Ignorar Navegação

Azure Kubernetes Service (AKS)

Simplifique a gestão, a implementação e as operações do Kubernetes.

Utilize um serviço de orquestração de contentores do Kubernetes totalmente gerido.

Saiba mais ao ver os vídeos do AKS

Saiba como o Azure Kubernetes Service (AKS) simplifica a implementação e as operações do Kubernetes e permite dimensionar dinamicamente a sua infraestrutura de aplicações com confiança e agilidade.

Implemente e faça a gestão do Kubernetes sem esforço

Aprovisione clusters facilmente através do portal do Azure e da CLI do Azure, ou com as ferramentas de infraestrutura como código como o Azure Resource Manager e o Terraform. Simplifique a manutenção de clusters com atualizações e dimensionamento automáticos. Obtenha também visibilidade operacional sobre o seu ambiente do Kubernetes gerido com telemetria de plano de controlo, agregação de registos e estado de funcionamento de contentores visíveis como parte do portal do Azure e configurados automaticamente para os clusters do AKS.

Dimensione e execute aplicações com confiança

Dê resposta às necessidades em constante crescimento com o dimensionamento automático incorporado das aplicações. Tire partido dos datacenters do Azure e implemente as suas aplicações em contentores de forma global no AKS. Aumente o desempenho das aplicações ao encaminhar o tráfego para a região mais próxima com o Gestor de Tráfego do Azure. Com o suporte do Virtual Kubelet (pré-visualização), utilize o Azure Container Instances para expandir de forma elástica a partir do seu cluster do AKS quando o tráfego chega em picos.

Proteja o seu ambiente do Kubernetes

Controle o acesso ao seu cluster do Kubernetes com contas e grupos de utilizadores do Azure Active Directory. Para obter um controlo detalhado sobre os recursos do Kubernetes, integre o Azure Active Directory com os controlos de acesso baseados em funções do Kubernetes. Salvaguarde chaves criptográficas e outros segredos utilizados pelos nós principais e de agente do Kubernetes com o Key Vault. Proteja a comunicação da sua rede de contentores com redes virtuais personalizadas, a Interface de Rede de Contentor (CNI) do Azure e com a imposição de políticas de rede.

Acelere o desenvolvimento de aplicações em contentores

Introdução à configuração de máquinas de desenvolvimento mínimo. Defina, instale e atualize facilmente até as mais complexas aplicações do Kubernetes com o Helm e estruture e coloque as suas aplicações em contentores de forma automática. Desenvolva, teste e depure iterativamente os seus contentores com o Azure Dev Spaces e o Visual Studio, o Visual Studio Code ou a CLI do Azure. Partilhe um cluster do AKS e trabalhe em colaboração sem precisar de replicar ou simular dependências. Implemente aplicações em segundos com encaminhamento HTTP incorporado.

Trabalhe à sua maneira com APIs e ferramentas de código aberto

O AKS é um Kubernetes 100 por cento de código aberto, o que lhe permite tirar todo o partido dos serviços e ferramentas no ecossistema do Kubernetes. Utilize ferramentas de código aberto populares como o Helm, Draft e Brigade para automatizar o seu pipeline de fornecimento de software. Integre facilmente o Kubernetes com os Serviços do Azure apoiados por SLA, como o Cosmos DB, com o Open Service Broker para o Azure.

Configure o CI/CD com alguns cliques

Com o Projeto DevOps (Pré-visualização) do Azure, pode instalar uma aplicação básica no Kubernetes com um pipeline CI/CD completo e telemetria de aplicações em apenas três passos. Utilize o Azure Container Registry para simplificar o desenvolvimento de contentores e gerir um único registo replicado em várias regiões. A georreplicação a partir do Azure Container Registry permite-lhe gerir implementações globais como uma única entidade no sentido de simplificar as operações e a gestão.

