Demonstração do IoT Central

O Azure IoT Central é uma solução de SaaS (software como serviço) de IoT global e totalmente gerenciada que facilita a conexão, o monitoramento e o gerenciamento dos seus ativos de IoT em escala.

A Contoso Inc fabrica máquinas de venda de produtos refrigerados para uso de seus clientes, incluindo máquinas de bebidas, máquinas de alimentos e lanches e dispositivos personalizados, como dispensadores de medicamentos refrigerados. A Contoso sabia que a conexão de suas máquinas de venda à nuvem oferecerá níveis maiores de disponibilidade e confiabilidade, proporcionando tranquilidade e satisfação aos clientes, ao mesmo tempo que abrirá novas oportunidades de receita em contratos de manutenção e serviço.

A Contoso reconheceu que a adição de IoT às máquinas nem sempre era fácil e ela não tinha o conjunto de habilidades. Portanto, em vez de procurar contratar recursos dedicados para criar sua própria solução, ela recorreu ao IoT Central da Microsoft. O Azure IoT Central é uma solução SaaS (software como serviço) totalmente gerenciada que elimina a necessidade de conhecimento em soluções de nuvem e facilita a conexão, o monitoramento e o gerenciamento de seus ativos de IoT em escala. O Azure IoT Central simplifica a configuração inicial de sua solução IoT e reduz o ônus do gerenciamento, os custos operacionais e a sobrecarga de um projeto de IoT típico.

Clique nesta demonstração para saber como os Construtores podem criar e configurar com facilidade uma solução de IoT e fornecer aos Operadores um aplicativo fácil de gerenciar e usar do Azure IoT Central.

Criar

Configurar

Uso

Etapa 1 de 3

Criar um aplicativo

Lara é uma Construtora da Contoso que tem habilidades na engenharia do lado do dispositivo, mas não da nuvem. Os Gerentes de Produto da Contoso pretendem adicionar um novo monitoramento às máquinas de venda e Lara está encarregada de habilitar os produtos da Contoso para a IoT. Lara pode começar com um modelo de aplicativo existente. Depois de avaliar a avaliação gratuita, ela pode provisionar seu aplicativo de produção com facilidade.

Etapa 2 de 3

Criar um dispositivo

Lara pode escolher um modelo e criar um dispositivo imediatamente.

Etapa 3 de 3

Torná-lo seu dispositivo

Lara pode adicionar um nome e uma imagem do produto para representar seu dispositivo, de modo que ele seja facilmente identificável no aplicativo.

Etapa 1 de 4

Definir e simular medidas de dispositivos

Lara pode definir as funcionalidades de sua máquina de venda e pode testá-las simulando a telemetria antes mesmo de conectar um dispositivo físico.

Etapa 2 de 4

Configurar regras

Lara pode definir regras baseadas em atributos de dispositivo e em dados de streaming, que disparam uma ampla variedade de ações que são mapeadas para processos corporativos. (Por exemplo, enviar um email quando um limite é atingido)

Etapa 3 de 4

Configurar o painel

Usando operações do tipo "arrastar e soltar", Lara pode popular o painel com blocos significativos representativos das funcionalidades do dispositivo, configurando a exibição para os operadores.

Etapa 4 de 4

Configurar as propriedades

As propriedades podem ser associadas a um dispositivo para permitir que qualquer operador acesse todas as informações relevantes sobre um dispositivo, como número de série ou localização.

Etapa 1 de 5

Home page do operador

Pedro é um gerente de operações encarregado de diferentes tipos de máquinas de venda em nome de vários clientes. Pedro e sua equipe garantem que nenhum dos ativos gerenciados pela Contoso apresentem problemas e, em caso de problemas, que eles sejam corrigidos o mais rápido possível. Pedro pode usar a home page do operador que Lara projetou para ele para acessar rapidamente todos os aspectos da solução.

Etapa 2 de 5

Receber notificações

Uma regra foi disparada e alertou Pedro de um problema com a temperatura de uma máquina. Ele pode clicar no link para abrir o Aplicativo IoT diretamente na máquina em questão.

Etapa 3 de 5

Painel do dispositivo

Pedro pode usar o painel do dispositivo para ver um resumo significativo das condições do dispositivo e tomar medidas com base no aumento recente da temperatura.

Etapa 4 de 5

Executar ação

Pedro pode alterar uma configuração no aplicativo a ser aplicada ao dispositivo remoto e será informado quando a alteração ocorrer.

Etapa 5 de 5

Análise de Série Temporal

Pedro pode usar os gráficos de análise de série temporal inseridos para monitorar todos os dispositivos conectados e verificar se todas as máquinas estão funcionando dentro de parâmetros normais.