Ignorar Navegação

Azure no CSP

Como parceiro do Fornecedor de Soluções Cloud (CSP), faça transações nos serviços cloud da Microsoft (por exemplo, Azure, O365, Enterprise Mobility Suite e Dynamics CRM Online) através de uma única plataforma. O CSP permite aos parceiros: serem proprietários totais do ciclo de vida e relações do cliente; definir o preço, os termos e faturar diretamente aos clientes; aprovisionar e gerir subscrições diretamente; acrescentar serviços de valor acrescentado e serem o primeiro ponto de contacto no que respeita ao apoio ao cliente.

Se for um cliente, trabalhe diretamente com o seu parceiro para conceber e implementar uma solução que satisfaça as suas necessidades específicas. Contacte o seu parceiro da Microsoft e conheça todos os benefícios que a cloud pode proporcionar ao seu negócio. Precisa de encontrar um parceiro? Visite a pesquisa de Fornecedores de Soluções da Microsoft para começar já hoje.

A nova oferta do Azure (plano do Azure) no CSP

Se for um novo cliente ou parceiro do CSP da Microsoft, deverá estar ciente de que estamos a convidar todos os novos clientes e parceiros a transacionar a nova oferta do Azure (plano do Azure) no CSP. Apenas os clientes e parceiros existentes que já tenham uma relação de revendedor estabelecida e que juntos tenham uma subscrição da oferta do Azure anterior ativa podem continuar a transacionar as ofertas do Azure anteriores.

Pode saber mais sobre a nova oferta do Azure (plano do Azure), aqui: Introdução: plano do Azure

Veja as perguntas mais frequentes sobre as futuras alterações à disponibilidade da oferta do Azure anterior no CSP, aqui: Alterações à oferta do Azure anterior em relação à disponibilidade no CSP

Datas importantes da oferta do Azure anterior no CSP

Terão lugar três fases de alterações à oferta do Azure anterior. Conforme anunciado em janeiro, a data de início da fase 1 é 21 de julho de 2021. A data de início da fase 2 será 1 de fevereiro de 2022. A data de início da fase 3 ainda não foi definida.

A primeira fase começa a 21 de julho de 2021, data em que as subscrições ativas existentes na oferta do Azure anterior no CSP continuarão a existir, mas em que todos os negócios "net-new" no programa Fornecedor de Soluções Cloud do Azure terão de estar na nova oferta do Azure (plano do Azure).

A segunda fase começa a 1 de fevereiro de 2022, data em que as subscrições da oferta do Azure anterior deixarão de receber incentivos de parceiros e os preços serão definidos de acordo com o preço de revenda estimado (ERP). Apenas as subscrições da nova oferta do Azure (plano do Azure) serão elegíveis para PEC e incentivos.

Regras detalhadas sobre estas alterações

  • Fase 1: a partir de 21 de julho de 2021, todos os negócios "net-new" no programa Fornecedor de Soluções Cloud do Azure estarão na nova oferta do Azure (plano do Azure).

    • Para todas as relações de revendedor existentes entre parceiros e clientes no programa Fornecedor de Soluções Cloud, se o cliente já tiver comprado a oferta do Azure anterior (MS-AZR-0145p), o parceiro poderá continuar a transacionar e o cliente poderá continuar a comprar a oferta do Azure anterior junto desse parceiro.
    • A oferta do Azure anterior deixará de estar disponível para os parceiros "net-new" que façam transações no programa Fornecedor de Soluções Cloud.
    • A oferta do Azure anterior deixará de estar disponível para os clientes "net-new" que comprem através de um parceiro no programa Fornecedor de Soluções Cloud.
    • Para todas as novas relações de revendedor ou novas aquisições de clientes, os parceiros só podem transacionar a nova oferta do Azure (plano do Azure).
    • As políticas da fase 1 também são aplicáveis para a alteração de pedidos do parceiro de canal.
      • A partir de 21 de julho de 2021, estará disponível uma nova ferramenta self-service que permite aos parceiros assumir a propriedade de faturação das subscrições da oferta do Azure anterior de outro parceiro enquanto, ao mesmo tempo, as converte na nova oferta do Azure (plano do Azure).
    • Para todas as relações de revendedor existentes entre parceiros e clientes, se o cliente nunca tiver comprado o Azure, o parceiro só poderá transacionar e o cliente só poderá comprar a nova oferta do Azure junto desse parceiro.
    • Os clientes da Nuvem da Comunidade Governamental (GCC) podem continuar a transacionar a oferta do Azure anterior (MS-AZR-0145p). Estamos a planear a ativação do plano do Azure e de ferramentas de transição da faturação para os clientes da GCC, com atualizações que serão enviadas para todos os parceiros assim que ficarem disponíveis informações adicionais.
    • Os parceiros diretos que estejam a fazer a transição para o CSP Indirect Reseller e a transferir os respetivos clientes para o CSP Indirect Provider estão isentos das alterações da fase 1.
    • Para o Azure Partner Shared Services (APSS MS-AZR-0159p), após a fase 1, não haverá alterações.

