O que é Kubernetes?

O Kubernetes é um software open-source de orquestração para a implantação, o gerenciamento e a escala de contêineres

Explicação sobre o Kubernetes

Aplicativos modernos são cada vez mais criados usando contêineres – microsserviços empacotados com suas dependências e configurações. O Kubernetes, ou k8s na forma abreviada, é um software open-source para implantar e gerenciar esses contêineres em escala. Com o Kubernetes, você pode criar, entregar e dimensionar aplicativos em contêiner mais rapidamente.

Explore o Kubernetes com este roteiro de aprendizagem simples

Como o Kubernetes funciona

Conforme os aplicativos crescem para abranger vários contêineres implantados em vários servidores, operá-los torna-se mais complexo. Para gerenciar essa complexidade, o Kubernetes fornece uma API de software livre que controla como e em que local esses contêineres serão executados.

Ele também fornece a capacidade de organizar um cluster de máquinas virtuais e agendar a execução de contêineres nessas máquinas virtuais com base nos recursos de computação disponíveis e nos requisitos de recursos de cada contêiner. Os contêineres são agrupados em pods, a unidade de operações básica para o Kubernetes, que pode ser dimensionada para o estado desejado.

O Kubernetes ajuda a gerenciar a descoberta de serviços, incorporar balanceamento de carga, acompanhar a alocação de recurso, dimensionar com base na utilização de computação, verificar a integridade de recursos individuais e habilitar aplicativos a realizarem o autorreparo reiniciando ou replicando contêineres automaticamente.

Saiba mais sobre as noções básicas do Kubernetes

Como o Kubernetes funciona

Por que usar o Kubernetes?

Implemente ambientes baseados em contêiner de maneira portátil, escalonável e extensível.

Portabilidade

Mover cargas de trabalho em contêiner de computadores de desenvolvimento locais para produção diretamente. Organize os contêineres de modo consistente em ambientes distintos entre infraestrutura local e nuvens híbridas e públicas.

Escalabilidade

Defina aplicativos em contêiner complexos e implante-os globalmente em um cluster de servidores ou mesmo em vários clusters, uma vez que o Kubernetes otimiza os recursos conforme seu estado desejado. Com o escalonador automático interno, o Kubernetes pode escalonar facilmente seu aplicativo de modo horizontal enquanto monitora e mantém automaticamente a integridade do contêiner.

Extensibilidade

Acesse uma coleção ampla e crescente de extensões e plug-ins criados pelos desenvolvedores e empresas que formam a comunidade do Kubernetes. Um serviço do Kubernetes em conformidade permite que você aproveite totalmente essas ofertas da comunidade e adicione funcionalidades como segurança, monitoramento e gerenciamento.

Obtenha agilidade e escala com Kubernetes e DevOps

Conforme os contêineres, os ambientes e as equipes que trabalham com eles se multiplicam, a frequência do lançamento pode aumentar, junto com as complexidades de desenvolvimento e operacional. Migre rapidamente em escala e com segurança aprimorada, empregando o DevOps em ambientes do Kubernetes. Você pode migrar rapidamente em escala com segurança aprimorada.

Entregue código mais rapidamente com CI/CD (integração contínua e implantação contínua)

Embora contêineres forneçam um formato de empacotamento de aplicativo consistente que facilita a colaboração entre equipes de desenvolvimento e de operações, a CI/CD pode acelerar o movimento de código para contêiner e para o cluster do Kubernetes em minutos ao automatizar essas tarefas.

Configurar CI/CD para Kubernetes

Gerencie recursos de modo eficaz com infraestrutura como código

A infraestrutura como código promove consistência e visibilidade de recursos de computação entre equipes, reduzindo a probabilidade de erro humano. Essa prática funciona junto com a natureza declarativa de aplicativos Kubernetes desenvolvidos com Helm. Combinar os dois permite que você defina aplicativos, recursos e configurações de maneira confiável, rastreável e repetível.

Implante o cluster do Kubernetes com o Terraform

Acelere o loop de comentários com monitoramento constante

Contêineres imutáveis, versões frequentes e uma camada de orquestração abstraída tornam a capacidade de observação mais desafiadora e ainda mais crítica. Para reduzir o tempo entre bugs e correções, você precisará de uma exibição completa de seus recursos, cluster, API do Kubernetes, contêineres e código, desde o monitoramento de integridade do contêiner até o registro em log centralizado. Essa exibição ajuda a prevenir gargalos de recursos, rastrear solicitações mal-intencionadas e manter seus aplicativos do Kubernetes íntegros.

Veja como insights de contêiner em tempo real funcionam

Equilibre velocidade e segurança com DevOps

Obtenha capacidade de observação interna em tempo real como parte do fluxo de trabalho de DevOps. Aplique verificações de conformidade e reconfigurações automaticamente para proteger seu build e pipeline de lançamento e seu aplicativo do Kubernetes como resultado.