Capa do livro Designing Distributed Systems (Conceber Sistemas Distribuídos)

E-book gratuito: Designing Distributed Systems (Conceber Sistemas Distribuídos)

Explore como os padrões repetíveis e genéricos e os componentes reutilizáveis podem tornar o desenvolvimento de sistemas distribuídos mais fácil e muito mais eficiente, para que possa dedicar mais tempo ao desenvolvimento. Obtenha o e-book gratuito de Brendan Burns, Engenheiro Distinguido da Microsoft e cofundador do projeto Kubernetes, da O’Reilly.

Transferir o e-book

Clientes com o Azure Kubernetes Service

Cenários comuns do Azure Kubernetes Service

Migre facilmente aplicações existentes

Snadná migrace stávajících aplikacíSnadná migrace stávajících aplikací12345
  1. Descrição geral
  2. Flow

Migre facilmente a aplicação existente para o(s) contentor(es) e execute-a no Azure Kubernetes Service (AKS) gerido. Controle o acesso através da integração com o Azure Active Directory e aceda a Serviços do Azure apoiados por SLA, como a Base de Dados do Azure para MySQL com o OSBA (Opensource Broker para Azure) para as suas necessidades de dados.

  1. 1 O utilizador converte a aplicação existente em contentores e publica as imagens no Azure Container Registry
  2. 2 No Portal do Azure ou na linha de comandos, o utilizador implementa contentores no cluster do AKS
  3. 3 O Azure Active Directory é utilizado para controlar o acesso aos recursos do AKS
  4. 4 Aceda facilmente a Serviços do Azure apoiados por SLA, como a Base de Dados do Azure para MySQL com o OSBA (Opensource Broker para Azure)
  5. 5 Opcionalmente, o AKS pode ser implementado numa rede virtual VNET

Simplifique a implementação e a gestão de aplicações baseadas em microsserviços

Zjednodušení nasazení a správy aplikací založených na mikroslužbáchZjednodušení nasazení a správy aplikací založených na mikroslužbách12345567778
  1. Descrição geral
  2. Flow

Utilize o AKS para simplificar a implementação e a gestão de arquiteturas baseadas em microsserviços. O AKS simplifica o dimensionamento horizontal, a autorrecuperação, o balanceamento de carga e a gestão de segredos.

  1. 1 O programador utiliza o IDE, como o Visual Studio, para consolidar as alterações ao Github
  2. 2 O Github aciona uma nova compilação no VSTS
  3. 3 Os VSTS empacota os microsserviços como contentores e envia-os para o Azure Container Registry
  4. 4 Os contentores são implementados no cluster do AKS
  5. 5 Os utilizadores acedem aos serviços através de aplicações e do site
  6. 6 O Azure Active Directory é utilizado para proteger o acesso aos recursos
  7. 7 Os microsserviços utilizam bases de dados para armazenar e obter informações
  8. 8 O administrador acede através de um portal de administração separado

Dimensione facilmente através do AKS e do ACI

Scale with ease using AKS and ACIScale with ease using AKS and ACI123344
  1. Descrição geral
  2. Flow

Utilize o ACI Connector para aprovisionar pods no ACI que são iniciados em segundos. Isto permite que o AKS seja executado com a capacidade exatamente suficiente para a sua carga de trabalho média. Quando ficar sem capacidade no seu cluster do AKS, dimensione pods adicionais no ACI sem precisar de gerir servidores adicionais.

  1. 1 O utilizador regista um contentor no Azure Container Registry
  2. 2 As imagens de contentor são extraídas do Azure Container Registry
  3. 3 O ACI Connector, uma implementação Virtual Kubelet, aprovisiona pods em ACI de AKS quando o tráfego chega em picos.
  4. 4 Os contentores AKS e ACI escrevem no armazenamento de dados partilhado

Implementação e gestão de dispositivos IoT a pedido

Nasazení a správa zařízení IoT na vyžádáníNasazení a správa zařízení IoT na vyžádání