Preços de Serviços de Multimédia

Crie e implemente soluções de multimédia ponto a ponto, de elevada disponibilidade e dimensionáveis

Utilizando a cloud, os Serviços de Multimédia do Azure permitem enviar qualquer ficheiro multimédia para qualquer lugar no mundo a partir de qualquer dispositivo. A coleção de serviços fornece codificação, transmissão em fluxo em direto a pedido, proteção de conteúdos e indexação de conteúdos de vídeo e áudio.

Encoding de Vídeo a Pedido (VoD)

O Codificar Standard transcodifica ficheiros de entrada de vídeo e áudio em formatos de saída adequados para reprodução em diversos dispositivos, incluindo smartphones, tablets, PCs, consolas de jogos e televisões. O Codificador Premium transcodifica formatos comuns de aplicações de difusão e filmes e suporta cargas de trabalho de vídeos que exigem lógica complexa. Veja uma comparação detalhada das funcionalidades dos dois codificadores na nossa documentação.

Codificador Standard1 Codificador Premium1
$- por minuto de saída $- por minuto de saída

1Os Serviços de Multimédia não cobram tarefas canceladas ou com erros. Por exemplo, uma tarefa que tenha atingiu 50% de progresso e seja cancelada não é cobrada a 50% dos minutos. Só são cobradas tarefas concluídas.

Nota: os clientes com Contrato Enterprise devem contactar o respetivo gestor de conta Microsoft para obter informações de preços.

Multiplicadores de minutos de saída

Para calcular o total de minutos de saída de uma tarefa de codificação, aplicamos os multiplicadores seguintes.

Qualidade Multiplicador Exemplo
SD (menos de 1280 × 720) 1x Dez minutos de saída SD são contabilizados como 10 minutos SD
HD (1280 × 720–1920 x 1080) 2x Dez minutos de saída HD são contabilizados como 20 minutos SD
UHD (mais que 1920 x 1080, até 4096 x 2160) 4x Dez minutos de saída UHD são contabilizados como 40 minutos SD
Saída de áudio apenas 0,25x Quatro minutos de saída de áudio são contabilizados como 1 minuto SD

Exemplo: tem um vídeo do QuickTime com uma resolução de 1920 x 1080p e 20 minutos de duração que codifica para uma saída MP4 com a mesma duração, uma resolução de 1920 x 1080p e uma faixa de áudio. O multiplicador efetivo seria 2 (para HD), mais 0,25 (para áudio), totalizando um multiplicador de 2,25. Ser-lhe-ia cobrado um total de (20 minutos x 2,25) = 45 minutos de saída. Se tivesse utilizado o Media Encoder Standard nesta codificação, o custo seria (45 minutos de saída x $- / minuto de saída) = $-

Veja mais exemplos nas FAQ.

Também poderão ser aplicadas tarifas de Armazenamento e de transferência de dados, sendo cobradas com base nas tarifas padrão do Azure.

Unidades reservadas de multimédia

Recomenda-se a utilização de unidades reservadas de multimédia caso a sua carga de trabalho precise de executar mais de uma tarefa em simultâneo. Pode aumentar o débito global do serviço. Para isso, (a) aumente o número de unidades reservadas de multimédia de modo a processar mais tarefas em simultâneo e (b) utilize uma Unidade Reservada de Multimédia mais rápida (por exemplo, S3). Consulte a documentação para obter mais informações. Se prevê utilizar mais de 10 unidades reservadas de multimédia, contacte-nos.

S1 S2 S3
Cada unidade $- por hora1 $- por hora1 $- por hora1
Processos em simultâneo 1 por unidade 1 por unidade 1 por unidade
Desempenho relativo2 Cerca de 2 x S1 Cerca de 4 x S1

1A faturação é rateada ao minuto.

2A velocidade do desempenho é calculada com o Media Encoder Standard.

Eventos em Direto

Os Eventos em Direto (também conhecidos como Canais nas APIs legadas) permitem-lhe transmitir conteúdo em fluxo quase em tempo real. Os Eventos em Direto são utilizados em conjunto com as unidades de transmissão em fluxo para proporcionar um serviço de transmissão em direto. Para obter detalhes sobre os preços das unidades de transmissão em fluxo, consulte a secção sobre a transmissão em fluxo nesta página. As suas opções para os Evento em Direto são as seguintes.

