A marca de serviço do Grupo de Segurança de Rede para o Backup do Azure já está disponível

Postado em quinta-feira, 16 de maio de 2019

​Os NSGs (Grupos de Segurança de Rede) são amplamente usados para proteger recursos dentro de uma VNet contra várias ameaças relacionadas à segurança, pois bloqueiam a conectividade de saída da Internet. No entanto, fazer backup dos servidores SQL em VMs para o Azure exige conectividade do convidado para o serviço do Backup do Azure, do Armazenamento do Azure e do Azure Active Directory. Para habilitar os backups, os clientes precisam colocar os endereços IP do Azure que devem ser gerenciados em uma lista de permissões.

A marca de serviço do NSG para o Backup do Azure, já disponível, tem o objetivo de facilitar o processo de executar backups em um ambiente bloqueado que usa NSGs. Com isso, agora existe a opção de simplesmente usar a marca "AzureBackup" para permitir acesso de saída ao Backup do Azure para um agente de carga de trabalho (servidor SQL) executado dentro da VM, em vez de gerenciar a lista de permissões dos IPs exigidos. Além do backup do SQL em VMs, a marca de serviço do Backup do Azure também pode ser usada ao fazer backup de VMs bloqueadas com o agente MARS.

A marca de serviço do Backup do Azure está disponível para nuvens públicas e nacionais. No momento, as regras que usam a marca podem ser criadas por meio do PowerShell e da CLI. Para backups em execução, também é necessário o acesso de saída ao Armazenamento do Azure e ao Azure Active Directory e, portanto, as regras apropriadas que contêm as marcas para eles também precisam ser adicionadas junto com ele no Backup do Azure. Para saber mais detalhes sobre a conectividade de rede para fazer backup do SQL nas VMs do Azure, clique aqui

 

Related feedback