Ignorar navegação

O Azure Site Recovery estende o suporte a disco, à configuração e ao Linux

Agora disponível Já está disponível de forma geral.

Data de atualização: segunda-feira, 4 de junho de 2018

Para ajudar os usuários a simplificar as migrações e tornar as soluções de continuidade dos negócios acessíveis para todos os aplicativos, o Azure Site Recovery está estendendo o suporte ao tamanho do disco, as opções de configuração e o suporte ao SO Linux. Após a recente disponibilidade do suporte a tamanho de disco maior no Azure, o Site Recovery agora será compatível com a migração e o failover de máquinas virtuais com tamanhos de disco de até 4 TB para acomodar cargas de trabalho empresariais de grande porte. Nosso serviço de recuperação de desastre agora será compatível com as máquinas IaaS do Azure que usam os Espaços de Armazenamento Diretos, uma tecnologia de virtualização do Windows Server 2016 que agrupa discos em pools de armazenamento para melhorar o desempenho e acomodar discos maiores. Para adicionar uma maior flexibilidade, o Site Recovery está estendendo o suporte ao sistema operacional Linux Ubuntu na infraestrutura virtualizada VMware ou nas Máquinas Virtuais do Azure.

Saiba mais nesta postagem no blog.

  • OSS
  • Site Recovery
  • Open Source
  • Comentários relacionados