Para conduzir a excelência em engenharia, a Microsoft está liderando uma mudança cultural nas equipes

Acompanhe a jornada experimental que a equipe do 1ES (One Engineering System) está percorrendo para ajudar as equipes da Microsoft a atingir um alto desempenho.

O desafio: Entender como atingir o alto desempenho

A equipe do 1ES (One Engineering System) da Microsoft foi criada em 2014 para dar mais autonomia aos engenheiros por meio da padronização das melhores ferramentas disponíveis no mercado. Ao longo dos anos, a equipe observou um sucesso significativo ao estabelecer um kit de ferramentas padrão para as equipes de engenharia. Os problemas de controle do código-fonte diminuíram e os tempos de build e a confiabilidade melhoraram. Porém, mesmo com essas melhorias, a equipe do 1ES observou que ainda havia oportunidades para obter uma eficiência ainda maior. Ficou claro que para atingir os resultados desejados, era necessário aumentar o foco além das ferramentas e ampliar o esforço para incluir pessoas e processos. O foco da equipe evoluiu para um novo tipo de desafio: Como promover uma mudança na cultura em uma empresa tão grande e diversa como a Microsoft?

"If you want things to change, you're much better off starting with 'What motivates our internal customers? Why would they want to sign on to this? And how can we best meet them where they're starting from?'"

Cindy Alvarez, gerente de PM principal, 1ES

Abordando a mudança como um percurso experimental

A equipe do 1ES primeiro aprendeu a escutar o que motivava os clientes internos e depois ajustou seus esforços para atingir essas metas. Em seguida, ela aprendeu que, em vez de começar as mudanças com equipes grandes para tentar escalar o mais rápido possível, era mais fácil alcançar o sucesso concentrando-se em vitórias rápidas com equipes médias e motivadas. A observação do sucesso dessas equipes menores cria um efeito viral entre as outras equipes e cria um progresso contínuo e sustentável em toda a empresa. Por fim, a adoção de uma cultura de experimentação e aprendizado contínuo cria a segurança psicológica de que as pessoas precisam para experimentar coisas novas, se expressar e contribuir de maneiras que levam a processos melhores e a um maior desempenho.

O 1ES documentou o processo para compartilhar com outras equipes no guia Cinco etapas para a mudança da cultura: capacitando suas equipes para adaptarem-se e mudarem a maneira como trabalham.

"It's not about size … It's about focusing on quick wins and substantial impact over rolling out substantial change to as many as possible, all at once. Today, we value continuous learning and steady progress over rushing to scale."

Cindy Alvarez, gerente de PM principal, 1ES

Adotando uma abordagem multifacetada para construir a base do sucesso

Para atender a diversidade de necessidades de diferentes equipes e saber o que funciona, o 1ES usa vários modelos de participação. Uma iniciativa insere engenheiros na equipe por até nove meses para promover a mudança cultural de dentro. Em outras situações, há participações de uma ou duas semanas visando vitórias rápidas para criar melhores práticas ou estabelecer uma estrutura para aprimoramentos que mostra o que é "bom" por meio de aconselhamento, orientação e outros serviços. Outra iniciativa é fazer com que os projetos internos funcionem mais como software livre, explorando o potencial dos talentos de engenharia na Microsoft.

Atualmente, o 1ES continua se concentrando na padronização de ferramentas, incluindo o Azure Boards para o acompanhamento do item de trabalho e o Azure Pipelines para a orquestração de builds e implantações, bem como a adoção de outras ferramentas modernas. Juntamente com seu foco na promoção da mudança cultural, os esforços da equipe estão alcançando um sucesso significativo. As equipes com as quais eles trabalharam estão colaborando melhor e entregando mais rapidamente. Talvez o mais importante é que a satisfação do funcionário está melhorando, aumentando em 93% no caso de uma equipe proeminente. Conforme a equipe do 1ES avança, ela continua enfatizando o processo de tentativa e erro e construindo, a cada sucesso, uma cultura de engenharia mais sustentável e colaborativa.

Acompanhe o percurso experimental da equipe e as lições aprendidas ao longo do caminho.

Leia a história completa