Veja segurança contínua em ação

Exemplo de fluxo de trabalho de DevOps com Kubernetes

  1. 1Itere, teste e depure rapidamente diferentes partes de um aplicativo juntas no mesmo cluster do Kubernetes.
  2. 2Mescle e realize o check-in de código em um repositório do GitHub para integração contínua. Em seguida, execute builds e testes automatizados como parte de entrega contínua.
  3. 3Verifique a origem e a integridade das imagens de contêiner. As imagens são mantidas em quarentena até serem aprovadas na verificação.
  4. 4Provisione clusters do Kubernetes com ferramentas como o Terraform. Gráficos do Helm instalados pelo Terraform definem o estado desejado dos recursos e configurações do aplicativo.
  5. 5Imponha políticas para reger implantações no cluster do Kubernetes.
  6. 6O pipeline de lançamento executa automaticamente a estratégia de implantação predefinida com cada código.
  7. 7Adicione auditoria de política e remediação automática ao pipeline de CI/CD. Por exemplo, apenas o pipeline de lançamento tem permissão para criar novos pods em seu ambiente do Kubernetes.
  8. 8Habilite telemetria de aplicativo, monitoramento de integridade de contêiner e análise de logs em tempo real.
  9. 9Trate de problemas com insights e informe planos para o próximo sprint.

Desenvolva com base nos pontos fortes do Kubernetes com o Azure

Automatize o provisionamento, a atualização, o monitoramento e a escala com o AKS (Serviço de Kubernetes do Microsoft Azure) totalmente gerenciado. Obtenha o Kubernetes sem servidor (uma experiência de desenvolvimento para produção mais simples) e segurança e governança de nível empresarial.

Saiba mais sobre o AKS

O Kubernetes pertence à comunidade

O Kubernetes foi criado e prospera pelas milhares de pessoas e centenas de corporações que emprestaram sua sabedoria, código e esforço ao projeto. Alcance o sucesso de seu software aproveitando essas contribuições contínuas e fervorosas.

30,000
Colaboradores
150,000
Confirma
Projeto principal
no GitHub

Software livre com compromisso empresarial

Para tornar o Kubernetes mais fácil para as organizações adotarem e mais fácil para os desenvolvedores usarem, a Microsoft triplicou o número de funcionários que participam do projeto de software livre em apenas três anos. Agora a terceira maior colaboradora corporativa, a Microsoft trabalha para tornar o Kubernetes mais fácil de usar e acessível para as empresas trazendo os últimos aprendizados e melhores práticas ao trabalhar com diversos clientes na comunidade do Kubernetes.

Comece a usar o Kubernetes no Azure

Crie um pipeline de CI/CD

Prepare seu aplicativo

Implante para o Kubernetes

Exiba o aplicativo

Etapa 1 de 1

Crie um projeto do Azure DevOps para começar a usar as melhores práticas de CI/CD.

Etapa 1 de 1

Selecione um modelo de aplicativo integrado ou traga seu próprio código.

Em seguida, selecione o Kubernetes como o destino de implantação.

Etapa 1 de 1

Crie um novo cluster do AKS – ou escolha um cluster existente.

Etapa 1 de 1

Quando seu cluster estiver pronto, o Azure DevOps implantará o contêiner para o cluster do AKS. Clique no ponto de extremidade externo para exibir seu aplicativo.

Depois que seu aplicativo estiver ativo, siga os links para ver como você pode modificá-lo.

Perguntas frequentes – Kubernetes

  • O Kubernetes e o Docker funcionam juntos.

    O Docker fornece um padrão aberto para empacotar e distribuir aplicativos em contêiner. Usando o Docker, você pode criar e executar contêineres e armazenar e compartilhar imagens de contêiner.

    O Kubernetes organiza e gerencia os aplicativos distribuídos e em contêiner que o Docker cria. Ele também fornece a infraestrutura necessária para implantar e executar esses aplicativos em um cluster de computadores.

  • Uma implantação do Kubernetes permite que você descreva o estado de implantação desejado de seu aplicativo. O agendador do Kubernetes garante que o estado real corresponda ao estado desejado, além de manter esse estado caso um ou mais pods falhe. Implantações do Kubernetes também permitem que você atualize de modo consistente seus aplicativos sem tempo de inatividade.

    Assista a uma discussão completa sobre esse tópico
  • Implantar para o Kubernetes usando DevOps costuma envolver um repositório como Git para gerenciamento de versão. O repositório serve como o início da linha de CI/CD. Dependendo da abordagem usada, alterações ao repositório disparam atividades de integração, criação, entrega e implantação.

    Veja como o AKS funciona com o Azure DevOps em detalhes
  • O Kubernetes é útil em cenários que vão de mover aplicativos para a nuvem a simplificar os desafios em aprendizado de máquina e IA.

    Os casos de uso incluem:

  • Veja melhores práticas e padrões de arquitetura criados pelos milhares de profissionais técnicos e parceiros que usam o Azure.

  • Siga esta jornada selecionada para começar a aprender sobre Kubernetes.

Recursos

Pronto quando você estiver – avalie o Kubernetes gratuitamente no Azure