    Fase 2: a partir de 1 de fevereiro de 2022, os incentivos serão removidos da oferta do Azure anterior e os preços serão definidos de acordo com o preço de revenda estimado (ERP).

    Para a oferta do Azure anterior no CSP:

    • Os incentivos de parceiros associados à oferta do Azure anterior no CSP serão removidos.
    • O preço da oferta do Azure anterior no CSP será igual ao preço de revenda estimado (ERP) do Azure.

    Para a nova oferta do Azure no CSP (plano do Azure):

    • Os parceiros continuarão a ser elegíveis para ganhar Crédito Ganho por Parceiro na nova oferta do Azure (plano do Azure) no CSP.
    • Os parceiros inscritos nos Microsoft Commerce Incentives (MCI) continuarão a ser elegíveis para os incentivos relacionados com a nova oferta do Azure (plano do Azure) no CSP.
    • Os parceiros com competências Silver em plataforma de cloud serão elegíveis para incentivos adicionais relacionados com a nova oferta do Azure (plano do Azure) no CSP (em vigor a partir de outubro de 2021).

Começar

O CSP permite aos clientes terem uma propriedade total do ciclo de vida e relação dos clientes do Microsoft Azure. Isso significa que os parceiros têm capacidade para gerir vendas, ser proprietários da relação de faturação, fornecer apoio técnico e de faturação e tornarem-se o único ponto de contacto dos clientes. Além disso, o CSP fornece um conjunto completo de ferramentas, incluindo um portal de gestão personalizada e APIs fornecidas para aprovisionar, gerir e fornecer facilmente faturação aos respetivos clientes e subscrições.

Destaques do Programa

Gestão completa do cliente

Os parceiros CSP são o primeiro ponto de contacto para as necessidades dos clientes e o centro da relação com o cliente. Os parceiros conseguem estabelecer relações mais fortes através da gestão da experiência completa.

  • Vendas – Processe serviços com soluções únicas ou de revenda do Azure, ao mesmo tempo que controla os preços, as condições e a faturação.
  • Serviços de valor acrescentado – Os parceiros têm capacidade para otimizar o CSP para adicionar serviços geridos e/ou aplicações de terceiros, além dos serviços do Azure.
  • Aprovisionamento – Aprovisionamento direto de clientes e subscrições e gestão de serviços através de novos portais e respetivas APIs.
  • Gestão – Através de capacidades multi-inquilino, os parceiros têm capacidade para gerir todas as subscrições dos respetivos clientes através de serviços.
  • Faturação – A Microsoft fatura o parceiro diretamente em relação a toda a utilização do cliente. O parceiro, por conseguinte, é proprietário de toda a faturação a jusante com os respetivos clientes.
  • Suporte – Torne-se o suporte da linha da frente para que os clientes deles garantam a continuidade empresarial.

