O que são clouds públicas, privadas e híbridas?

Introdução às opções de implementação do serviço cloud

Computação na cloud híbrida

Uma cloud híbrida é um tipo de computação na cloud que combina infraestrutura no local, ou uma cloud privada, com uma cloud pública. As clouds híbridas permitem que os dados e as aplicações se movam entre os dois ambientes.

Muitas organizações escolhem uma abordagem de cloud híbrida devido a imperativos empresariais, como cumprir os requisitos regulamentares e de soberania de dados, tirar o máximo partido dos investimentos de tecnologia no local ou lidar com problemas de baixa latência.

A cloud híbrida está a evoluir para incluir também cargas de trabalho edge. A computação edge traz a potência de computação da cloud para os dispositivos IoT, mais perto de onde residem os dados. Ao mover as cargas de trabalho para o edge, os dispositivos gastam menos tempo a comunicar com a cloud, reduzem a latência e podem até mesmo operar de forma fiável em períodos offline prolongados.

Os benefícios de uma plataforma de cloud híbrida

Uma plataforma de cloud híbrida dá às organizações muitas vantagens, como maior flexibilidade, mais opções de implementação, segurança, conformidade e obtenção de mais valor a partir da infraestrutura existente. Quando a procura de recursos informáticos e processamento flutua, a computação na cloud híbrida proporciona às empresas a capacidade de dimensionarem facilmente a infraestrutura no local para a cloud pública, para suportar qualquer capacidade excedida, sem fornecer acesso a datacenters de terceiros à totalidade dos dados. As organizações obtêm a flexibilidade e a inovação que a cloud pública fornece ao executarem determinadas cargas de trabalho na cloud, ao manter os dados altamente confidenciais no seu próprio datacenter para satisfazer as necessidades do cliente ou os requisitos regulamentares.

Não só permite às empresas dimensionar os recursos informáticos, como também elimina a necessidade de gastos excessivos de capital para lidar com picos de procura a curto prazo, bem como quando a empresa precisa de libertar recursos locais para dados ou aplicações mais sensíveis. As empresas irão pagar apenas pelos recursos que utilizam temporariamente, em vez de terem de comprar, programar e manter recursos e equipamentos adicionais que poderiam ficar inativos durante longos períodos.

Vantagens da cloud híbrida:

  • Controlo — a sua organização pode manter uma infraestrutura privada para recursos confidenciais ou cargas de trabalho que requerem baixa latência.
  • Flexibilidade — pode tirar partido de recursos adicionais na cloud pública quando precisar deles.
  • Relação custo-eficácia — com a capacidade de dimensionar para a cloud pública, só paga pelo poder de computação adicional quando necessário.
  • Facilidade — fazer a transição para a cloud não tem de ser complicado, pois pode migrar gradualmente ao fasear as cargas de trabalho ao longo do tempo.

Tem de compreender as suas opções de implementação: cloud pública, privada ou híbrida?

Não existe nenhum tipo de computação na cloud adequado para todos. Vários modelos, tipos e serviços de computação na cloud diferentes evoluíram para satisfazer as necessidades de tecnologia em rápida mudança das organizações.

Existem três formas diferentes de implementar serviços cloud: numa cloud pública, cloud privada ou cloud híbrida. O método de implementação depende das suas necessidades empresariais.

O que são é uma cloud pública?

As clouds públicas são o tipo mais comum de implementação da computação na cloud. Os recursos da cloud (como servidores e armazenamento) são detidos e operados por um fornecedor de serviços cloud externo e disponibilizados através da Internet. Nas clouds públicas, o hardware, o software e as outras infraestruturas de apoio são detidos e geridos pelo fornecedor de cloud. O Microsoft Azure é um exemplo de cloud pública.

Numa cloud pública, partilha o mesmo hardware, armazenamento e dispositivos de rede com outras organizações ou "inquilinos" da cloud. Além disso, acede aos serviços e gere a sua conta com um browser. As implementações na cloud pública são, muitas vezes, utilizadas para fornecer e-mail baseado em Web, aplicações do Office online, armazenamento e ambientes de teste e desenvolvimento.

Vantagens das clouds públicas:

  • Custos mais baixos — sem necessidade de comprar hardware ou software e só paga pelo serviço que utilizar.
  • Sem manutenção — o seu fornecedor de serviços disponibiliza a manutenção.
  • Escalabilidade quase ilimitada — estão disponíveis recursos a pedido para corresponder às suas necessidades empresariais.
  • Alta fiabilidade — uma rede ampla de servidores protege contra falhas.

O que é uma cloud privada?

Uma cloud privada consiste nos recursos informáticos utilizados exclusivamente por uma empresa ou organização. A cloud privada pode estar fisicamente localizada no datacenter no local da sua organização ou pode ser alojada por um fornecedor de serviços externo. No entanto, numa cloud privada os serviços e a infraestrutura são sempre mantidos numa rede privada, e o hardware e software são dedicados exclusivamente à sua organização.

