Azure Kubernetes Service (AKS)

Serviço do Kubernetes totalmente gerido, seguro e de elevada disponibilidade

Envie mais depressa, trabalhe facilmente e dimensione com confiança

O Azure Kubernetes Service (AKS) totalmente gerido facilita a implementação e a gestão das aplicações contentorizadas. Este serviço disponibiliza o Kubernetes sem servidor, uma experiência de integração contínua e entrega contínua (CI/CD) integrada, bem como segurança e governação de nível empresarial. Una as suas equipas de desenvolvimento e operações numa única plataforma para criar, fornecer e dimensionar aplicações com rapidez e confiança.

Elastic provisioning of additional capacity without the need to manage the infrastructure

Faster end-to-end development experience and integration with Visual Studio Code Kubernetes tools, Azure DevOps, and Azure Monitor

Advanced identity and access management using Azure Active Directory, and dynamic rules enforcement across multiple clusters with Azure Policy

Orchestration of containers across 24 regions and growing, in the public cloud, in Azure Stack, or on IoT edge devices

Acelere o desenvolvimento de aplicações em contentores

Defina, implemente, depure e atualize facilmente até as mais complexas aplicações do Kubernetes e coloque as suas aplicações em contentores de forma automática.

Adicione um pipeline de CI/CD completo aos seus clusters do AKS com tarefas de rotina automatizadas e configure uma estratégia de implementação do Canary com apenas alguns cliques. Detete falhas atempadamente e otimize os seus pipelines com capacidades de rastreabilidade profunda nas suas implementações.

Obtenha visibilidade sobre o seu ambiente com telemetria de plano de controlo, agregação de registos e estado de funcionamento do contentor. Tudo isto está disponível no portal do Azure e configurado automaticamente para os clusters do AKS.

Faça a gestão do Kubernetes sem esforço

Aprovisione clusters facilmente com a CLI ou ferramentas de infraestrutura como código como, por exemplo, o Terraform. Minimize a manutenção da infraestrutura com capacidades automáticas de atualização, reparação, monitorização e dimensionamento.

Aprovisione de forma elástica capacidade de computação adicional no Kubernetes sem servidor numa questão de segundos sem ter de se preocupar com a gestão da infraestrutura.

Simplifique a manutenção dos clusters com aplicação de patches, atualizações e dimensionamento automáticos.

Execute qualquer carga de trabalho na cloud, na periferia ou numa solução híbrida

Orchestrate any type of workload running in the environment of your choice. Whether you want to move .NET applications to Windows Server containers, modernize Java applications in Linux containers, or run microservices applications in the public cloud, at the edge, or in hybrid environments, Azure has the solution for you.

Learn about the Kubernetes core concepts and apply best practices in production.

Destaques do Microsoft Build

Veja todas as Azure Kubernetes Service (AKS) sessões da conferência a pedido.

Ver agora

Utilizações comuns para Azure Kubernetes Service (AKS)

Utilize o Kubernetes para migrar as suas aplicações existentes para a cloud, criar aplicações complexas que utilizem aprendizagem automática ou tirar partido da agilidade que uma arquitetura de microsserviços permite.

  • Easily migrate existing applicationEasily migrate existing application12345
    1. Descrição geral
    2. Flow

    Descrição geral

    Migre facilmente a aplicação existente para o(s) contentor(es) e execute-a no Azure Kubernetes Service (AKS) gerido. Controle o acesso através da integração com o Azure Active Directory e aceda a Serviços do Azure apoiados por SLA, como a Base de Dados do Azure para MySQL com o OSBA (Opensource Broker para Azure) para as suas necessidades de dados.