Centro de Parceiros e APIs

O Centro de Parceiros é a experiência de portal que os parceiros de transação do CSP utilizam para aprovisionar novos clientes, encomendar e gerir subscrições e efetuar tarefas de administração em nome dos respetivos clientes. As principais vantagens do novo portal incluem:

  • Fácil de utilizar – O novo portal e as APIs facilitam o aprovisionamento e a gestão dos clientes e das subscrições.
  • Aprovisionar clientes e subscrições – Faça o aprovisionamento de clientes e subscrições num único portal, fácil de utilizar.
  • Administração em nome dos clientes – Faça a gestão das subscrições dos clientes através das capacidades de início de sessão único.
  • Conjunto completo de serviços cloud do CSP – Faça transações de produtos CSP, além do Azure, como indicado em pormenor no Centro de Parceiros.
  • Parceiro multi-canais e multi CSP – As capacidades de multi-canais fornecem aos parceiros a capacidade de aprovisionar subscrições de CSP a um cliente com um inquilino existente, enquanto que as capacidades de multi-parceiros permitem a um cliente trabalhar com vários parceiros CSP para encontrar soluções que melhor se adequam às suas necessidades.
  • Ver faturas – Permite ver as faturas e o histórico de faturação.
  • Acesso e integração de APIs no CSP – Integração com APIs do CSP para gerir clientes e subscrições para incentivar a escala e a eficiência.

Conceitos-chave

Acesso aos controlos do parceiro

Quando uma nova subscrição do Microsoft Azure é criada num inquilino do cliente, é concedido ao parceiro direitos de proprietário nesta subscrição. Porém, o cliente não o é por predefinição. Por conseguinte, o cliente não pode iniciar sessão no Portal de Gestão do Microsoft Azure e criar/iniciar/parar novos serviços do Azure para essa subscrição específica – o parceiro tem de fazê-lo em nome do cliente. O parceiro pode optar por conceder ao cliente direitos de propriedade ou funcionário para subscrição nas definições de subscrição do Portal de Gestão do Microsoft Azure. Um cliente com direitos de propriedade ou funcionário para uma subscrição pode agora iniciar sessão no portal para criar/iniciar/parar novos serviços do Azure ao abrigo dessa subscrição. Para tal, é importante que, quando o cliente tiver permissões de proprietário ou funcionário numa subscrição, possa fazer alterações aos serviços ao abrigo dessa subscrição que alterem potencialmente a utilização de consumo. O parceiro deve ter noção disto e garantir que consegue contratar, gerir, fornecer suporte e faturar o cliente de maneira adequada se o parceiro optar por conceder credenciais administrativas às subscrições. Tenha em atenção que as permissões podem ser também aplicadas a um nível de serviço.

Disponibilidade do serviço

O Azure no CSP foi concebido com base no modelo de implementação do Azure, o Azure Resource Manager (ARM). A maioria dos serviços está disponível através do ARM e, consequentemente, através do Azure no CSP. Uma vez que os serviços estão sempre a mudar de localização para fornecer apoio ao ARM, estes serviços vão estar disponíveis através do CSP. Reveja a lista dos serviços do Azure disponíveis na documentação do CSP do Azure.

É de realçar que as aplicações publicadas por ISVs externos ainda não estão disponíveis para compra através das subscrições do CSP do Azure. No entanto, as imagens gratuitas e Bring Your Own License (BYOL, Traga a sua própria licença) de terceiros estão disponíveis para as subscrições CSP.

Disponibilidade do programa

O programa CSP está disponível para empresas com escritórios nos países/regiões listados aqui, agrupados por mercado. Os parceiros no programa CSP podem vender para outros países dentro do mesmo mercado, mesmo que não tenham um escritório nessas localizações.

Modelo de faturação pay as you go

O Azure no CSP é um serviço pay as you go (crédito pré-pago). Isso significa que os parceiros pagam apenas a utilização dos serviços abrangidos pela subscrição do cliente. Não existem valores de compra mínimos ou compromissos, e as subscrições podem ser canceladas em qualquer altura. Ser-lhe-á solicitado o pagamento de quaisquer taxas por liquidar.

Conteúdo e recursos de CSP

Visualize um conjunto abrangente de conteúdo e recursos que permitem uma gestão e obtenção eficazes e tirar o máximo proveito do programa CSP.

