plano de migração para a cloud?