Tipo de Live Encoding Pass-through (Nenhum) Live Encoding Standard Live Encoding Premium
Resolução máxima do fluxo de saída Até 4K a 60 fotogramas/seg Até 720p a 30 fotogramas/seg Até 1080p a 30 fotogramas/seg
Codificação de velocidade de transmissão múltipla Não Disponível Sim Sim
Preço1 ~$-/minuto ($-/hora) ~$-/minuto ($-/hora) ~$-/minuto ($-/hora)
1 A faturação é calculada por segundo. A faturação baseia-se na quantidade de tempo que a entidade do Evento em Direto está no estado de execução, independentemente de existir ou não um fluxo de vídeo através do serviço. Pare a entidade do Evento em Direto quando não estiver em utilização para evitar cobranças desnecessárias.

Todos os tipos de Eventos em Direto são faturados com base na quantidade de tempo que estão no estado de execução, independentemente de estar ou não a ser transmitido vídeo em fluxo através do serviço. Para obter detalhes sobre os estados e a faturação dos Eventos em Direto, consulte a FAQ abaixo.

Também poderão ser aplicadas tarifas de Armazenamento e de transferência de dados, sendo cobradas com base nas tarifas padrão do Azure.

Transcrição em DiretoPré-visualização

A Transcrição em Direto foi concebida para funcionar em conjunto com as cargas de trabalho de transmissão em direto, como uma capacidade suplementar durante a utilização de Eventos em Direto Pass-through ou Eventos em Direto do Codificador em Direto Standard/Premium. A faturação é feita com base no período de tempo em que o Evento em Direto está no estado de execução, independentemente de estar a ser transmitido vídeo em fluxo através do serviço. Para obter detalhes sobre a Transcrição em Direto e a faturação, consulte a FAQ abaixo.

Instância Preço
Transcrição em Direto ~$-/minuto ($-/hora)

Transmissão em Fluxo

Entrega por solicitação e transmissões de vídeos em direto disponíveis para os clientes em vários formatos e em escala. Os serviços de transmissão em fluxo Standard e Premium fornecem conteúdo diretamente a uma aplicação de leitor de multimédia ou a uma Rede de Entrega de Conteúdos para uma maior distribuição.

Os clientes dos Serviços de Multimédia escolhem um ponto final standard ou uma ou mais unidades de transmissão em fluxo premium, de acordo com as respetivas necessidades. O ponto final de transmissão em fluxo Standard é adequado para a maioria das cargas de trabalho de transmissão em fluxo. Inclui as mesmas funcionalidades das unidades de transmissão em fluxo premium e dimensiona a largura de banda de saída automaticamente. As unidades de transmissão em fluxo Premium são adequadas para cargas de trabalho avançadas, ao fornecer uma capacidade de largura de banda dimensionável e dedicada. As unidades de transmissão em fluxo Premium “empilham”, ou seja, cada unidade ativada fornece capacidade adicional de largura de banda à aplicação. O ponto final de transmissão em fluxo Standard não “empilha”. Em vez disso, dimensiona a largura de banda automaticamente com base nos requisitos de largura de banda. Ver mais informações.

A transmissão em fluxo é faturada como a combinação dos serviços de transmissão em fluxo e a quantidade de dados transferida. Quando a Rede de Entrega de Conteúdos do Azure é ativada através do Portal dos Serviços de Multimédia ou de uma API de um Ponto Final de Transmissão em Fluxo, os preços standard da Rede de Entrega de Conteúdos aplicam-se a todos os dados transferidos. Quando a Rede de Entrega de Conteúdos do Azure não está ativada para um ponto final de transmissão em fluxo, a transferência de dados é cobrada conforme os preços de Transferência de Dados.

Unidades de transmissão em fluxo

Ponto Final de Transmissão em Fluxo Standard Unidades de Transmissão em Fluxo Premium
Preços (Pré-visualização) 2 ~$-/dia ($-/mês 1) N/A
Preço (por unidade) N/A ~$-/dia ($-/mês1)
Largura de Banda Até 600 Mbps do ponto final de transmissão em fluxo e dimensiona com Rede de Entrega de Conteúdos Até 200 Mbps/unidade

1A faturação é rateada diariamente com base em 31 dias por mês.

2Preços de pré-visualização sujeitos a alteração após disponibilidade geral.

Proteção de conteúdo

Proteja os seus ativos através da Gestão de Direitos Digitais (DRM) do PlayReady, da entrega de licenças do Widevine Modular, da Transmissão em Fluxo do Apple FairPlay ou da encriptação de chave com norma AES (Advanced Encryption Standard). Os preços baseiam-se no número de licenças ou chaves emitidas pelo serviço.

