Ignorar Navegação

Preços dos Conjuntos de Dimensionamento de Máquinas Virtuais do SharePoint

Faça a gestão e aumente verticalmente para milhares de máquinas virtuais do Linux e do Windows

Os conjuntos de dimensionamento de Máquinas Virtuais simplificam a criação de aplicações altamente escaláveis, ao permitir a fácil implementação e gestão de um conjunto de VMs como um grupo. Criados com base no modelo de implementação do Azure Resource Manager, os conjuntos de dimensionamento de VMs estão totalmente integrados no balanceamento de carga e dimensionamento automático do Azure, e suportam o Windows, Linux, imagens personalizadas e extensões. Os conjuntos de dimensionamento de VMs fornecem dois modos de operação:

  1. VMs do conjunto de dimensionamento – permite a fácil criação e gestão de VMs idênticas
  2. VMs únicas – fornece uma forma fácil de adicionar as suas VMs ao VMSS durante o processo de criação (por exemplo, para obter elevada disponibilidade)

Os conjuntos de dimensionamento de Máquinas Virtuais estão disponíveis atualmente em todos os tamanhos de VM do Windows ou Linux do Azure. Ser-lhe-ão cobradas apenas as VMs do Azure que implementar, bem como os restantes recursos de infraestrutura subjacentes consumidos, como armazenamento e rede. Não existem custos adicionais para o serviço de conjuntos de dimensionamento de Máquinas Virtuais. Aplicam-se as tarifas Standard de saída.

Preços e opções de compra do Azure

Entre em contacto direto connosco

Obtenha uma descrição detalhada dos preços do Azure. Compreenda os preços da sua solução cloud, saiba mais sobre a otimização de custos e solicite uma proposta personalizada.

Fale com um especialista em vendas

Veja as formas de compra

Compre serviços do Azure através do site do Azure, de um representante da Microsoft ou de um parceiro do Azure.

Explore as suas opções

Recursos adicionais

Conjuntos de Dimensionamento de Máquinas Virtuais

Saiba mais sobre as funcionalidades e capacidades do Conjuntos de Dimensionamento de Máquinas Virtuais.

Calculadora de preços

Faça uma estimativa dos seus custos mensais para utilizar qualquer combinação de produtos do Azure.

SLA

Reveja o Contrato de Nível de Serviço para Conjuntos de Dimensionamento de Máquinas Virtuais.

Documentação

Reveja tutoriais técnicos, vídeos e mais Conjuntos de Dimensionamento de Máquinas Virtuais recursos.

Geral

  • Não. Todas as máquinas virtuais novas têm um disco do sistema operativo e um disco local (ou “disco de recurso”). Não cobramos pelo armazenamento do disco local. O disco do sistema operativo é cobrado à tarifa normal para discos. Veja todas as configurações das máquinas virtuais.

  • Pode encontrar mais informações sobre máquinas virtuais do Spot no nosso site.
  • Um disco temporário é armazenamento ligado diretamente à VM implementada. Os dados num disco temporário são perdidos após a VM ser encerrada. Se precisar de armazenamento persistente, existem diversos tipos e tamanhos de discos de dados persistentes que são vendidos em separado. Veja os preços de armazenamento para obter informações. Para armazenamento de VM persistente, recomendamos que utilize o Managed Disks para tirar partido de melhores funcionalidades de gestão, dimensionamento, disponibilidade e segurança.

  • Talvez. Se o estado disser “Parada (Desalocado)”, não será cobrado. Se disser “Parado (Alocado)”, ainda está a ser cobrado por núcleos virtuais alocados (não pela própria licença de software). Os detalhes completos acerca dos estados de máquina virtual estão disponíveis na página de documentação.

    Estado Cobrado Detalhes
    A Iniciar Sim O estado inicial das máquinas virtuais à medida que passam pelo ciclo de arranque. Este período é faturado enquanto as máquinas virtuais estão a ser executadas.
    Em Execução (Iniciada) Sim O estado de execução da máquina virtual.
    Parada Sim Serão cobrados os núcleos atribuídos, mas não a licença de software.
    Nota: para colocar uma máquina virtual no estado “Parada”, utilize a opção de ligar/desligar dentro da máquina virtual, não no portal clássico do Microsoft Azure.
    Eliminada (Desalocada) Não Os núcleos já não estão alocados à máquina virtual e já não são cobrados.
    Nota: a única forma de parar todas as máquinas virtuais num serviço cloud é eliminar ambas as implementações, a de teste e a de produção.
  • Os preços de máquinas virtuais apenas incluem o armazenamento de disco local. Pode ver o custo de ligar discos Premium (baseados em SSD) e Standard (baseados em HDD) às suas máquinas virtuais na página de preços do Managed Disks.

  • Anteriormente, qualquer utilização de máquinas virtuais Básicas e Standard A0, A2, A3 e A4 era emitida em frações (para A0) ou múltiplos (para A2, A3 e A4) de minutos de medidores de máquinas virtuais A1. Percebemos que esta forma causava alguma confusão para os nossos clientes, por isso, implementámos uma alteração para atribuir a utilização por segundo a medidores de A0, A2, A3 e A4. Devido a esta transição, os GUIDs de recurso para máquinas virtuais A0, A2, A3 e A4 serão alterados. Se alguma das suas rotinas de faturação se basear nos GUIDs de recurso, terão de ser modificadas para ter em conta estes novos medidores de faturação.

