Infraestrutura global do Azure

Mais de 60 regiões, mais do que qualquer outro provedor de nuvem

Descubra um novo mundo de infraestrutura de nuvem confiável e sustentável com o Azure

Proteja seus dados com a nuvem confiável

Aproveite a segurança em várias camadas nos datacenters físicos, na infraestrutura e nas operações com o Azure. Ajude a proteger seus ativos e dados de negócios com sistemas de segurança física líderes do setor e com um portfólio abrangente de ofertas de conformidade e de padrões de privacidade.

Saiba mais sobre a nuvem confiável

Alcance suas metas de sustentabilidade

O uso do Microsoft Azure é até 98% mais eficiente em carbono do que um datacenter corporativo tradicional. Junte-se à crescente comunidade de líderes da indústria que estão reduzindo o uso de energia e fazendo a transição para uma rede mais neutra em carbono com o Azure.

Neutra em carbono desde 2012, a Microsoft está comprometida a ser negativa em carbono até 2030. Até 2050, ela se compromete a remover todo o carbono que emitiu desde a sua fundação em 1975. Aproveite as lições aprendidas com o percurso de sustentabilidade da Microsoft e ajude a promover um futuro de baixo carbono enquanto você atinge suas metas de sustentabilidade.

Saiba mais sobre a sustentabilidade do Azure

Execute sistemas críticos com confiança

O Azure fornece uma infraestrutura de nuvem de nível empresarial na qual os clientes e os parceiros podem confiar. Isso inclui tanto elementos físicos, como energia redundante, rede e resfriamento, quanto elementos de software, como processos seguros de implantação, manutenção sem impacto e previsão de falhas habilitada pelo machine learning.

Independentemente de seus objetivos de nível de serviço, o Azure permite que você atinja as metas de confiabilidade de sua organização. Aproveite os recursos internos que ajudam a projetar e operar sistemas críticos com confiança, em cenários de alta disponibilidade, de recuperação de desastre e de backup.

Saiba mais sobre a confiabilidade com a Microsoft

Abrace a infraestrutura do futuro

Saiba como a Microsoft está aprimorando o desempenho, a eficiência, o consumo de energia e os custos dos datacenters do Azure para suas cargas de trabalho de nuvem com inovações de infraestrutura, como datacenters subaquáticos, projetos de resfriamento por imersão em líquido e tecnologias de célula de combustível de hidrogênio.

Para que outras pessoas se beneficiem dessas inovações, o Azure compartilha projetos de infraestrutura de servidor e de datacenter, enfatizando a segurança e a padronização, como parte do Open Compute Project, e promovendo um ecossistema de indústria vibrante para a implantação global de datacenters na nuvem.

Saiba mais sobre como se preparar para o futuro com o Azure
  • A infraestrutura global do Azure é composta por dois componentes principais: a infraestrutura física e os componentes de rede de conexão. O componente físico é composto por mais de 160 datacenters físicos, organizados em regiões, e está vinculado a uma das maiores redes interconectadas do planeta.

    Com a conectividade da rede global do Azure, cada um dos datacenters do Azure fornece alta disponibilidade, baixa latência, escalabilidade e os avanços mais recentes na infraestrutura de nuvem – tudo isso em execução na plataforma do Azure.

    Juntos, esses componentes mantêm os dados completamente dentro da rede confiável da Microsoft e o tráfego IP nunca entra na Internet pública.

  • Os datacenters do Azure são edifícios físicos exclusivos localizados em todo o mundo que abrigam um grupo de servidores de computador em rede.
  • Uma região do Azure é um conjunto de datacenters implantados dentro de um perímetro de latência definida e conectados por meio de uma rede regional dedicada de baixa latência.

    Com mais regiões globais do que qualquer outro provedor de nuvem, o Azure dá aos clientes a flexibilidade para implantar aplicativos no local em que eles precisam. Uma região do Azure tem preços e disponibilidade de serviço distintos.

  • Uma área geográfica do Azure é um mercado discreto, que normalmente contém pelo menos uma ou mais regiões, que preserva os limites de conformidade e de residência de dados. As geografias permitem que os clientes com necessidades de conformidade e de residência de dados específicas mantenham seus dados e aplicativos próximos. As geografias são tolerantes a falhas para resistir a falhas completas da região, por meio da sua conexão com a infraestrutura de rede dedicada e de alta capacidade do Azure.
  • As Zonas de Disponibilidade do Azure são localizações físicas exclusivas dentro de uma região do Azure e oferecem alta disponibilidade para proteger os seus aplicativos e dados contra falhas do datacenter. Cada zona é composta por um ou mais datacenters equipados com energia, resfriamento e rede independentes.

    A separação física das zonas de disponibilidade dentro de uma região protege os aplicativos e os dados contra problemas de nível de instalações. Os serviços com redundância de zona replicam os aplicativos e os dados entre Zonas de Disponibilidade do Azure para proteger dos pontos únicos de falha.

  • A rede global do Azure refere-se a todos os componentes na rede e é composta pela WAN (rede de longa distância) global da Microsoft, pontos de presença (PoPs), fibra, entre outros.
  • Os Azure Edge Zones são extensões de volume do Azure, colocadas em áreas densamente populadas. Os Azure Edge Zones dão suporte a VMs (máquinas virtuais), contêineres e um conjunto selecionado de serviços do Azure que permitem que você execute aplicativos com intensidade de taxa de transferência e sensíveis à latência próximos aos seus usuários finais.

    Os Azure Edge Zones fazem parte da rede global da Microsoft e oferecem conectividade segura, confiável e de alta largura de banda entre os aplicativos que estão em execução no Azure Edge Zone (perto do usuário), e um conjunto completo de serviços do Azure em execução nas regiões maiores do Azure.

  • A WAN (rede de longa distância) global da Microsoft conecta centenas de datacenters em regiões de todo o mundo e oferece alta disponibilidade e capacidade. Com a flexibilidade de responder imediatamente a picos de demanda imprevisíveis, a WAN global é crítica para o fornecimento de uma excelente experiência de serviço de nuvem.
  • Um ponto de presença do Azure, geralmente abreviado como PoP, é um ponto de acesso ou uma localização física na qual o tráfego pode entrar ou sair da rede global da Microsoft.
  • Os gateways de rede regionais são interconexões de datacenter de hiperescala massivamente paralelas entre datacenters em uma região, sem a necessidade de colocar cada datacenter individual em rede com os outros em uma região.

    Isso garante que os problemas de conexão em um datacenter não causem problemas na região mais ampla. Isso também permite a adição de novos datacenters sem a necessidade de rotear conexões de rede diretas para cada datacenter existente.

Aprimore o desempenho com menos latência

Saiba como o Azure e sua infraestrutura de rede global estão investindo em infraestrutura rápida e distribuída para praticamente eliminar as preocupações com latência, uma das principais barreiras de desempenho para aplicativos modernos, dispositivos conectados e serviços móveis.

Explore o acesso de ultra baixa latência para seus grandes requisitos de dados e de conectividade com os Azure Edge Zones, fornecendo computação, armazenamento e serviços, como contêineres na borda.

Estamos prontos para começar – vamos configurar uma conta gratuita