Ignorar Navegação

Azure Kubernetes Service (AKS)

Simplifique a gestão, implementação e operações do Kubernetes

Utilize um serviço de orquestração de contentores do Kubernetes totalmente gerido.

Kubernetes facilitado

Saiba como o Azure Kubernetes Service (AKS) simplifica a implementação e as operações do Kubernetes e permite dimensionar dinamicamente a sua infraestrutura de aplicações com confiança e agilidade.

Implemente e faça a gestão do Kubernetes sem esforço

Aprovisione clusters facilmente através do portal do Azure e da CLI do Azure, ou com as ferramentas de infraestrutura como código como o Azure Resource Manager e o Terraform. Simplifique a manutenção de clusters com atualizações e dimensionamento automáticos. Obtenha também visibilidade operacional sobre o seu ambiente do Kubernetes gerido com telemetria de plano de controlo, agregação de registos e estado de funcionamento de contentores visíveis como parte do portal do Azure e configurados automaticamente para os clusters do AKS.

Dimensione e execute aplicações com confiança

Dê resposta às necessidades em constante crescimento com o dimensionamento automático incorporado das aplicações. Tire partido dos datacenters do Azure e implemente as suas aplicações em contentores de forma global no AKS. Aumente o desempenho das aplicações ao encaminhar o tráfego para a região mais próxima com o Gestor de Tráfego do Azure. Com o suporte do Virtual Kubelet (pré-visualização), utilize o Azure Container Instances para expandir de forma elástica a partir do seu cluster do AKS quando o tráfego chega em picos.

Proteja o seu ambiente do Kubernetes

Controle o acesso ao seu cluster do Kubernetes com contas e grupos de utilizadores do Azure Active Directory. Para obter um controlo detalhado sobre os recursos do Kubernetes, integre o Azure Active Directory com os controlos de acesso baseados em funções do Kubernetes. Salvaguarde chaves criptográficas e outros segredos utilizados pelos nós principais e de agente do Kubernetes com o Key Vault. Proteja a comunicação da sua rede de contentores com redes virtuais personalizadas, a Interface de Rede de Contentor (CNI) do Azure e com a imposição de políticas de rede.

Acelere o desenvolvimento de aplicações em contentores

Introdução à configuração de máquinas de desenvolvimento mínimo. Defina, instale e atualize facilmente até as mais complexas aplicações do Kubernetes com o Helm e estruture e coloque as suas aplicações em contentores de forma automática. Desenvolva, teste e depure iterativamente os seus contentores com o Azure Dev Spaces e o Visual Studio, o Visual Studio Code ou a CLI do Azure. Partilhe um cluster do AKS e trabalhe em colaboração sem precisar de replicar ou simular dependências. Implemente aplicações em segundos com encaminhamento HTTP incorporado.

Trabalhe à sua maneira com APIs e ferramentas de código aberto

O AKS é um Kubernetes 100 por cento de código aberto, o que lhe permite tirar todo o partido dos serviços e ferramentas no ecossistema do Kubernetes. Utilize ferramentas de código aberto populares como o Helm, Draft e Brigade para automatizar o seu pipeline de fornecimento de software. Integre facilmente o Kubernetes com os Serviços do Azure apoiados por SLA, como o Cosmos DB, com o Open Service Broker para o Azure.

Configure o CI/CD com alguns cliques

Com o Projeto DevOps (Pré-visualização) do Azure, pode instalar uma aplicação básica no Kubernetes com um pipeline CI/CD completo e telemetria de aplicações em apenas três passos. Utilize o Azure Container Registry para simplificar o desenvolvimento de contentores e gerir um único registo replicado em várias regiões. A georreplicação a partir do Azure Container Registry permite-lhe gerir implementações globais como uma única entidade no sentido de simplificar as operações e a gestão.

Capa do livro Designing Distributed Systems (Conceber Sistemas Distribuídos)

E-book gratuito: Designing Distributed Systems (Conceber Sistemas Distribuídos)

Explore como os padrões repetíveis e genéricos e os componentes reutilizáveis podem tornar o desenvolvimento de sistemas distribuídos mais fácil e muito mais eficiente, para que possa dedicar mais tempo ao desenvolvimento. Obtenha o e-book gratuito de Brendan Burns, Engenheiro Distinguido da Microsoft e cofundador do projeto Kubernetes, da O’Reilly.

