FAQ do Q&A Maker

  • A ferramenta QnA Maker destina-se principalmente a fornecer uma origem de dados de FAQ que pode consultar a partir do seu Bot/Aplicação. Embora esta ferramenta seja muito útil para os programadores, os proprietários de conteúdos serão quem mais irá beneficiar da mesma. O QnA Maker é uma forma completamente sem código que permite gerir o conteúdo que otimiza o seu Bot/Aplicação.
  • Pode iniciar sessão com a sua conta Microsoft.
  • Sim, atualmente, a ferramenta QnA Maker é gratuita. No entanto, limitamos a utilização por conta. Veja a secção Chaves de Subscrição da documentação para obter mais informações.
  • É possível que a ferramenta não consiga extrair QnA automaticamente a partir de URLs de FAQ válidos. Quando assim é, pode optar por copiar-colar o conteúdo de QnA num ficheiro txt e tentar ingeri-lo. Como alternativa, pode sempre adicionar conteúdo de forma editorial à sua base de dados de conhecimento.
  • Suportamos dois formatos de ficheiros para ingestão.

    1. .tsv: QnA contido no formato Pergunta-Resposta
    2. .txt, .docx, .pdf: QnA contido como conteúdo FAQ normal, isto é, uma sequência de perguntas e respostas.
  • De momento, o limite da base de dados de conhecimento é de 20 MB.
  • Todas as operações de edição, na atualização da Tabela, no Teste ou nas Definições, têm de ser guardadas antes de poderem ser publicadas. Certifique-se de que prime o botão Guardar e reparametrizar após cada operação de edição.
  • Atualmente, a ferramenta QnA Maker processa conteúdo semi-estruturado. O objetivo final é conseguir responder a perguntas também a partir de conteúdo não estruturado.
  • Não, não precisa. No entanto, o QnA Maker é disponibilizado como um de vários modelos do Azure Bot Service, o que permite o desenvolvimento rápido de bots inteligentes com tecnologia do Microsoft Bot Framework e a execução num ambiente sem servidor. Os bots dimensionam com base nas necessidades. Pague apenas os recursos que consumir.
  • O formato no qual o carregamento espera o ficheiro é o de colunas separadas por tabulação de Pergunta, Resposta e Origem.
  • Deve atualizar as chaves de subscrição caso suspeite que as mesmas foram comprometidas. Todos os pedidos realizados com a sua chave de subscrição serão contabilizados na quota.
  • Todos os conteúdos da base de dados de conhecimento são armazenados no armazenamento do Azure pela ferramenta QnA Maker. Precisa da combinação do ID da base de dados de conhecimento e da chave da subscrição para aceder à base de dados de conhecimento. A ferramenta não utiliza os conteúdos da base de dados de conhecimento para qualquer outra finalidade.
  • A base de dados de conhecimento suporta Markdown. No entanto, a extração automática a partir dos URLs tem uma capacidade de conversão de HTML para Markdown limitada. Se quiser utilizar o Markdown completo, pode modificar o seu conteúdo diretamente na Tabela ou carregar uma BDC com o conteúdo avançado.
  • A ferramenta QnA Maker ingere e faz a correspondência de dados na codificação UTF-16. Isto significa que todos os idiomas são compatíveis. Desta forma, apenas realizámos testes aprofundados à relevância do serviço para EN.
  • No novo Serviço, deixámos de ter o URL de teste, isto porque, como parte dos serviços cognitivos, todas as chamadas estão a ser limitadas. Como o URL expõe a chave da subscrição e o ID da BDC, trata-se de um risco de segurança. No entanto, continua a ser muito simples comunicar com a sua BDC e partilhá-la. Consulte os Modelos do Azure Bot do Bot de Perguntas e Respostas. Pode ativar o Bot QnA no Skype com alguns cliques e, e seguida, partilhá-lo com quem quiser.
  • Siga os passos seguintes para incorporar o serviço QnA Maker como um controlo de chat na Web no seu site:

  • Os registos de chat são ficheiros separados por tabulação, com a consulta e a frequência como colunas. A frequência é o número de vezes que a mesma consulta foi vista. O ficheiro é ordenado por ordem descendente de frequência. Selecione as perguntas do ficheiro transferido que quer testar e, em seguida, carregue-o para ver as respostas que o sistema devolveu.