O parceiro fornece suporte

Os parceiros CSP fornecem suporte técnico e de faturação aos revendedores e clientes. Na eventualidade do parceiro CSP solicitar suporte à Microsoft, pode criar um processo através do Centro de Parceiros. Tenha em atenção que os revendedores e clientes não poderão obter suporte diretamente da Microsoft, apenas o parceiro CSP tem esta capacidade.

Modelos de CSP

Estão disponíveis dois modelos do programa CSP para revendedores que trabalham diretamente com clientes comerciais:

  • Fornecedor de Soluções Cloud de 1 camada: Para os parceiros com MSP ou soluções de negócios com capacidade para faturar e suportar os respetivos clientes à escala.
  • Revendedor de 2 camadas: Para os parceiros que pretendem revender os serviços cloud da Microsoft otimizando serviços de faturação, suporte e valor acrescentado do Parceiro de Distribuição em Cloud de 2 camadas.

A Microsoft também reconhece Parceiros de Distribuição em Nuvem de 2 camadas quem recruta, ativa e cria um canal de revendedor na cloud à escala. Esta opção está apenas disponível para parceiros com um histórico comprovado junto da Microsoft e uma reputação por excelência. O critério de seleção é por nomeação.

Para obter mais informações sobre o acordo de parceiros e outros requisitos do programa, veja Documentos de CSP e recursos de aprendizagem.

Termos de Pagamento

Os parceiros são faturados todos os meses em relação a qualquer utilização, de acordo com todas as subscrições dos clientes. Os clientes são faturados pelo respetivo parceiro.

Disponibilidade da Oferta

O Azure no CSP está disponível nos países/regiões listados aqui. Para os parceiros, a moeda é determinada pelo acordo com a Microsoft. Para os clientes, a moeda é determinada pelo acordo com o respetivo parceiro.

Parceiros CSP de 1 camada:

Parceiros CSP de 1 camada:

  • A Microsoft fatura todos os meses ao parceiro CSP toda a utilização gerada relativamente a subscrições do revendedor e do cliente ao abrigo da propriedade do parceiro. Os parceiros recebem uma fatura de todas as despesas e um ficheiro de reconciliação que fornece detalhes adicionais. Estão disponíveis mais informações sobre faturação aqui.
  • Os preços do Azure no CSP são específicos dos serviços consumidos. Os preços detalhados dos serviços do Azure estão disponíveis para parceiros através da página Preços e Ofertas do Centro de Parceiros ou da API RateCard.
  • Os parceiros podem ver o documento Notas de Versão do Azure no CSP publicado na página Preços e Ofertas do Centro de Parceiros, que indica em pormenor a disponibilidade do serviço. Estas podem ser partilhadas com revendedores e clientes.
  • Por predefinição, apenas o parceiro CSP tem acesso à subscrição. Contudo, (grupos ou utilizadores) podem ser adicionados clientes a uma subscrição. Pode encontrar mais informações sobre como gerir o acesso aqui. Em geral, é recomendável que os clientes não sejam adicionados à função de Proprietário, porque esta função concede aos membros o direito de adicionar e remover outros utilizadores.
  • As subscrições podem ser geridas de várias maneiras, incluindo o Portal de Gestão do Microsoft Azure, PowerShell, CLI X-Plat e API REST de Gestão de Recursos.

Revendedores de 2 Camadas que compram através de Distribuidores de CSP:

  • Os distribuidores de CSP são responsáveis pela faturação aos revendedores. Os revendedores devem colaborar com o respetivo distribuidor para compreenderem a faturação.
  • Os distribuidores de CSP são responsáveis pela definição dos preços para os revendedores. Os revendedores devem colaborar com o respetivo distribuidor para compreenderem os preços.
  • A Microsoft publica um documento de Notas de Versão do Azure no CSP, que indica em pormenor a disponibilidade do serviço. Os revendedores devem entrar em contacto com o respetivo distribuidor para compreenderem a disponibilidade do serviço.
  • Obter acesso a uma subscrição do cliente é um processo de duas fases. Primeiro, um revendedor CSP tem de estabelecer uma relação de revendedor com o cliente. Depois de esta relação ser estabelecida, o distribuidor pode adicionar o grupo do revendedor à função adequada na subscrição do cliente.