PlayReady

PlayReady
Preço $-/100 licenças

Widevine

Widevine
Preço $-/100 licenças

Chaves Advanced Encryption Standard (AES)

Chaves AES
Preço $-/100 chaves

Também poderão ser aplicadas tarifas de Armazenamento e de transferência de dados, sendo cobradas com base nas tarifas padrão do Azure.

FairPlay

FairPlay
Preço $-/100 licenças

Indexador de Vídeo

Extraia, analise, organize, personalize, pesquise e publique informações numa única tarefa dos seus ficheiros de áudio e vídeo com IA para tecnologias de vídeo, com tecnologia dos Serviços de Multimédia do Azure.

Veja a lista completa de funcionalidades de IA do Video Indexer

O Video Indexer pode ser utilizado com dois tipos de contas:

Conta de avaliação gratuita: até 10 horas de indexação gratuita para utilizadores do site e até 40 horas de indexação gratuita para utilizadores da API.

Conta ilimitada paga: para indexação em maior escala, crie uma nova conta do Video Indexer associada a uma subscrição paga do Microsoft Azure.

Os preços baseiam-se na duração do ficheiro de entrada. A indexação é cobrada pela análise de áudio, análise de vídeo ou ambas. O serviço tira partido das Unidades Reservadas de Multimédia para executar tarefas em paralelo quando é possível. Obtenha mais informações sobre o processamento de multimédia

Análise de Vídeo Análise de Áudio
Preço por minuto de entrada $- $-

Redator

Torne os vídeos anónimos ao detetar e desfocar os rostos de indivíduos selecionados. O Azure Media Redactor é ideal para ser utilizado em cenários de segurança pública e notícias da comunicação social. Os preços baseiam-se na duração e na resolução do ficheiro de entrada. O Redactor tira partido das unidades reservadas de multimédia para executar tarefas de processamento de vídeo em paralelo quando é possível (Nota: o SLA para Redactor aplica-se apenas a unidades reservadas de multimédia S3). Consulte a nossa documentação para obter mais informações.

S1 S2 S3
Resoluções de entrada suportadas1 640 x 480 e inferior 641 x 481 a 1280 x 720 1281 x 721 a 1920 x 1200
Primeiros 50,000 minutos/mês2 $-/minuto de conteúdo ($-/hora) $-/minuto de conteúdo ($-/hora) $-/minuto de conteúdo ($-/hora)
950 000 minutos (50K-1M minutos)/mês seguintes $-/minuto de conteúdo ($-/hora) $-/minuto de conteúdo ($-/hora) $-/minuto de conteúdo ($-/hora)
Mais de 1 000 000 minutos/mês $-/minuto de conteúdo ($-/hora) $-/minuto de conteúdo ($-/hora) $-/minuto de conteúdo ($-/hora)

1Ambas as dimensões da resolução de entrada têm de estar ajustadas à resolução de entrada suportada do medidor ou será medida uma resolução superior (consulte as FAQ para obter um exemplo).

2Utilização mínima de um minuto. Toda a utilização é arredondada para o minuto seguinte.

Indexador de Multimédia do Azure

O Azure Media Indexer vai ser descontinuado no dia 1 de março de 2023 e está a ser substituído pelo Video Indexer dos Serviços de Multimédia do Azure (ver mais acima nesta página).

Para obter detalhes sobre a migração, veja a documentação.

Suporte e SLA

  • É disponibilizado suporte técnico para todos os serviços disponíveis em geral, incluindo os Serviços de Multimédia do Azure, através do Suporte do Azure, desde $29/mês. O suporte de gestão da faturação e subscrição é fornecido sem custos.
  • Garantimos 99,9% de disponibilidade das transações da API REST para encoding, indexação e empacotamento de Serviços de Multimédia, e serviços de proteção de conteúdo. A Transmissão em Fluxo tem uma garantia de disponibilidade de 99,9 % para conteúdos de multimédia existentes na compra de, pelo menos, uma unidade de transmissão em fluxo. Garantimos a conectividade externa para Eventos em Direto (que se encontrem no estado de execução) pelo menos 99,9% do tempo. A disponibilidade é calculada ao longo de ciclos de faturação mensais. Os serviços de pré-visualização não têm um SLA. Para saber mais, visite a página do SLA do Azure.

