Blockchain

Crie cadeias de fornecimento mais inteligentes e eficientes, reduza a possibilidade de fraude, verifique as transações mais rapidamente e crie novos modelos de negócio disruptivos com os serviços de blockchain do Azure.

Introdução

Seja bem-sucedido com o blockchain através da abordagem de três passos comprovada do Azure

Simplifique e acelere a conservação de registos e as verificações entre parceiros em todo o fluxo de trabalho ao partilhar instantaneamente dados e lógica numa rede partilhada imutável. Implemente a abordagem de três passos do Azure no blockchain para criar a sua rede de consórcio, simplificar a governação e a gestão, bem como integrar a solução blockchain nos sistemas e ferramentas que utiliza atualmente.

Crie a base da sua aplicação de blockchain implementando a sua rede de consórcio e um livro razão, convidando membros e configurando permissões:

  • Configure, implemente e faça a gestão da sua aplicação através de redes pré-configuradas e uma infraestrutura gerida com o Azure Blockchain ServicePRÉ-VISUALIZAÇÃO.

Digitalize o fluxo de trabalho empresarial do seu consórcio com contratos inteligentes para ajudar a garantir que os dados partilhados são imutáveis:

  • Utilize a IU intuitiva na extensão do Azure Blockchain para VS Code para criar e compilar os seus contratos inteligentes antes de os implementar com o Azure Blockchain Service.
  • Simplifique a criação de versões e atualizações com o DevOps do Azure.
  • Itere e valide cenários de blockchain rapidamente ao utilizar ligações integradas no Azure e ferramentas que já conhece com o Azure Blockchain Workbench.

Após a configuração da infraestrutura e do contrato inteligente, o passo final é criar a aplicação e expandi-la para funcionar com as ferramentas utilizadas atualmente pela sua empresa:

  • Utilize o Azure Blockchain Service para ligar as suas origens, converter dados de e para o livro razão, bem como publicar os resultados do contrato inteligente em bases de dados e aplicações. Também pode utilizar um modelo do Azure Blockchain Workbench se não estiver familiarizado com a criação de aplicações de blockchain.
  • Ligue e integre a sua aplicação de blockchain nas aplicações e bases de dados existentes com o Development Kit de Blockchain do Azure.

Arquiteturas de soluções blockchain do Azure

Descubra como funciona a tecnologia blockchain, incluindo as redes Ethereum, para proteger os seus dados e digitalizar os seus fluxos de trabalho nestes cenários de arquitetura ilustrados.

Blockchain workflow applicationBusinesses use blockchain to digitize workflows they share with other organizations, such as moving physical assets across supply chains. The anatomy of blockchain apps is similar across use cases. Here, we use Azure Blockchain Service as the foundational managed blockchain network and build a consortium application that can ingest signals from relevant user interfaces and communicate ledger data to consuming apps across the consortium.11234456
  1. Descrição geral
  2. Fluxo

Aplicação de fluxo de trabalho de blockchain

Descrição geral

As empresas utilizam a blockchain para tornar digitais os fluxos de trabalho que partilham com outras organizações, como a movimentação de recursos físicos entre cadeias de fornecimento. A anatomia das aplicações de blockchain é parecido entre casos de utilização. Aqui utilizamos o Azure Blockchain Service como a rede de blockchain gerida de fundação e criamos uma aplicação de consórcio capaz de ingerir sinais das respetivas interfaces de utilizar e comunicar os dados de livros razão às aplicações de todo o consórcio.

