Microsoft Azure OpenDev

Ver o evento completo

Ver o evento completo

Oradores presentes:

Orador Ashley McNamara

Ashley McNamara

Microsoft
Orador Ryan Parks

Ryan Parks

GitHub
Orador Tyler Croy

Tyler Croy

CloudBees
Orador Matt Wrock

Matt Wrock

Chef
Orador Nic Jackson

Nic Jackson

HashiCorp
Orador Christoph Wurm

Christoph Wurm

Elastic

Sobre o Azure OpenDev

Bem-vindo ao OpenDev, uma série técnica em direto com líderes da comunidade de código aberto. Este episódio apresenta o DevOps, que aumenta a agilidade empresarial ao proporcionar mais rapidamente valor empresarial aos clientes. Saiba como combinar projetos líderes numa coleção de ferramentas DevOps, com o poder do Azure, beneficiando de aplicações nativas legadas e na cloud.

  • GitHub
  • Jenkins
  • Chef
  • HashiCorp
  • Elasticsearch

Sessões individuais

Contribuir para open source (é mais do que código)

Resources.Speaker Ashley McNamara

Ashley McNamara

Principal Responsável pelo Apoio aos Programadores

Microsoft

Veja o vídeo Contribuir para open source (é mais do que código)

Antes de ser um Gopher, a Ashley era fotógrafa profissional. No entanto, chegou à conclusão que a fotografia não lhe pagava as contas e dedicou-se à programação. Estava a escrever em Python e a trabalhar como Gestora da Comunidade Rackspace, quando conheceu um Gopher que iria mudar para sempre o seu percurso.

Em 2014, Steve Francia (@spf13) inspirou-a a deixar o Python e nunca olhar para trás. Ele lecionava um curso de introdução ao Go e convenceu a Ashley a ajudá-lo a lecionar o curso, onde a perspetiva inovadora dela seria um trunfo. Desde então, ela tem sido um membro valioso da comunidade Go e uma contribuidora-chave para o seu crescimento. O que se segue são as lições aprendidas dela, bem como sugestões sobre como pode envolver-se na comunidade Go.

Introdução ao InnerSource — fluxos de trabalho de código aberto na empresa

Resources.Speaker Ryan Parks

Ryan Parks

Engenheiro de Soluções

GitHub

Veja o vídeo Introdução ao InnerSource — fluxos de trabalho de código aberto na empresa

Projetos open source de classe mundial ensinaram-nos muito sobre as formas mais eficientes de desenvolver software de forma colaborativa. InnerSource consiste na prática de aplicar estas lições "por trás da firewall" em projetos privados da sua organização. As empresas que adotam o InnerSource constatam que as ajuda a dividir silos, incentiva a colaboração interna e ajuda a fomentar uma melhor cultura de engenharia.

Nesta sessão, ficará a saber como introduzir com êxito as melhores práticas do InnerSource nas bases de código legadas da organização no GitHub. Irá também ser incluída uma demonstração prática do GitHub Flow, um fluxo de trabalho simples e eficiente que utiliza Pedidos Pull para introduzir alterações para revisão num projeto. Irá também ver como o GitHub se integra noutras ferramentas-chave de código aberto para desenvolvimento, CI automatizado e implementação, que são os componentes centrais das coleções modernas de ferramentas DevOps.

Entrega contínua de infraestrutura para o Azure

Resources.Speaker Tyler Croy

Tyler Croy

Diretor de Evangelismo e membro do conselho do projeto Jenkins

CloudBees

Veja o vídeo Entrega contínua de infraestrutura para o Azure

O projeto Jenkins aloja a maior parte da sua infraestrutura — uma combinação do Terraform, Kubernetes e Puppet — no Azure. Como projeto de open source, automatiza a entrega da própria infraestrutura como código, a totalidade da qual é, evidentemente, open source.

Nesta sessão, o Tyler irá mostrar alguns exemplos dinâmicos de entrega contínua de infraestrutura com o Jenkins e Azure.

Modernize o fluxo de trabalho do desenvolvimento Java com o Habitat

Resources.Speaker Matt Wrock

Matt Wrock

Programador de Software

Chef

Veja o vídeo Modernize o fluxo de trabalho do desenvolvimento Java com o Habitat

Habitat é uma nova plataforma de automatização de aplicações que permite aplicar fluxos de trabalho de desenvolvimento modernos até mesmo às aplicações Java legadas, independentemente de utilizar o Docker, ambientes de cloud ou bare-metal. Esta apresentação irá demonstrar como o Habitat pode criar e compilar um pacote imutável que contém uma aplicação Java e, depois, executar esse pacote em vários ambientes.