    Flow

    1. 1 O utilizador converte a aplicação existente em contentores e publica as imagens no Azure Container Registry
    2. 2 No Portal do Azure ou na linha de comandos, o utilizador implementa contentores no cluster do AKS
    3. 3 O Azure Active Directory é utilizado para controlar o acesso aos recursos do AKS
    4. 4 Aceda facilmente a Serviços do Azure apoiados por SLA, como a Base de Dados do Azure para MySQL com o OSBA (Opensource Broker para Azure)
    5. 5 Opcionalmente, o AKS pode ser implementado numa rede virtual VNET
  • Simplify the deployment and management of Microservices based applicationsSimplify the deployment and management of Microservices based applications12345567778
    1. Descrição geral
    2. Flow

    Descrição geral

    Utilize o AKS para simplificar a implementação e a gestão de arquiteturas baseadas em microsserviços. O AKS simplifica o dimensionamento horizontal, a autorrecuperação, o balanceamento de carga e a gestão de segredos.

    Flow

    1. 1 O programador utiliza o IDE, como o Visual Studio, para consolidar as alterações ao Github
    2. 2 O Github aciona uma nova compilação no VSTS
    3. 3 Os VSTS empacota os microsserviços como contentores e envia-os para o Azure Container Registry
    4. 4 Os contentores são implementados no cluster do AKS
    5. 5 Os utilizadores acedem aos serviços através de aplicações e do site
    6. 6 O Azure Active Directory é utilizado para proteger o acesso aos recursos
    7. 7 Os microsserviços utilizam bases de dados para armazenar e obter informações
    8. 8 O administrador acede através de um portal de administração separado
  • DevSecOps with AKSDevSecOps with AKS123456789
    1. Descrição geral
    2. Flow

    Descrição geral

    Utilize as práticas do DevSecOps para poder migrar rapidamente em escala com segurança melhorada. Forneça código rapidamente com Integração/Entrega Contínuas. Acelere o ciclo de comentários através de monitorização constante. Equilibre a velocidade e a segurança com a aplicação de políticas para segurança contínua e rastreabilidade profunda.

    Flow

    1. 1 Os programadores podem iterar, testar e depurar rapidamente diferentes partes de uma aplicação no mesmo cluster do Kubernetes
    2. 2 O código é intercalado num repositório do GitHub, após o qual as compilações e os testes automatizados são executados pelo Azure Pipelines
    3. 3 A imagem de contentor é registada no Azure Container Registry
    4. 4 Os clusters do Kubernetes são aprovisionados com ferramentas como o Terraform; os gráficos Helm, instalados pelo Terraform, definem o estado desejado dos recursos e das configurações das aplicações
    5. 5 Os operadores aplicam políticas para governar as implementações no cluster do Kubernetes
    6. 6 O pipeline de versão executa automaticamente uma estratégia de implementação predefinida com cada alteração de código
    7. 7 A aplicação e a auditoria de políticas são adicionadas ao pipeline CI/CD com o Azure Policy
    8. 8 A telemetria de aplicações, a monitorização do estado de funcionamento dos contentores e a análise de registos em tempo real são obtidas através do Azure Monitor
    9. 9 As informações são utilizadas para resolver problemas e alimentar os próximos planos de sprint
  • Scale with ease using AKS and ACIScale with ease using AKS and ACI443321
    1. Descrição geral
    2. Flow

    Descrição geral

    Utilize o nó virtual do AKS para aprovisionar pods dentro do ACI, que são iniciados em segundos. Isto permite que o AKS seja executado com a capacidade exatamente suficiente para a sua carga de trabalho média. Quando ficar sem capacidade no seu cluster do AKS, dimensione pods adicionais no ACI sem precisar de gerir servidores adicionais.

    Flow

    1. 1 O utilizador regista um contentor no Azure Container Registry
    2. 2 As imagens de contentor são extraídas do Azure Container Registry
    3. 3 O nó virtual do AKS, uma implementação Virtual Kubelet, aprovisiona pods dentro de ACI de AKS quando o tráfego chega em picos.
    4. 4 Os contentores AKS e ACI escrevem no armazenamento de dados partilhado
  • IoT device deployment and management on demandIoT device deployment and management on demand