Ignorar navegação

Previsão da duração da permanência em hospitais

Esta solução habilita um modelo preditivo para a duração da permanência de internações hospitalares. A LOS (duração da permanência) é definida pelo número de dias, desde data inicial da internação até a data em que o paciente recebe alta de qualquer instalação hospitalar específica.

Descrição

Observação: se você já implantou esta solução, clique aqui para exibir sua implantação.

Tempo de provisionamento estimado: 30 minutos

Contrato preliminar requerido: você deve aceitar os Termos de uso para a Máquina virtual de ciência de dados em sua Assinatura do Azure, antes de implantar essa VM pela primeira vez. Clique aqui para concordar com esses termos.

Visão geral

Esta solução habilita um modelo preditivo para a duração da permanência de internações hospitalares. A LOS (duração da permanência) é definida pelo número de dias, desde data inicial da internação até a data em que o paciente recebe alta de qualquer instalação hospitalar específica. Pode haver variações significativas da LOS de acordo com as diversas instalações e entre especialidades e condições médicas, até no mesmo sistema de serviço de saúde. A previsão avançada de LOS no momento da internação pode melhorar muito a qualidade do cuidado e a eficiência da carga de trabalho operacional, bem como ajudar a planejar adequadamente as altas médicas, resultando na redução de muitos outros indicadores de qualidade como reinternações.

Perspectiva de negócios

Há dois usuários empresariais diferentes no gerenciamento de hospitais que podem se beneficiar de previsões mais confiáveis sobre a Duração da permanência. Eles são:

  • Os CMIOs (Diretores médicos executivos de informações), que Permeiam a divisão entre informática/tecnologia e os profissionais de saúde em uma organização de serviços de saúde. Suas tarefas geralmente incluem o uso de análises para determinar se os recursos estão sendo alocado adequadamente em uma rede de hospitais. Como parte disso, o CMIO precisa ser capaz de determinar quais instalações estão sendo sobrecarregadas e, especificamente, quais recursos dessas instalações devem ser reforçados para realinhar os recursos com as necessidades.
  • O Gerente de enfermagem, que é diretamente envolvido com o cuidado dos pacientes. Essa função exige o monitoramento do status de cada paciente, bem como a certeza de que a equipe está disponível para atender às demandas de cuidados de seus pacientes. Um Gerente de enfermagem também precisa gerenciar a alta de seus pacientes. A capacidade de prever a LOS de um paciente permite que um Gerente de enfermagem determine se os recursos de pessoal serão adequados para lidar com a liberação de um paciente.

Perspectiva do Cientista de dados

O SQL Server R Services leva os recursos de computação até os dados, executando o R no computador que hospeda o banco de dados. Ele inclui um serviço de banco de dados que é executado fora do processo do SQL Server e que se comunica de maneira segura com o tempo de execução do R.

Essa solução oferece os passos necessários para criar e refinar dados, treinar os modelos do R e realizar pontuação no computador do SQL Server. A tabela final classificada do banco de dados no SQL Server proporciona a LOS prevista para cada paciente. Esses dados são então visualizados no Power BI. (Dados simulados são usados nesse modelo para ilustrar o recurso).

Os cientistas de dados que estão testando e desenvolvendo soluções podem trabalhar convenientemente em suas IDEs preferidas do R e em seus próprios computadores cliente, enviando a computação por push ao computador do SQL Server. As soluções concluídas são implantadas no SQL Server 2016 através da inserção de chamadas ao R em procedimentos armazenados. Essas soluções podem ser ainda mais automatizadas com o SQL Server Integration Services e o agente do SQL Server.

Essa solução também inclui o código do R, necessário para o cientista de dados, dentro da pasta do R. Ela mostra os procedimentos armazenados (arquivos .sql) que podem ser implantados na pasta SQLR. Um script do PowerShell (arquivo .ps1) também é fornecido para automatizar a execução do código SQL. Clique no botão Implantar para testar a automação e toda a solução será disponibilizada na sua assinatura do Azure.

Preços

Sua assinatura do Azure usada para a implantação incorrerá em taxas de consumo sobre os serviços usados nesta solução, de aproximadamente $1.15/hora para a VM padrão.

Certifique-se de interromper a instância VM quando não estiver utilizando a solução de maneira ativa. A execução da VM incorrerá em maiores custos.

Exclua esta solução se você não a estiver utilizando.

Aviso de isenção de responsabilidade

© 2017 Microsoft Corporation. Todos os direitos reservados. Estas informações são fornecidas “no estado em que se encontram” e poderão ser alteradas sem aviso. A Microsoft não oferece garantias, expressas ou implícitas, com relação às informações aqui fornecidas. Dados de terceiros foram utilizados para gerar esta Solução. Você é responsável por respeitar os direitos de terceiros, incluindo a obtenção e o cumprimento de licenças relevantes com o intuito de criar conjuntos de dados similares.

Arquiteturas de solução relacionadas

Gerenciamento de saúde populacional para serviços de saúde

O gerenciamento de saúde populacional é uma ferramenta importante que tem sido usada cada vez mais por provedores de serviços de saúde para gerenciar e controlar os custos crescentes. O cerne do gerenciamento de saúde populacional é o uso de dados para melhorar os resultados de saúde. Acompanhamento, monitoramento e benchmark são os três pilares do gerenciamento de saúde populacional, direcionados para a melhoria de resultados clínicos e de saúde, reduzindo e gerenciando custos ao mesmo tempo.