Governança de recursos aprimorada para o Azure Analysis Services

Data da publicação: 06 março, 2020

Hoje, estamos anunciando o lançamento de dois aprimoramentos relacionados às opções de governança de memória do Azure Analysis Services. Especificamente, os aprimoramentos melhoram a precisão da propriedade do servidor Memory\QueryMemoryLimit e a propriedade da cadeia de conexão DbpropMsmdRequestMemoryLimit. Apresentamos essas propriedades em junho de 2018 para limitar os spools de memória criados por consultas DAX. Agora, os aprimoramentos abordam também as consultas MDX, portanto, abrangem efetivamente todas as consultas; essas consultas não estão mais limitadas aos spools de memória. Com cobertura completa de consulta e maior precisão, você obtém mais controle sobre o consumo de memória relacionado a consultas caras e pode garantir uma alta qualidade de serviço para todos os usuários que enviam consultas para o servidor do Azure Analysis Services.

A propriedade do servidor Memory\QueryMemoryLimit permite que você controle consultas caras que resultam em uma materialização significativa. Se a consulta atingir o limite especificado por meio dessa propriedade, o Azure Analysis Services a cancelará e retornará um erro ao chamador. Isso ajuda a reduzir o impacto em outros usuários simultâneos do servidor. Na captura de tela abaixo, a propriedade do servidor Memory\QueryMemoryLimit limita o consumo de memória por consulta a 20%. Os valores até 100 referem-se a percentuais; os maiores de 100 estão em bytes; e um valor de 0 significa sem limite. Conforme indicado na captura de tela, verifique se você habilitou a caixa de seleção Mostrar Propriedades Avançadas (Todas) para exibir essa configuração. Para obter mais informações sobre como Azure Analysis Services aloca e desaloca memória, confira o artigo Propriedades de memória na documentação do produto.

propriedades do servidor

Um aplicativo cliente do Azure Analysis Services pode optar por reduzir ainda mais a memória permitida por consulta especificando a propriedade de comando DbpropMsmdRequestMemoryLimit. Conforme documentado em Parâmetros para finalidades especiais no artigo de referência Propriedades da Cadeia de Conexão (Analysis Services) da documentação do produto, você deve especificar o valor DbpropMsmdRequestMemoryLimit em KB (quilobytes). O limite de memória usado será o menor dos dois valores quando ambos forem especificados

Observe que esses aprimoramentos não estão disponíveis na versão 2019 do SQL Server Analysis Services.

  • Analysis Services do Azure
  • Features
  • Services

Produtos relacionados