Um subscritor do Visual Studio pode executar o software licenciado ao abrigo do MSDN em Máquinas Virtuais do Azure?

Sim, todos os subscritores existentes do Visual Studio que tenham ativado as suas subscrições podem executar grande parte do software licenciado ao abrigo do MSDN em Máquinas Virtuais do Azure, assegurando uma maior flexibilidade para o desenvolvimento e teste das suas aplicações. Este direito de utilização na cloud aplica-se a qualquer software incluído na subscrição do MSDN, com exceção do Cliente Windows e do Windows Server. Os subscritores do Visual Studio podem executar o Windows Server em Máquinas Virtuais do Azure, mas uma vez que tal não está incluído como parte dos direitos de utilização da cloud, será cobrada aos subscritores a tarifa das Máquinas Virtuais do Windows Server. Os subscritores do Visual Studio só podem executar Máquinas Virtuais do Cliente Windows na subscrição de benefícios do Azure MSDN ou na subscrição MSDN de Programação e Teste " Pay-As-You-Go". Consulte o documento técnico do licenciamento do Visual Studio e MSDN para obter mais informações sobre os direitos de utilização na cloud. Para além deste novo direito de utilização para subscritores do Visual Studio, atualizámos o benefício do Azure MSDN para conceder aos subscritores do MSDN um crédito mensal de utilização em serviços do Azure e tarifas reduzidas para a execução de Máquinas Virtuais do Windows Server.

Perguntas e respostas relacionadas

  • Afeganistão, África do Sul, Albânia, Alemanha, Angola, Antígua e Barbuda, Arábia Saudita, Argélia, Argentina, Arménia, Austrália, Áustria, Azerbaijão, Bangladeche, Barém, Bélgica, Benim, Bielorrússia, Bolívia, Bósnia e Herzegovina, Botsuana, Brasil, Bulgária, Burkina Faso, Burundi, Camarões, Camboja, Canadá, Catar, Cazaquistão, Chade, Chile, Chipre, Colômbia, Comores, Congo, Congo (DRC), Coreia (do Sul), Costa do Marfim (Côte d’Ivoire), Costa Rica, Croácia, Dinamarca, Dominica, Egito, El Salvador, Emirados Árabes Unidos, Equador, Eritreia, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estados Unidos da América, Estónia, Etiópia, Filipinas, Finlândia, França, Gana, Geórgia, Grécia, Guatemala, Guiné, Haiti, Honduras, Hong Kong SAR, Hungria, Ilhas Fiji, Índia, Indonésia, Iraque, Irlanda, Islândia, Israel, Itália, Jamaica, Japão, Jordânia, Kuwait, Laos, Letónia, Líbano, Libéria, Listenstaine, Lituânia, Luxemburgo, Madagáscar, Malawi, Malásia, Mali, Malta, Marrocos, Maurícias, México, Moçambique, Mónaco, Mongólia, Montenegro, Nepal, Nicarágua, Níger, Nigéria, Noruega, Nova Zelândia, Omã, Países Baixos, Panamá, Paquistão, Paraguai, Peru, Polónia, Portugal, Quénia, Reino Unido, República Centro-Africana, República Checa, República Dominicana, Roménia, Rússia, Ruanda, Senegal, Serra Leoa, Sérvia, Singapura, Somália, Sri Lanca, Suécia, Suíça, Tailândia, Tajiquistão, Tanzânia, Timor-Leste, Togo, Tonga, Trindade e Tobago, Turquemenistão, Tunísia, Turquia, Ucrânia, Uganda, Uruguai, Usbequistão, Venezuela, Vietname, Zâmbia e Zimbabué.

  • Visite o a loja baseada na web Azure Marketplace e navegue pela variedade de aplicações e soluções de qualidade empresarial que estão certificadas e otimizadas para executar no Azure. O Azure Marketplace também pode ser acedido através do Portal de Gestão do Azure em "Criar um Recurso". Clique aqui para saber mais.

  • O Azure Marketplace é um ponto de partida de atividades conjuntas de Go-To-Market com a Microsoft e uma porta para uma parceria Co-sell Ready. Todas as novas listagens no Azure Marketplace recebem automaticamente um conjunto de benefícios sem custos de Go-to-Market para ajudar a aumentar a perceção da sua oferta no nosso ecossistema de clientes. Os benefícios de GTM entregam variadas atividades de co-marketing e co-venda concebidas para tirar partido da nossa marca, canais e ecossistema para ajudar os parceiros a aumentar a perceção da sua solução e gerar vendas. Não é necessária uma ação pelo parceiro. Logo que uma oferta seja publicada, a nossa equipa GTM entra em contacto com o parceiro para iniciar a entrega. Para mais informações sobre os nossos benefícios de GTM e formas de fazer crescer o seu negócio no marketplace, visite aqui.

  • Os publicadores do Azure Marketplace deve oferecer software direcionado a Profissionais de TI ou Programadores da Cloud e que possam ser utilizados para criar uma aplicação no Azure. Os publicadores devem também fornecer ao cliente um Contrato de Nível de Serviço, política de privacidade, bem como suporte online e por telefone. Várias cargas de trabalho têm requisitos adicionais. Consulte as Políticas de Participação do Azure Marketplace e o Guia do Publicador para mais diretrizes.

  • Os clientes com contrato EA Indirect devem contactar o respetivo Fornecedor de Soluções de Licenciamento (LSP) a propósito de quaisquer dúvidas relacionadas com preços do Azure Marketplace.

  • Os clientes do MOSP, Programa de Subscrições Online da Microsoft, (ou seja, Web Direct) podem ver os detalhes da subscrição do Marketplace no menu "Marketplace" do portal de faturação do Azure. Os clientes que compraram Máquinas Virtuais no Marketplace podem ver a estimativa de custos acumulados no portal de gestão do Microsoft Azure. Os clientes com contrato Enterprise Agreement (EA) podem ver os detalhes da subscrição do Marketplace no separador "Azure Marketplace" na vista de gestão de faturação e contas do portal Enterprise. Nota: os clientes com contrato EA Indirect veem apenas informações relacionadas com a oferta e a utilização. O portal Enterprise não disponibiliza detalhes de preço.