Séries de Máquinas Virtuais

O Azure tem uma variedade de Máquinas Virtuais (VMs) para todas as suas necessidades relacionadas com aplicações

Série A

VMs económicas ao nível da entrada para programador/teste

As VMs de série A têm as configurações de desempenho e memória da CPU mais adequadas a cargas de trabalho ao nível da entrada como, por exemplo, desenvolvimento e teste. São económicas e fornecem uma opção de baixo custo para começar a utilizar o Azure.

Os casos de utilização de exemplo incluem servidores de desenvolvimento e teste, servidores Web de tráfego reduzido, bases de dados pequenas a médias, servidores para prova de conceitos e repositórios de código.

Série A

a iniciar em
$11.9040000000 /por mês
Computação otimizada

Série D

Computação para fins gerais

As VMs de série D incluem unidades de estado sólido (SSDs), CPUs rápidas e CPU otimizada para a configuração da memória, pelo que são as mais adequadas à maioria das aplicações para fins gerais. Um subconjunto das VMs de série D também contam com memória superior por CPU, pelo que são as mais adequadas a aplicações que necessitem de quantidades de memória mais elevadas.

Os casos de utilização de exemplo incluem a maioria das aplicações, bases de dados relacionais, colocação em cache e análise dentro da memória.

Série Dv2 — Computação para fins gerais de próxima geração

As instâncias da série Dv2 são a mais recente geração de instâncias de série D que incluirão CPUs mais potentes, as quais são, em média, 35% mais rápidas do que as das instâncias de série D, e a mesma memória e configurações de disco da série D. As instâncias de série Dv2 são baseadas no processador de última geração 2,4 GHz Intel Xeon® E5-2673 v3 (Haswell), podendo chegar aos 3,2 Ghz com o Inter Turbo Boost Technology 2.0.

Os casos de utilização de exemplo incluem as séries Dv2 e D, ideais para aplicações que exigem CPUs mais rápidas, melhor desempenho de disco local ou memórias com mais capacidade e oferecem uma combinação poderosa de muitas aplicações de nível empresarial.

Série D

a iniciar em
$42.4080000000 /por mês
Fins gerais Memória otimizada

Série F

Máquinas virtuais otimizadas para computação

Os tamanhos das VMs de série F apresentam uma relação CPU/memória mais elevada. Estas disponibilizam 2 GB de RAM e 16 GB de unidade de estado sólido (SSD) local por núcleo de CPU e estão otimizadas para cargas de trabalho de computação intensiva. A Série F tem por base o processador Intel Xeon® E5-2673 v3 (Haswell) de 2,4 GHz, o qual pode atingir velocidades de relógio de 3,1 GHz com o Intel Turbo Boost Technology 2.0.

Os casos de utilização de exemplo incluem cenários como, por exemplo, processamento em lotes, servidores Web, análises e jogos.

Série F

a iniciar em
$37.2000000000 /por mês
Computação otimizada

Série G

Máquinas virtuais otimizadas para memória e armazenamento

As VMs de série G contam com a mais recente família de processadores E5 v3 Intel® Xeon®, duas vezes mais memória e quatro vezes mais armazenamento de Unidade de Estado Sólido (SSD) do que a série D para Fins Gerais. A série G disponibiliza RAM até ½ TB e 32 núcleos de CPU, garantindo um desempenho computacional sem comparação e armazenamento SSD local de memória para as suas aplicações mais exigentes.

Os casos de utilização de exemplo incluem bases de dados SQL e NoSQL de grande dimensão, ERP, SAP e soluções de armazém de dados.

Série G

a iniciar em
$364.5600000000 /por mês
Armazenamento otimizado Memória otimizada

Série H

Máquinas virtuais de elevado desempenho

A família da série H é a próxima geração de VMs de computação de alto desempenho. Estas máquinas virtuais são ideais para necessidades computacionais avançadas, como modelagem molecular, dinâmicas de fluidos computacionais e afins. Estas VMs são criadas com a tecnologia de processadores Intel Haswell, mais concretamente os processadores E5-2667 V3 com tamanhos de VMs de 8 e 16 núcleos, ambas com memória DDR4 e armazenamento baseado em SSD local. Para além de um poder de CPU substancial, os produtos da série H oferecem várias opções para RDMA e funcionamento em rede de baixa latência através de InfiniBand, juntamente com diversas configurações de memória para suportar requisitos computacionais de memória intensiva.

Os casos de utilização de exemplo incluem computação de alto desempenho, processamento de lotes, análise, modelação molecular e dinâmica fluída.

Série H

a iniciar em
$592.2240000000 /por mês
Computação otimizada

Série L

Máquinas virtuais otimizadas para armazenamento

A família de série L das máquinas virtuais do Azure são VMs otimizadas de armazenamento. Estas são ideais para aplicações que requerem baixa latência, débito elevado e grande armazenamento de disco local. Estas VMs são criadas com a tecnologia de processadores Intel Haswell, mais concretamente os processadores E5 Xeon v3 com tamanhos de VM de núcleo de 4, 8, 16 e 32. A série L suporta até 6 TB de SSD local e oferece um desempenho I/O de armazenamento não correspondente.

Os casos de utilização de exemplo incluem bases de dados NoSQL como Cassandra, MongoDB, Cloudera e Redis. As aplicações de armazenamento de dados e as grandes bases de dados transacionais são também bons casos de utilização.

Série L

a iniciar em
$255.1920000000 /por mês
Armazenamento otimizado

Série N

Máquinas virtuais com GPU ativada

A série N é uma família de Máquinas Virtuais do Azure com capacidades GPU. As GPUs são ideais para cargas de trabalho de computação e repletas de gráficos, ajudando os clientes a inovarem-se através de cenários como visualização remota avançada, aprendizagem aprofundada e análise preditiva. Disponível atualmente em pré-visualização, a série N apresentará a plataforma acelerada NVIDIA Tesla, bem como a tecnologia NVIDIA GRID 2.0, fornecendo o suporte gráfico mais avançado disponível na cloud hoje em dia. Uma das VMs de série N tem uma segunda interface de rede (RDMA) de alto débito e de baixa latência destinada a cargas de trabalho de computação paralela fortemente interligadas.

Os casos de utilização de exemplo incluem composição de gráficos, edição de vídeo, visualização remota, computação e análise de alto desempenho.

Série N

a iniciar em
$669.6000000000 /por mês
GPU ativada

Recursos