As APIs REST do Gerenciamento de Serviços de Automação do Azure serão desativadas em 30 de janeiro de 2020

Postado em quinta-feira, 18 de abril de 2019

Estendemos o prazo de desativação até 30 de janeiro de 2020.

As APIs REST do ASM (Gerenciamento de Serviços do Azure) para a Automação do Azure serão desativadas e não terão mais suporte após 30 de janeiro de 2020. O Azure Resource Manager, nossa pilha de infraestrutura de nuvem da próxima geração, substitui totalmente essas APIs e oferece muitos benefícios adicionais, incluindo:

  • Maior segurança com o RBAC (controle de acesso baseado em função)
  • Suporte para agrupamento de recursos e marcações
  • Um processo simplificado de implantação e gerenciamento 

Como isso afetará você:

Se você não tiver certeza se está usando as APIs REST do Gerenciamento de Serviços, verifique o URI mencionado em seu código ou serviço. Se for https://management.core.windows.net, você está usando as APIs REST de Gerenciamento de Serviços e deve migrar para as APIs REST do Resource Manager.

Se você não tiver certeza se está usando os cmdlets do PowerShell do Gerenciamento de Serviços, verifique se o nome do cmdlet inclui AzureRM (por exemplo, Get-AzureRmAutomationAccount) ou Az (por exemplo, Get-AzAutomationAccount). Se não incluir AzureRM ou Az (por exemplo, Get-AzureAutomationAccount), você deverá migrar para os cmdlets do PowerShell do Resource Manager.

Ação necessária:

Migre qualquer API REST de Gerenciamento de Serviços de Automação do Azure e cmdlets do PowerShell para a Automação do Azure para APIs REST do Resource Manager ou os cmdlets do PowerShell mais recentes até 30 de janeiro de 2020, para aproveitar as funcionalidades avançadas e evitar interrupções no serviço.

  • Automação
  • Retirements