Ignorar navegação

SAP NetWeaver no SQL Server

A solução de aplicativo NetWeaver no SQL Server ilustra como uma solicitação de usuário flui em um cenário do SAP criado no NetWeaver usando Máquinas Virtuais do Azure para hospedar aplicativos SAP e um banco de dados do SQL Server. Esse sistema usufrui do clustering do SO, proporcionando um Armazenamento Premium de alta disponibilidade para acelerar o desempenho e a escalabilidade do armazenamento, bem como a funcionalidade AlwaysOn do SQL Server para replicação e também uma configuração de DR (recuperação de desastre) completa para garantir 99,95% de disponibilidade do sistema.

1 2 3 4 5 6 7 8 9

Usando o Azure Active Directory sincronizado com o Active Directory local, o usuário do aplicativo SAP é autenticado do local para o cenário do SAP no Azure com credenciais de logon único.

O gateway do ExpressRoute de alta velocidade do Azure conecta a rede local às máquinas virtuais do Azure e a outros recursos com segurança.

A solicitação de ordem de venda flui para um ASCS (ABAP SAP Central Services) do SAP de alta disponibilidade e, em seguida, pelos servidores de aplicativos SAP em execução no servidor de arquivos de expansão de Máquinas Virtuais do Azure em uma VM do Azure

A solicitação passa do servidor de aplicativos SAP para o SQL Server em execução em uma VM do Azure primária de alto desempenho.

Os servidores primário (ativo) e secundário (em espera) em execução em máquinas virtuais certificadas pelo SAP são clusterizados no nível do SO, oferecendo 99,95% de disponibilidade. A replicação de dados é manipulada pelo recurso AlwaysOn do SQL Server no modo síncrono, do primário para o secundário, permitindo um RPO (objetivo de ponto de recuperação) igual a zero.

Os dados do SQL Server são persistidos para o Armazenamento Premium do Azure de alto desempenho.

Os dados do SQL Server são replicados da máquina virtual de recuperação de desastre em outra região do Azure por meio da rede de backbone de alta velocidade do Azure e usando a replicação AlwaysOn do SQL Server no modo assíncrono. A VM de recuperação de desastre pode ser menor do que a VM de produção para economizar custos.

As VMs na região da recuperação de desastre podem ser usadas em trabalhos que não sejam de produção para economizar custos.

O servidor de aplicativos SAP com ASCS do lado da recuperação de desastre pode ficar no modo de desligamento em espera e ser iniciado apenas quando necessário, para economizar custos.

  1. 1 Usando o Azure Active Directory sincronizado com o Active Directory local, o usuário do aplicativo SAP é autenticado do local para o cenário do SAP no Azure com credenciais de logon único.
  2. 2 O gateway do ExpressRoute de alta velocidade do Azure conecta a rede local às máquinas virtuais do Azure e a outros recursos com segurança.
  3. 3 A solicitação de ordem de venda flui para um ASCS (ABAP SAP Central Services) do SAP de alta disponibilidade e, em seguida, pelos servidores de aplicativos SAP em execução no servidor de arquivos de expansão de Máquinas Virtuais do Azure em uma VM do Azure
  4. 4 A solicitação passa do servidor de aplicativos SAP para o SQL Server em execução em uma VM do Azure primária de alto desempenho.
  5. 5 Os servidores primário (ativo) e secundário (em espera) em execução em máquinas virtuais certificadas pelo SAP são clusterizados no nível do SO, oferecendo 99,95% de disponibilidade. A replicação de dados é manipulada pelo recurso AlwaysOn do SQL Server no modo síncrono, do primário para o secundário, permitindo um RPO (objetivo de ponto de recuperação) igual a zero.
  1. 6 Os dados do SQL Server são persistidos para o Armazenamento Premium do Azure de alto desempenho.
  2. 7 Os dados do SQL Server são replicados da máquina virtual de recuperação de desastre em outra região do Azure por meio da rede de backbone de alta velocidade do Azure e usando a replicação AlwaysOn do SQL Server no modo assíncrono. A VM de recuperação de desastre pode ser menor do que a VM de produção para economizar custos.
  3. 8 As VMs na região da recuperação de desastre podem ser usadas em trabalhos que não sejam de produção para economizar custos.
  4. 9 O servidor de aplicativos SAP com ASCS do lado da recuperação de desastre pode ficar no modo de desligamento em espera e ser iniciado apenas quando necessário, para economizar custos.

Diretrizes de implementação

Produtos/descrição Documentação

Máquinas virtuais

Informações sobre máquinas virtuais dos servidores de aplicativos SAP.

Armazenamento Premium

O Armazenamento Premium do Microsoft Azure fornece taxa de transferência aprimorada e menos variabilidade em latências de E/S. Para melhorar o desempenho, o Armazenamento Premium usa SSD (unidade de estado sólido) nos nós de Armazenamento do Azure, bem como um cache de leitura que tem o suporte do SSD local de um nó de computação do Azure.

Arquiteturas de solução relacionadas

1 2 3 4 5 6 7 8 9

SAP S/4HANA em instâncias grandes do HANA com HA e DR

Essa arquitetura da solução ilustra como uma solicitação de usuário flui em um cenário do SAP com base em Máquinas Virtuais do Azure de alto desempenho e em um banco de dados HANA na memória em execução em instâncias grandes do HANA, oferecendo escalabilidade e desempenho incomparáveis. O sistema aproveita o clustering do SO para o desempenho do banco de dados, a alta disponibilidade usando a replicação do sistema do HANA e uma configuração de DR (recuperação de desastre) completa para garantir a disponibilidade do sistema.