Informação de diagnóstico e coleta de despejo de memória do Suporte do Microsoft Azure

Entenda o que será compartilhado com o Suporte da Microsoft quando você conceder acesso para coletar um despejo de memória completo e informações de diagnóstico do portal do Microsoft Azure.

Coleta de informações de diagnóstico

No novo portal do Microsoft Azure, o recurso “Compartilhar informações de diagnóstico” dá seu consentimento para permitir que um engenheiro do Suporte da Microsoft colete dados remotamente da sua entidade do Serviço de Nuvem/da VM do Azure do atual incidente de suporte, com a finalidade de solucionar seu problema. Exemplos de dados de diagnóstico coletados são arquivos de log comuns, logs de eventos geradas pelo sistema, chaves do Registro, logs de depuração e informações de rede básica e de disco de armazenamento.

Para problemas relacionados ao serviço de Aplicativo, Logs de HTTP, erros detalhados, rastreamento de KUDU, Logs de Transformação, Logs de FREB, Logs de Winsock, Logs de Evento, Logs de DAAS e Logs de Webjob são coletadas para ajudar na solução de problemas.

Você pode revogar este acesso entrando em contato com seu engenheiro de suporte, o que impedirá futuras coletas de informações de diagnóstico relacionadas a este incidente de suporte. Uma lista detalhada dos arquivos coletados pode ser encontrada nos seguintes artigos: KB2518791, KB2772488, KB3137442, KB3200697 e StorSimple KB.

Coleta de despejo de memória

O que é um Despejo de Memória Completo?

Um Despejo de Memória Completo é o maior arquivo de despejo de modo kernel. Esse arquivo inclui todas as memórias físicas usadas pelo Windows. Um despejo de memória completo não inclui, por padrão, memória física que é usada pelo firmware da plataforma.

O despejo é copiado do nó de computação (host do Azure) no qual foi criado, para outro servidor para depuração dentro do mesmo datacenter. Os dados do cliente são protegidos, uma vez que não saem do limite seguro do Azure. Saiba mais sobre como os dados do cliente são armazenados no Azure.

O arquivo de despejo é criado gerando um estado seguro de Hyper-V da máquina virtual. Este processo pausará a VM por até 10 minutos após o qual a VM será retomada. A VM não será reiniciada como parte desse processo.

Como seus dados são manuseados?

Quaisquer dados coletados anteriormente com seu consentimento não serão afetados pela revogação da permissão. Os dados serão usados unicamente com a finalidade de solucionar seu problema e não serão usados para nenhum fim de marketing, propaganda ou outros fins comerciais sem o seu consentimento. Os dados podem ser retidos por até 90 dias e quaisquer dados coletados pelo Suporte da Microsoft serão manuseados de acordo com nossas práticas de privacidade padrão. Saiba mais sobre as políticas de retenção de dados.