Fluxo

  1. 1 As aplicações, dispositivos e origens de dados relevantes enviam eventos ou dados para um mediador de mensagens (o Azure Service Bus).
  2. 2 A Aplicação Lógica de consumidor de tecnologia de livro razão distribuído (DLT) obtém os dados do Service Bus e envia-os para o construtor de transações, que as cria e assina.
  3. 3 As transações assinadas são encaminhadas para o Azure Blockchain Service (rede do consórcio Ethereum totalmente gerida) através de um conector da Aplicação Lógica específico para livros razão.
  4. 4 O gestor de dados de blockchain regista os dados de blocos e de transações dos nós de transação configurados, descodifica os eventos e as propriedades e, em seguida, envia os dados para destinos configurados.
  5. 5 O mediador de mensagens envia os dados do livro razão para as aplicações empresariais e a base de dados fora da cadeia consumidoras.
  6. 6 As informações são analisadas e visualizadas com ferramentas como o Power BI ao ligar a bases de dados fora da cadeia.
Supply chain track and traceLearn how to use the Azure Blockchain Workbench. Build an asset tracking application for supply chain with a step-by-step flowchart.12345678
  1. Descrição geral
  2. Fluxo

Controlo e rastreio da cadeia de fornecimento

Descrição geral

Um padrão de blockchain comum é a monitorização preparada para IoT de um recurso enquanto este atravessa uma cadeia de fornecimento com vários intervenientes. Um excelente exemplo deste padrão é o transporte refrigerado de bens perecíveis como comida ou medicamentos em que é necessário obedecer a determinadas regras de conformidade ao longo de todo o processo de transporte. Neste cenário, a contraparte que inicia o processo (como, por exemplo, um revendedor) especifica as condições contratuais, como o intervalo de humidade e temperatura necessário, que os responsáveis da cadeia de abastecimento têm de cumprir. A qualquer momento do processo, se o dispositivo registar uma medição de humidade ou temperatura fora do intervalo estipulado, o estado do contrato inteligente é atualizado para indicar um incumprimento, registando uma transação no blockchain e acionando eventos de remediação a jusante.

Fluxo

  1. 1 Os dispositivos IoT comunicam com o Hub IoT. O Hub IoT tem uma rota configurada que envia mensagens específicas para um Service Bus associado a essa rota. A mensagem permanece no formato nativo que corresponde ao dispositivo e tem de ser traduzida para o formato utilizado pelo Azure Blockchain Workbench. Uma Aplicação Lógica do Azure encarrega-se dessa transformação. A Aplicação Lógica é acionada quando uma nova mensagem é adicionada ao Service Bus associado ao Hub IoT. Em seguida, transforma a mensagem e envia-a para o Service Bus utilizado para a entrega de mensagens no Azure Blockchain Workbench. O primeiro Service Bus serve, efetivamente, de "Caixa de saída" do Hub IoT e o segundo serve de "Caixa de entrada" do Azure Blockchain Workbench.
  2. 2 O Consumidor DLT obtém os dados do mediador de mensagens (Service Bus) e envia os dados para o Construtor de Transações - Signatário.
  3. 3 O Construtor de Transações cria e assina a transação.
  4. 4 A transação assinada é encaminhada para o Blockchain (Rede de Consórcio de Ethereum Privada).
  5. 5 O Observador DLT recebe confirmação da alocação da transação para o Blockchain e envia a confirmação para o mediador de mensagens (Service Bus).
  6. 6 Os consumidores de DB enviam transações de blockchain confirmadas para bases de dados fora da cadeia (Base de Dados SQL do Azure).
  7. 7 As informações são analisadas e visualizadas com ferramentas como o Power BI ao ligar a bases de dados fora da cadeia (Base de Dados SQL do Azure).
  8. 8 Os eventos do livro razão são enviados para o Event Grid e para o Service Bus para serem utilizados pelos consumidores a jusante. Exemplos de "consumidores a jusante" incluem aplicações lógicas, funções ou outro código que tenha sido concebido para realizar ações sobre os eventos. Por exemplo, uma Função do Azure pode receber um evento e, em seguida, colocá-lo num arquivo de dados como o SQL Server.

Receba as notícias e os recursos de blockchain do Azure mais recentes

Os clientes estão a criar coisas fantásticas com o Azure Blockchain

GE Aviation

A GE Aviation utiliza o blockchain para simplificar o controlo das peças das aeronaves no seu percurso desde a fábrica até ao voo.