Irá ver como o Habitat pode ajudar a proporcionar portabilidade às suas aplicações e manter as informações da configuração e das dependências próximas do código da aplicação — em vez de estarem ocultas em complexos scripts de gestão de configuração. Irá também ver como os pacotes do Habitat podem partilhar a configuração e detetar serviços em vários nós. Por último, irá ver como o Habitat promete simplificar os pipelines CI/CD.

Infraestrutura reproduzível com o Terraform e Microsoft Azure

Resources.Speaker Nic Jackson

Nic Jackson

Responsável pelo Apoio aos Programadores

HashiCorp

Veja o vídeo Infraestrutura reproduzível com o Terraform e Microsoft Azure

Terraform é uma ferramenta open source para gerir infraestrutura como código. Criado pela HashiCorp, permite aos utilizadores criar, alterar, modificar e melhorar elementos da infraestrutura, de forma segura e previsível, ao escreverem configuração clara e declarativa. A conversa do Nic irá aprofundar o Terraform e como pode ser utilizado no Microsoft Azure.

Veremos uma configuração simples que explica como a abordagem do Terraform baseada em gráficos para gerir dependências é perfeita para gerir recursos do Azure. O Terraform não só consegue aprovisionar máquinas virtuais com todas as redes e regras de firewall associadas, como também configura aplicações de microsserviços com o Container Service, o DNS e muitos outros.

No final da sessão, ficará com uma compreensão abrangente do Terraform e como este pode ajudar na gestão do ciclo de vida dos recursos de infraestrutura no Azure.

Além disso, a Nic vai juntar-se Vicki Cheung, Diretora de Infraestruturas da OpenAI, que vai demonstrar como é que esta empresa utiliza o Terraform no Azure para criar infraestruturas para aprendizagem profunda.

Registo, segurança e análise no Azure com o Elastic Stack

Resources.Speaker Christoph Wurm

Christoph Wurm

Diretor de Arquitetura de Soluções

Elastic

Veja o vídeo Registo, segurança e análise no Azure com o Elastic Stack

Cada instância de servidor, aplicação e processo cria continuamente fluxos de eventos sobre a operação e o estado deles. Reunir estas informações está no cerne do Elastic Stack. Incluindo Elasticsearch, Kibana, Logstash e Beats, o Elastic Stack é complementado pelo X-Pack para segurança, alertas e mais. É a pilha open source mais implementada para a centralização da gestão de registos, monitorização de métricas e análise.

Muitos utilizadores e clientes do Elastic Stack utilizam o Azure com satisfação. Um modelo oficial no mercado da solução Elastic Stack ajuda-o a começar e fornece recursos em separado para suporte contínuo.

Nesta sessão, ficará a par dos componentes do Elastic Stack e como se juntam num pipeline. Irá ver casos de utilização típicos, arquiteturas, origens de dados e utilizadores finais. Por último, verá como o Elastic Stack é implementado no Azure. Anshul Kumar, Diretor de Macrodados da McKesson, demonstra como implementar o Elastic Stack numa rede privada empresarial no Azure e disponibilizar informações de dados rápidas mediante a utilização do Kibana.

DevOps de OSS em ação

Dê uma olhadela nas capacidades que o Azure proporciona, quando combinado com populares ferramentas DevOps de OSS.

HashiCorp com o Azure

Neste vídeo, Armon Dadgar, cofundador e CTO da HashiCorp, junta-se a John Gossman, Arquiteto da equipa central do Azure na Microsoft, para falarem sobre o estado atual do espaço DevOps e das ferramentas HashiCorp para aprovisionamento da infraestrutura na cloud. Abordam também as tendência que observam atualmente no setor e finalizam com algumas indicações para iniciar a viagem para a implementação da infraestrutura de próxima geração.

Alojar o Jenkins no Azure

Arun Chandrasekhar, Gestor de Programas OSS de DevOps do Azure, regressa ao Azure Friday para conversar com Donovan Brown sobre como utilizar o Azure para integração contínua com o Jenkins. Arun fala sobre o novo plu-in dos Agentes de Máquina Virtual do Azure para o qual a sua equipa contribuiu. Tira partido da plataforma cloud do Azure para implementar e dimensionar a pedido agentes criados com o Jenkins.

1. Inscrição

Receba $200 em créditos do Azure e 12 meses de serviços populares, gratuitamente.

2. Mais informações

Veja estes tutoriais e vídeos de início rápido para começar a utilizar rapidamente o Azure.

3. Compilação

Explore serviços populares e comece a criar a sua solução.