FAQ

  • Quando enviar um vídeo para indexação, o utilizador definirá a indexação para análise de vídeo, análise de áudio ou ambas. Isto determinará que SKUs serão cobrados. Em caso de erro de nível crítico durante o processamento, será devolvido um código de erro como resposta. Nesse caso, não ocorre faturação. Um erro crítico pode ser causado por um erro no nosso código ou uma falha crítica numa dependência interna do serviço. Erros como identificação ou extração de informações incorretas não são considerados críticos e é devolvida uma resposta. Sempre que seja devolvida uma resposta válida (sem ser código de erro), ocorre faturação.

  • Adicionar unidades reservadas de multimédia à sua conta assegura que são processados vários ficheiros em simultâneo e a alteração do tipo de unidade reservada de multimédia afeta a velocidade a que os ficheiros são processados. Por exemplo, se a sua conta tivesse três unidades reservadas de multimédia do tipo S1, seriam processados três ficheiros ao mesmo tempo. Ao alterar o tipo de unidade reservada para S3, cada ficheiro individual é processado mais depressa. Consulte a nossa documentação para obter mais informações.

  • Sim, pode dimensionar o número de unidades reservadas de multimédia na sua conta. Embora existam limites predefinidos no Portal do Azure, como, por exemplo, um máximo de 25 unidades reservadas de multimédia S2, estes são limites flexíveis. Pode contactar-nos se precisar de limites maiores.

  • Não, só será cobrado com base nos minutos de saída, mais o número de unidades reservadas de multimédia. Veja mais detalhes no exemplo abaixo.

  • Não, se uma tarefa de codificação falhar, esta não é cobrada.
  • Sim, os minutos de saída de codificação (codificador standard: $- por minuto de saída; codificador Premium: $- por minuto de saída) são-lhe cobrados em separado das cobranças de unidades reservadas de multimédia. Veja mais detalhes no exemplo abaixo.

  • Exemplo 1: o João tem 30 tarefas de codificação para as quais utiliza o Media Encoder Standard (ou seja, aplica-se a tarifa do codificador standard). Cada tarefa cria dez minutos de saída (o que perfaz um total de 300 minutos de saída). O João utiliza uma unidade reservada de multimédia (UR) S1, sendo que cada tarefa demora duas horas a executar. O João utiliza essa UR S1 durante 60 horas consecutivas, e, em seguida, desativa-a (define o número da UR como zero).

    • Minutos de saída (codificador standard): 300 x $-/minuto = $-
    • Unidade reservada de multimédia S1: 1 unidade x 60 horas x $-/hora = $-
    • Custo Total: $-

    Exemplo 2: o João tem 30 tarefas de codificação para as quais utiliza o Media Encoder Standard. Cada tarefa cria dez minutos de saída (o que perfaz um total de 300 minutos de saída). Desta vez, utiliza três unidades reservadas (UR) de multimédia S2. Cada tarefa demorará apenas uma hora a concluir e as 30 tarefas são concluídas em apenas dez horas. O João utiliza as três URs S2 durante dez horas consecutivas e, em seguida, desativa a UR (define o número da UR como zero).

    • Minutos de saída (codificador standard): 300 x $-/minuto = $-
    • Unidade reservada de multimédia S2: 3 unidades x 10 horas x $-/hora = $-
    • Custo Total: $-

    Exemplo 3: o João tem um filme de duas horas de duração com uma resolução de 1920 x 1080, que codifica com o Media Encoder Standard através da predefinição “1080p Multiple Bitrate 1080p”, de modo a poder transmitir o filme em fluxo para dispositivos iOS e Android. A predefinição de codificação produz três vídeos de saída HD, cinco vídeos de saída SD e um áudio. O multiplicador total para esta tarefa de codificação seria (3 x 2 + 5 + 0,25) = 11,25. Por conseguinte, o total de minutos de saída seria 11,25 x 2 x 60 = 1,350. O custo total seria 1,350 x $-/minuto = $-.

  • Se gerar miniaturas como parte de uma tarefa de codificação regular, conforme apresentado nesta amostra, não incorrerá em despesas adicionais por gerar imagens em miniatura. Se, no entanto, submeter uma tarefa de codificação que apenas gera miniaturas (ou seja, a saída não tem vídeo ou áudio), cada imagem no recurso de saída é contabilizado como um segundo (1/60 de um minuto).