Starbucks

A Starbucks utiliza o Azure para capacitar os pequenos agricultores e controlar os seus produtos, desde o grão ao café.

Insurwave

A Insurwave utiliza livros razão comuns distribuídos para reduzir o risco e a exposição de clientes de seguros, mediadores, seguradoras e terceiros.

Buhler

A Bühler utiliza tecnologia blockchain para controlar as produções da terra até ao prato, mantendo os alimentos saudáveis e seguros para dois mil milhões de pessoas diariamente.

Singapore Airlines

A Singapore Airlines utiliza o Azure para converter as milhas aéreas dos passageiros em tokens baseados em blockchain que podem ser gastos numa rede de parceiros de retalho.

Webjet

A Webjet utiliza o Azure para suportar o Rezchain, um serviço de reconciliação de pagamentos para o mercado de viagens online.

3M

A 3M utiliza o Azure Blockchain para permitir uma nova abordagem de etiqueta como serviço para proteger as suas cadeias de fornecimento.

Nasdaq

A Nasdaq traz a tecnologia blockchain para os mercados de capitais para gerir o fornecimento de transações, o pagamento e a aplicação de múltiplos mecanismos de pagamento e blockchains.

Xbox

A Microsoft utiliza soluções blockchain para analisar as declarações de royalties dos publicadores de jogos da Xbox em horas, em vez de meses.

Perguntas mais frequentes

  • Blockchain é uma tecnologia de conservação de registos e aplicação de contratos baseada em criptografia complexa. Permite às organizações simplificar os fluxos de trabalho partilhados, como cadeias de fornecimento, ao trocar e controlar os recursos e as transações num livro razão partilhado (muitas vezes denominada tecnologia de livro razão distribuído ou DLT).

    As redes de blockchain são distribuídas por todos os computadores dos parceiros (denominada rede de consórcio), o que permite dar a cada parceiro visibilidade em tempo real relativamente a qualquer transação ocorrida na rede. Cada parceiro pode ainda rejeitar as transações incorretas antes de serem aplicadas ao livro razão, o que simplifica a auditoria e reduz significativamente o risco de fraude.

    Além da cadeia de fornecimento e das aplicações de fluxo de trabalho partilhadas, os programadores estão a gerar novos fluxos de receita através da criação de produtos e serviços baseados em blockchain.

  • Um "bloco" é um cluster de dados no blockchain com um identificador exclusivo e um histórico. Os "blocos" armazenam as informações das transações, como a data, a hora ou montantes em dólares, bem como a assinatura digital (equivalente a um nome de utilizador) dos participantes nas transações.

  • Existem três tipos principais de blockchain: público, privado e consórcio.

    • O blockchain público está completamente descentralizado, sem nenhuma autoridade na rede. Todas as transações na cadeia são visíveis por qualquer nó na rede.
    • O blockchain privado é a propriedade de um indivíduo e os nós exigem permissão para aceder à rede.
    • O blockchain de consórcio é um blockchain privado com autoridade distribuída que age no melhor interesse da rede.
  • O blockchain é um sistema transparente e verificável. Como um livro razão seguro partilhado de transações distribuídas numa rede de computadores, o blockchain elimina o desperdício, reduz o risco de fraude e permite a criação de novos fluxos de receita.

  • O Azure Blockchain Service utiliza várias capacidades do Azure para manter os seus dados seguros e disponíveis. Os dados são protegidos com isolamento, encriptação e autenticação. As características descentralizadas e imutáveis do blockchain tornam-no bastante seguro.

Comece a utilizar o Azure Blockchain Service

Implemente redes de blockchain totalmente geridas em alguns cliques e governe em escala com gestão de consórcios sem código.

Ver Block Talk

Veja demonstrações e mantenha-se a par da tecnologia blockchain mais recente no Block Talk no Channel 9.

Procurar no Azure Marketplace

Descubra dezenas de soluções blockchain prontas a utilizar da Microsoft e de parceiros.