Preços de SQL Server Stretch Database

Estique de forma dinâmica bases de dados SQL Server no Azure

Com o SQL Server Stretch Database, pode esticar dinamicamente dados transacionais muito ou pouco acedidos do Microsoft SQL Server para o Azure. Ao contrário das típicas soluções de gestão de dados pouco acedidos, com o Stretch Database, os seus dados estão sempre à mão. O Stretch Database permite fornecer tempos de retenção mais longos para grandes quantidades de dados sem aumentar o armazenamento empresarial. Consoante os seus requisitos de desempenho, escolha um nível de desempenho e, em seguida, aumente ou diminua verticalmente, conforme necessário.

Detalhes dos preços

O Stretch Database fatura a Computação e o Armazenamento separadamente. A utilização de computação é representada pela DSU (Unidade de Database Stretch) e os clientes podem aumentar e diminuir o nível de desempenho/número de DSUs de que necessitam em qualquer altura.

Os preços abaixo refletem os preços de disponibilidade geral, em vigor desde 1 de setembro de 2016.

Computação

Nível de Desempenho (DSU) Preço
100 $-
200 $-
300 $-
400 $-
500 $-
600 $-
1000 $-
1200 $-
1500 $-
2000 $-

Os tamanhos de base de dados estão limitados a 240 TB.

As estimativas de preços mensais são baseadas em 744 horas por mês num nível de DSU constante.

O Stretch DB está disponível em geral em todas as regiões, exceto no Sul da Índia, no Norte da China, no Sul do Brasil, no E.U.A Centro-Norte, na Índia Ocidental, na Austrália, no Japão e no Gov (US).

Taxa de Transferência de Dados de Saída

As transferências de dados de saída são cobradas às tarifas normais da transferência de dados.

Armazenamento de Dados e Instantâneos

O armazenamento de dados é cobrado com base em $-/GB/mês. O armazenamento de dados inclui o tamanho da sua DB do Stretch e dos instantâneos de cópia de segurança. Todas as bases de dados têm sete dias de instantâneos de cópia de segurança adicional.

Nota: as transações de armazenamento não são cobradas. Paga apenas pelos dados armazenados, e não por transações de armazenamento.

Cópia de Segurança Geo

Também pode optar por fazer uma cópia georredundante da sua Stretch database para a recuperação após desastre. O armazenamento para cópias georredundantes é cobrada às tarifas RA-GRS de Disco Standard do Azure de $-/GB/mês.

Suporte e SLA

  • Faturação gratuita e suporte à gestão da subscrição.
  • Planos de apoio flexíveis a partir de $29.0/ mês. Encontre um plano
  • Tempo de atividade de 99,99 % garantido. Mais informações

FAQ

  • O Stretch Database é uma funcionalidade do SQL Server 2016. Está disponível em todas as edições do SQL Server 2016. Para saber mais sobre o Stretch Database, consulte Descrição geral do SQL Server 2016 Stretch Database.

  • Pode ajustar o nível de desempenho do Stretch Database. A alteração dos níveis de desempenho demora apenas alguns minutos e as bases de dados estão online e disponíveis durante a alteração.
  • Uma Unidade Stretch do SQL Stretch Database (DSU) representa o poder de consulta e é quantificada por objetivos de carga de trabalho: rapidez com que as linhas são escritas, lidas e analisadas. Esta medida ajuda os clientes a avaliar o nível relativo de desempenho que é necessário para a sua carga de trabalho.

  • A sua fatura incluirá uma taxa mensal previsível para o armazenamento e uma taxa variável pela computação. A computação pode variar mensalmente, dependendo da quantidade de recursos de computação (DSUs) consumidos. O armazenamento e a computação aparecem em separado na fatura para que seja mais fácil ver qual o nível de recursos de computação consumidos.

  • É-lhe cobrada cada hora de existência do Stretch Database, independentemente da atividade ou se a base de dados esteve ativa menos de uma hora. Por exemplo, se criar um Stretch Database e o eliminar passados cinco minutos, a fatura refletirá um custo de 1 hora de base de dados de computação e o armazenamento utilizado da mesma. Se eliminar uma base de dados e, em seguida, criar outra com o mesmo nome, a fatura refletirá um custo para duas bases de dados diferentes (custos de computação e armazenamento) nessa hora.

  • As DSUs são cobradas por hora de acordo com o nível mais alto de desempenho aplicado em cada hora. Se criar um Stretch Database com 100 DSUs e, em seguida, dimensioná-lo imediatamente até 400 DSUs, será cobrada uma tarifa de computação de 400 DSUs pela primeira hora.

  • Pode ajustar o nível de desempenho do Stretch Database. A alteração dos níveis de desempenho demora apenas alguns minutos e as bases de dados estão online e disponíveis durante a alteração.

  • Pode esticar até 240 TB de dados com o Stretch Database.

  • Pode mover novamente os seus dados para o ambiente no local em qualquer altura. Se decidir anular a subscrição do Stretch Database, tem de mover os dados novamente para o local através da anulação do dimensionamento ou da exportação para um serviço de armazenamento para reter o acesso aos dados. Nota: aplicam-se custos de saída nos dados que saem do Azure. Para mais informações sobre a anulação do dimensionamento ou a exportação de dados, consulte a documentação do SQL Server 2016 Stretch Database.

  • Consumirá aproximadamente a mesma quantidade de armazenamento no Stretch Database que consome atualmente no SQL Server, uma vez que os dados armazenados originalmente no SQL Server são movidos para o Stretch Database. A ferramenta de aconselhamento do Stretch Database pode ajudá-lo a estimar as suas necessidades de armazenamento. Consulte a documentação para obter detalhes sobre a utilização da ferramenta de aconselhamento de cargas de trabalho.

  • Atualmente, o Stretch Database não permite esticar para outro SQL Server. Não pode esticar uma base de dados do SQL Server para outra base de dados do SQL Server. Se pretender esticar a sua base de dados/tabela do SQL Server para outro SQL Server em vez do Stretch Database, forneça feedback detalhado aqui.

  • A atualização direta não é suportada. Se precisar de manter os dados já dimensionados para o Azure, terá de migrar primeiro os dados do Azure para a sua base de dados do SQL Server. Após a conclusão, pode atualizar e voltar a dimensionar para o novo serviço Stretch Database. Tenha em atenção que a anulação da migração dos dados do Azure terá custos de saída de dados. Se utilizar o RC1 ou posterior, pode atualizar para uma versão mais recente através de qualquer um dos métodos de atualização suportados pelo SQL Server.

  • Primeiro, tem de reverter a migração dos dados do Azure novamente para a base de dados do SQL Server. Após a conclusão, pode atualizar e voltar a dimensionar para o novo serviço Stretch Database. Tenha em atenção que a anulação da migração dos dados do Azure terá custos de saída de dados.

Recursos

Calculadora

Calcule o custo mensal dos serviços Azure

FAQ sobre Compras

Reveja as perguntas mais frequentes sobre os preços do Azure

Detalhes do produto

Obter mais informações sobre SQL Server Stretch Database

Documentação

Consulte tutoriais técnicos, vídeos e outros recursos

Inscreva-se agora e receba $200 em créditos do Azure

Comece já