  • São-lhe cobrados os minutos efetivos de utilização de unidades reservadas de multimédia. Segue-se um exemplo mais detalhado. Imagine que o João começa com zero unidades reservadas (UR) de multimédia e, às 10:00 desse dia, define a conta dele para utilizar duas URs S1. À tarde, chegam mais filmes, por isso, ele altera a conta para utilizar quatro URs S3 às 13:15. Os vídeos acabam de ser processados às 16:00 e, então, o João desativa as URs na conta (define o número de URs como zero). A utilização do João é calculada da seguinte forma.

    • Unidades reservadas de multimédia S1: 2 unidades x 3,25 horas (10:00 às 13:15) x $-/hora = $-
    • Unidades reservadas de multimédia S3: 4 unidades x 2,75 horas (13:15 às 16:00) x $-/hora = $-

    Desta forma, o custo total do João por utilizar unidades reservadas de multimédia nesse dia será de $- + $- = $-

    Ao contrário das unidades reservadas de multimédia, as unidades de transmissão em fluxo também são cobradas com base no número mais elevado de unidades de transmissão em fluxo aprovisionadas por dia (limite superior de tamanho).

  • Não, as cobranças das unidades reservadas de multimédia são rateadas ao minuto e as das unidades de transmissão em fluxo são rateadas ao dia.

    Para saber o custo de um projeto de codificação, veja a nossa calculadora online.

  • Uma unidade de transmissão em fluxo fornece um conjunto dedicado de recursos para transmissão em fluxo de conteúdo, com cada unidade aumentando o débito de largura de banda garantido até 200 Mbps.

  • Sim, pode comprar várias unidades transmissão em fluxo para transmissão em fluxo de conteúdo.

  • O custo cobrado baseia-se no número mais elevado de unidades de transmissão em fluxo aprovisionadas por dia. Neste exemplo, ser-lhe-ão cobradas quatro unidades de transmissão em fluxo para esse dia.

  • Depende do estado atual de um Evento em Direto. Os valores possíveis incluem:

    • Parado. Este é o estado inicial de um Evento em Direto após a sua criação. Neste estado, as propriedades do Evento em Direto podem ser atualizadas, mas a transmissão em fluxo não é permitida.
    • A Iniciar. O Evento em Direto está a ser iniciado. Não são permitidas transmissões em fluxo nem atualizações durante este estado. Caso ocorra um erro, o Evento em Direto volta para o estado "Parado".
    • A Executar. O Evento em Direto é capaz de processar transmissões em direto.
    • A parar. O Evento em Direto está a ser parado. Não são permitidas transmissões em fluxo nem atualizações durante este estado.
    • A apagar. O Evento em Direto está a ser eliminado. Não são permitidas transmissões em fluxo nem atualizações durante este estado.

    A tabela seguinte mostra como os estados mapeiam para o modo de faturação.

    Estado do Evento em Direto Foi cobrado?
    A Iniciar Não (estado transitório)
    A Executar Sim
    A Parar Não (estado transitório)
    Parada Não
  • Cenário: a Susana quer transmitir em fluxo um evento desportivo com a duração de duas horas e tenciona utilizar um Evento em Direto com o Live Encoding Standard.

    1. A Susana codifica o Evento em Direto e inicia-o 20 minutos antes de o evento começar. O Evento em Direto fica no estado “A Iniciar” durante 5 minutos.
      • Este período não é faturado à Susana
    2. Depois de iniciar, o Evento em Direto passa para o estado “A Executar”, pronto para receber uma transmissão em fluxo. O Evento em Direto permanece no estado “A Executar” durante 15 minutos.
      • Este período é faturado à Susana
    3. A transmissão do evento começa na hora prevista e dura 2 horas ou 120 minutos.
      • Este período é faturado à Susana
    4. A Susana para a transmissão de vídeo, mas não para o Evento em Direto e deixa-o neste modo durante 5 minutos.
      • Este período é faturado à Susana
    5. Em seguida, a Susana transmite em fluxo um programa que se segue ao jogo durante 30 minutos.
      • Este período é faturado à Susana
    6. Depois do programa que se segue ao jogo, a Susana para imediatamente o Evento em Direto e elimina-o.
      • Este período não é faturado à Susana

    No total, o Evento em Direto permaneceu no estado “A Executar” durante 170 minutos (15 minutos sem transmissão antes do evento + evento de 120 minutos + 5 minutos sem transmissão após o evento + programa de 30 minutos a seguir ao jogo). Os custos são:

    170 Minutos x ~$- = ~$-

  • Ambos os limites do vídeo de entrada têm de estar ajustados à resolução de entrada suportada de cada medidor. Por exemplo, um vídeo de 600 x 481 excede a resolução máxima de 640 x 480 do S1, uma vez que ambos os limites são superiores a 480, pelo que está sujeito à medição S2.

