Ignorar navegação

Série B de Máquinas Virtuais do Azure

Na visualização Já está disponível na visualização.

Data de atualização: terça-feira, 12 de setembro de 2017

A Série B de máquinas virtuais oferece uma maneira econômica de implantar cargas de trabalho que estouram seu desempenho, mas que não exigem o desempenho completo contínuo da CPU. Quando as máquinas virtuais da Série B são executadas nos pontos baixos e não utilizam por completo o desempenho de linha de base da CPU, a instância de máquina virtual acumula créditos. Depois de acumular créditos suficientes, você pode estourar seu uso até 100% da vCPU durante o período em que seu aplicativo exige o desempenho mais alto da CPU.

Esses tamanhos de máquina virtual permitem pagar e estourar conforme necessário; portanto, você usa apenas uma fração da CPU quando não precisa dela e poderá estourar até 100% da CPU quando precisar dela (usando processadores Intel® Haswell E5-2673 v3 de 2,4 GHz ou superiores). Esse nível de controle oferece maior valor e flexibilidade de custo.

Saiba mais sobre as máquinas virtuais da série B.

 

  • Virtual Machines
  • Comentários relacionados