Transferir o e-book

Clientes com o Azure Kubernetes Service

Cenários comuns do Azure Kubernetes Service

Migre facilmente aplicações existentes

Easily migrate existing applicationEasily migrate existing application12345
  1. Descrição geral
  2. Flow

Migre facilmente a aplicação existente para o(s) contentor(es) e execute-a no Azure Kubernetes Service (AKS) gerido. Controle o acesso através da integração com o Azure Active Directory e aceda a Serviços do Azure apoiados por SLA, como a Base de Dados do Azure para MySQL com o OSBA (Opensource Broker para Azure) para as suas necessidades de dados.

  1. 1 O utilizador converte a aplicação existente em contentores e publica as imagens no Azure Container Registry
  2. 2 No Portal do Azure ou na linha de comandos, o utilizador implementa contentores no cluster do AKS
  3. 3 O Azure Active Directory é utilizado para controlar o acesso aos recursos do AKS
  4. 4 Aceda facilmente a Serviços do Azure apoiados por SLA, como a Base de Dados do Azure para MySQL com o OSBA (Opensource Broker para Azure)
  5. 5 Opcionalmente, o AKS pode ser implementado numa rede virtual VNET

Simplifique a implementação e a gestão de aplicações baseadas em microsserviços

Simplify the deployment and management of Microservices based applicationsSimplify the deployment and management of Microservices based applications12345567778
  1. Descrição geral
  2. Flow

Utilize o AKS para simplificar a implementação e a gestão de arquiteturas baseadas em microsserviços. O AKS simplifica o dimensionamento horizontal, a autorrecuperação, o balanceamento de carga e a gestão de segredos.

  1. 1 O programador utiliza o IDE, como o Visual Studio, para consolidar as alterações ao Github
  2. 2 O Github aciona uma nova compilação no VSTS
  3. 3 Os VSTS empacota os microsserviços como contentores e envia-os para o Azure Container Registry
  4. 4 Os contentores são implementados no cluster do AKS
  5. 5 Os utilizadores acedem aos serviços através de aplicações e do site
  6. 6 O Azure Active Directory é utilizado para proteger o acesso aos recursos
  7. 7 Os microsserviços utilizam bases de dados para armazenar e obter informações
  8. 8 O administrador acede através de um portal de administração separado

Dimensione facilmente através do AKS e do ACI

Scale with ease using AKS and ACIScale with ease using AKS and ACI443321
  1. Descrição geral
  2. Flow

Utilize o nó virtual do AKS para aprovisionar pods dentro do ACI, que são iniciados em segundos. Isto permite que o AKS seja executado com a capacidade exatamente suficiente para a sua carga de trabalho média. Quando ficar sem capacidade no seu cluster do AKS, dimensione pods adicionais no ACI sem precisar de gerir servidores adicionais.

  1. 1 O utilizador regista um contentor no Azure Container Registry
  2. 2 As imagens de contentor são extraídas do Azure Container Registry
  3. 3 O nó virtual do AKS, uma implementação Virtual Kubelet, aprovisiona pods dentro de ACI de AKS quando o tráfego chega em picos.
  4. 4 Os contentores AKS e ACI escrevem no armazenamento de dados partilhado

Implementação e gestão de dispositivos IoT a pedido

IoT device deployment and management on demandIoT device deployment and management on demand12
  1. Descrição geral
  2. Flow

Os cenários de IoT podem envolver potencialmente centenas de milhares de dispositivos IoT. O AKS fornece recursos de computação dimensionáveis a pedido para soluções de IoT, em execução na cloud ou no local.

  1. 1 O utilizador inicia a implementação do AKS com um Gráfico Helm
  2. 2 O nó virtual do IoT Edge Connector implementa dispositivos Edge através do Hub IoT.
  3. 3 A implementação é atualizada nos dispositivos Edge

Preparação de modelos de Machine Learning com o AKS

Machine Learning model training with AKSMachine Learning model training with AKS