  • Não, pode utilizar o Live Encoding Standard neste caso. É o produto que tem de ter altura e largura igual ou inferior a 1280*720. A faturação será feita apenas com base nas taxas do Live Encoding Standard.
  • O serviço será cobrado com base no tipo de Evento em Direto. Neste caso, pode optar pelo Live Encoding Standard, que será faturado com base nas taxas do Live Encoding Standard, mesmo que a saída de vídeo não seja 1280x720.

    Note que se optar por configurar o Evento em Direto para utilizar o Live Encoding Premium, o serviço será faturado com base nesta taxa.

  • A Transcrição em Direto é-lhe cobrada quando ativa esta funcionalidade enquanto utiliza um Evento em Direto para transmitir, por exemplo, um webinar. É cobrado na sua conta o período de tempo em que o Evento em Direto está no estado Em execução. Os valores possíveis para o estado de um Evento em Direto incluem:

    • Parada. Este é o estado inicial de um Evento em Direto após a sua criação. Neste estado, as propriedades do Evento em Direto podem ser atualizadas, mas a transmissão em fluxo não é permitida.
    • A Iniciar. O Evento em Direto está a ser iniciado. Não são permitidas transmissões em fluxo nem atualizações durante este estado. Caso ocorra um erro, o Evento em Direto volta para o estado "Parado".
    • A Executar. O Evento em Direto é capaz de processar transmissões em direto.
    • A Parar. O Evento em Direto está a ser parado. Não são permitidas transmissões em fluxo nem atualizações durante este estado.
    • A eliminar. O Evento em Direto está a ser eliminado. Não são permitidas transmissões em fluxo nem atualizações durante este estado.

    A tabela seguinte mostra como os estados mapeiam para o modo de faturação.

    Estado do Evento em Direto Foi cobrado?
    A Iniciar Não (estado transitório)
    A Executar Sim
    A Parar Não (estado transitório)
    Parada Não
  • Cenário: a Susana quer transmitir em fluxo um webinar com a duração de duas horas e tenciona utilizar um Evento em Direto com o Live Encoding Standard, com a Transcrição em Direto ativada.

    1. A Susana codifica o Evento em Direto e inicia-o 20 minutos antes de o evento começar. O Evento em Direto fica no estado “A Iniciar” durante 5 minutos.
      • Este período não é faturado à Susana
    2. Depois de iniciar, o Evento em Direto passa para o estado “A Executar”, pronto para receber uma transmissão em fluxo. O Evento em Direto permanece no estado “A Executar” durante 15 minutos.
      • Este período é cobrado à Susana, pelo Live Encoding Standard e pela Transcrição em Direto. A cobrança será feita, independentemente de o feed de áudio incluir ou não linguagem falada neste período.
    3. A transmissão do evento começa na hora prevista e dura 2 horas ou 120 minutos.
      • Este período é cobrado à Susana, pelo Live Encoding Standard e pela Transcrição em Direto
    4. A Susana para a transmissão de vídeo, mas não para o Evento em Direto e deixa-o neste modo durante 5 minutos.
      • Este período é cobrado à Susana, pelo Live Encoding Standard e pela Transcrição em Direto
    5. Em seguida, a Susana transmite uma sessão de Perguntas e Respostas durante 30 minutos.
      • Este período é cobrado à Susana, pelo Live Encoding Standard e pela Transcrição em Direto
    6. Depois da sessão de Perguntas e Respostas, a Susana para imediatamente o Evento em Direto e elimina-o.
      • Este período não é faturado à Susana

    No total, o Evento em Direto permaneceu no estado “A Executar” durante 170 minutos (15 minutos sem transmissão antes do evento + 120 minutos de evento + 5 minutos sem transmissão após o evento + Perguntas e Respostas de 30 minutos). Os custos são: 170 Minutos x ~$- = ~$- (170 Minutos x (Taxa de Live Encoding Standard + Taxa de Transcrição em Direto)

Recursos

Calcule o custo mensal dos serviços Azure

Reveja as perguntas mais frequentes sobre os preços do Azure

Saiba mais sobre o Serviços de Multimédia

Reveja tutoriais técnicos, vídeos e outros recursos

Adicionar à estimativa. Prima "v" para ver na calculadora

Codifique até 100 GB de vídeo.