A faturação da Rede de Entrega de Conteúdos inclui pedidos enviados para o Armazenamento do Azure para obter dados, bem como as transferências de dados do Armazenamento para a localização da Rede de Entrega de Conteúdos?

Não. Quando a Rede de Entrega de Conteúdos recebe um pedido relativamente a um objeto que não se encontra numa localização de extremidade, faz um pedido ao Armazenamento do Azure para obter os dados. O custo de leitura dos dados do Armazenamento e da transferência dos dados do Armazenamento para a Rede de Entrega de Conteúdos baseia-se numa faturação regular do Armazenamento e da Transferência de Dados.

Rede de Entrega de Conteúdos

Perguntas e respostas relacionadas

  • A disponibilidade do conteúdo nas caches locais da Rede de Entrega de Conteúdos (muitas vezes chamada "eficácia em cache" ou "descarga") é influenciada por vários fatores, incluindo:

    • Expiração dos valores de cabeçalho ("duração máx.")
    • Tamanho total global da biblioteca de conteúdo do programador (que quantidade poderia ser colocada em cache)
    • Conjunto de trabalho ativo (a atualmente em cache)
    • Tráfego (que quantidade está a ser servida)
    • Fluxo de cache (a frequência com que os objetos estão a ser adicionados à cache ou a aproximar-se da data limite) Por exemplo, um programador com um grande fluxo de dados e tráfego elevado tem menos eficácia em cache do que outros utilizadores, dado que os objetos são ativados e desativados mais frequentemente. Isto leva a custos mais elevados de Armazenamento e de Transferência de Dados, uma vez que são necessários mais pedidos à origem. Para reduzir a necessidade de fazer pedidos à origem, pode fazer cabeçalhos com uma maior duração máxima, o que permite à Rede de Entrega de Conteúdos suportar objetos durante mais tempo.
  • Não. O datacenter é selecionado com base nas configurações de rede do utilizador final, não podendo ser controlado pelo programador. Os utilizadores podem ser servidos pelas localizações preferidas dos respetivos ISP, ou pelos nós que estejam "mais perto" de um modo lógico, não necessariamente em proximidade física.

  • Os preços da transferência de dados da Rede de Entrega de Conteúdos baseiam-se na localização do nó a partir do qual as transferências são enviadas e não na localização do utilizador final. As áreas geográficas seguintes correspondem às zonas da Rede de Entrega de Conteúdos do Azure indicadas acima. Para obter uma lista detalhada das localizações dos nós, veja a documentação relativa às Localizações de Pontos de Presença (PoP).

    • Zona 1—América do Norte, Europa, Médio Oriente e África
    • Zona 2—Ásia-Pacífico (incluindo Japão)
    • Zona 3—América do Sul
    • Zona 4—Austrália
    • Zona 5—Índia
  • As geografias servidas por zonas da Rede de Entrega de Conteúdos já existentes são abrangidas por um preço.