    Tamanho de implementação Utilização emitida como múltiplo de A1 até 10 de janeiro de 2016 Utilização emitida no medidor dedicado a partir de 11 de janeiro de 2016
    A0 0,25 de hora A1 1 de hora A0
    A2 2 de hora A1 1 de hora A2
    A3 4 de hora A1 1 de hora A3
    A4 8 de hora A1 1 de hora A4
  • Cobramos o número de minutos completos de execução da sua máquina virtual, portanto, não lhe são cobrados segundos adicionais. Neste exemplo, seria faturado por 6 minutos.

  • É uma nova funcionalidade de pré-visualização para Máquinas Virtuais do Azure com endereços IP privados. O ponto final com balanceamento de carga interno só está acessível em redes virtuais (para máquinas virtuais numa rede virtual) ou em serviços cloud (para máquinas virtuais fora de uma rede virtual). O balanceamento de carga interno torna-se útil para aplicações de várias camadas, em que algumas das camadas das aplicações não são destinadas ao público, mas requerem a funcionalidade de balanceamento de carga.

  • Pode verificar o estado das suas máquinas virtuais no separador Máquinas Virtuais e também no Dashboard da máquina virtual. Se o estado da máquina virtual for "Parada", a mesma continua a ser-lhe cobrada. Apenas o estado "Parado (Desalocado)" indica que não está a ser faturado.

    Para se assegurar de que não está a ser cobrado, pare sempre as máquinas virtuais a partir do portal de gestão. Também pode parar a máquina virtual através do PowerShell ao chamar ShutdownRoleOperation com "PostShutdownAction" igual a "StoppedDeallocated".

  • Cada instância é cobrada pela respetiva saída de dados em todas as regiões.

  • Não. O imposto será acrescentado separadamente.

  • À medida que migrar as suas cargas de trabalho para o Azure, beneficie do Benefício Híbrido do Azure para reutilizar as licenças existentes do Windows Server com o Software Assurance ou as Subscrições do Windows Server para obter poupanças substanciais. O Azure cobre o custo do SO para cada licença, ao passo que a si só lhe cabe pagar os custos de computação das VMs. Além disso, através do Benefício Híbrido do Azure para Linux, pode utilizar as suas subscrições de software Red Hat e SUSE no local já existentes no Azure. Saiba mais.

  • Não, as máquinas virtuais oferecidas nas duas promoções só estão disponíveis para utilização a pedido.
  • Atualmente, as promoções das séries NC e H estarão disponíveis para implementação a pedido até 31 de outubro de 2021. As máquinas virtuais promocionais implementadas antes dessa data continuarão em execução. Estas máquinas virtuais estarão disponíveis para novas implementações após a data de fim da promoção, mas os preços de promoção já não estarão em vigor.
  • Não, as instâncias reservadas que comprar para máquinas virtuais normais não se aplicam às máquinas virtuais promocionais.

VMs do Spot

  • As cargas de trabalho são expulsas quando o Azure deixa de ter capacidade de computação disponível e tem de realocar os seus recursos.

    As cargas de trabalho também serão expulsas quando o preço atual ultrapassar o preço máximo que acordou pagar antes de as VMs serem alocadas.

  • Para que haja transparência de preços em todas as regiões do Azure e garantir uma alocação justa da capacidade de computação disponível, todos os nossos clientes irão introduzir os preços máximos em dólares norte-americanos. Os preços do Spot em valores de moeda local apresentados nesta página são fornecidos apenas para sua informação. Estes valores representam apenas uma estimativa dos custos reais que incorrerá e variam consoante as taxas de câmbio da moeda.
  • Os preços do Spot em moeda local apresentados nesta página são fornecidos apenas para sua informação. Pode pagar a sua fatura do Azure numa das moedas locais suportadas abaixo. No entanto, os preços do Spot em valores de moeda local apresentados nesta página são fornecidos para sua conveniência e representam apenas uma estimativa dos custos reais que incorrerá e variam consoante as taxas de câmbio da moeda.

    AUD Austrália – Dólar ($) AUD JPY Japão – Iene (¥) JPY
    TWD Taiwan – Dólar (NT$) TWD KRW Coreia do Sul – Won (₩) KRW
    GBP Reino Unido – Libra (£) GBP NZD Nova Zelândia – Dólar ($) NZD
    CAD Canadá – Dólar ($) CAD NOK Noruega – Coroa (kr) NOK
    CNY China – Yuan (CN¥) CNY RUB Rússia – Rublo (руб) RUB
    DKK Dinamarca – Coroa (kr) DKK SEK Suécia – Coroa (kr) SEK
    EUR Zona Euro – Euro (€) EUR CHF Suíça – Franco (chf) CHF
    INR Índia – Rupia (₹) INR

    Para todas as outras moedas não listadas acima, terá de transacionar as VMs do Spot em dólares norte-americanos e pagar a sua fatura nessa mesma moeda.

Fale com um especialista em vendas para obter uma descrição detalhada dos preços do Azure. Compreenda os preços da sua solução cloud.

Obtenha serviços cloud gratuitos e um crédito de $200 para explorar o Azure durante 30 dias.

Adicionar à estimativa. Prima \"v\" para ver na calculadora
Como podemos ajudá-lo?