Desta forma, uma cloud privada pode tornar mais fácil a uma organização personalizar os respetivos recursos para corresponder a requisitos de TI específicos. As clouds privadas são, muitas vezes, utilizadas por agências governamentais, instituições financeiras e outras organizações médias a grandes com operações críticas para a empresa e que procuram um controlo melhorado do ambiente.

Vantagens de uma cloud privada:

  • Mais flexibilidade — a sua organização pode personalizar o ambiente na cloud para corresponder a necessidades empresariais específicas.
  • Mais controlo — os recursos não são partilhados com outros; por conseguinte, é possível obter níveis mais elevados de controlo e privacidade.
  • Mais escalabilidade — as clouds privadas oferecem geralmente mais escalabilidade em comparação com uma infraestrutura no local.

Perguntas mais frequentes

  • Alguns exemplos práticos da cloud híbrida em ação:

    • Muitos clientes tiram partido da cloud híbrida para alcançar uma escala global, maior fiabilidade, segurança ativada por IA e poupança de custos oferecida pela cloud pública. Em setores altamente regulamentados, os requisitos de residência dos dados podem exigir que determinados conjuntos de dados devam ser mantidos localmente, enquanto outras cargas de trabalho podem residir na cloud pública.
    • Se uma aplicação residir no local ou numa cloud privada, picos repentinos na procura podem sobrecarregar a capacidade, tais como eventos de temporada, como compras online ou submissão de declarações de impostos. Quando a procura atinge o pico, as organizações podem aproveitar os recursos informáticos adicionais na cloud pública, por vezes chamados de "expansão da cloud", em que o ambiente de cloud híbrida permite que a infraestrutura no local "se expanda" para a cloud pública.
  • A maioria dos serviços de computação na cloud inserem-se em quatro amplas categorias: infraestrutura como serviço (IaaS), plataforma como serviço (PaaS), sem servidor e software como serviço (SaaS). Por vezes, estas categorias são denominadas "pilha" de computação na cloud, porque são criadas umas por cima das outras.

    Explore um dicionário de termos comuns da computação na cloud

  • Trata-se da categoria mais básica dos serviços de computação na cloud. Com IaaS, a infraestrutura de TI é alugada — servidores e máquinas virtuais (VMs), armazenamento, redes e sistemas operativos — junto de um fornecedor de cloud num modelo pay as you go.

    Saiba mais sobre IaaS

  • Plataforma como serviço refere-se aos serviços de computação na cloud que fornecem um ambiente a pedido para desenvolver, testar, fornecer e gerir aplicações de software. A categoria PaaS foi concebida para permitir aos programadores criar rapidamente aplicações Web ou móveis, sem que tenham de se preocupar com configurar ou gerir a infraestrutura subjacente de servidores, armazenamento, rede e bases de dados necessários para o desenvolvimento.

    Saiba mais sobre o PaaS

  • Ao sobrepor-se a PaaS, a computação sem servidor concentra-se na criação da funcionalidade das aplicações sem perder tempo na gestão contínua dos servidores e da infraestrutura necessários para essa criação. O fornecedor de cloud trata da configuração, do planeamento e da gestão de servidores por si. As arquiteturas sem servidor são altamente dimensionáveis e orientadas para eventos e utilizam apenas os recursos quando ocorre uma função ou um acionador específico.

    Saiba mais sobre a computação sem servidor

  • Software como serviço é um método para fornecer aplicações de software através da Internet, a pedido e, geralmente, segundo um modelo de subscrição. Com SaaS, os fornecedores de cloud alojam e gerem a aplicação de software e a infraestrutura subjacente e incumbem-se de toda a manutenção, como atualizações de software e aplicação de patches de segurança. Os utilizadores ligam-se à aplicação através da Internet, normalmente com um browser no telemóvel, no tablet ou no computador.

    Saiba mais sobre o SaaS

  • Ao sobrepor-se a PaaS, a computação sem servidor concentra-se na criação da funcionalidade das aplicações sem perder tempo na gestão contínua dos servidores e da infraestrutura necessários para essa criação. O fornecedor de cloud trata da configuração, do planeamento e da gestão de servidores por si. As arquiteturas sem servidor são altamente dimensionáveis e orientadas para eventos e utilizam apenas os recursos quando ocorre uma função ou um acionador específico.

    Saiba mais sobre a computação sem servidor

  • O Azure híbrido está relacionado com a flexibilidade e a escolha, por isso, o que quer que escolha está correto.

Comece por criar soluções cloud híbridas no Azure

Encontre uma abordagem abrangente que se adapta ao seu próprio cenário no local, em múltiplas clouds e no edge. Explore ofertas híbridas exclusivas, como o Azure Arc e o Azure Stack, com a flexibilidade de inovar em qualquer lugar no seu ambiente híbrido, enquanto trabalha de forma segura e ininterrupta na cloud fidedigna da Microsoft.

Introdução às soluções cloud híbridas

Estamos prontos para começar – vamos configurar a sua conta gratuita