O que afeta a disponibilidade do conteúdo nos caches locais da Rede de Distribuição de Conteúdo e como eu posso reduzir a necessidade de fazer solicitações de origem frequentes?

A disponibilidade de conteúdo nos caches locais da Rede de Distribuição de Conteúdo (com frequência denominada "eficiência do cache" ou "descarregamento") é influenciada por vários fatores, incluindo:

  • Valores de cabeçalho de expiração ("max-age")
  • Tamanho total geral da biblioteca de conteúdo do desenvolvedor (o quanto pode ser colocado em cache)
  • Conjunto de trabalho ativo (o quanto está em cache no momento)
  • Tráfego (o quanto está sendo servido)
  • Rotatividade do cache (a frequência com que os objetos estão sendo adicionados ao cache ou envelhecendo) Por exemplo, um desenvolvedor com alta rotatividade e alto tráfego tem menos eficácia de cache do que outros usuários, pois os objetos serão trocados com mais frequência. Isso resulta em tarifas de Armazenamento e Transferência de Dados maiores, pois mais solicitações de origem são necessárias. Para reduzir a necessidade de realizar solicitações de origem, você pode criar cabeçalhos de idade máxima mais longos, permitindo que a Rede de Distribuição de Conteúdo mantenha objetos por mais tempo.

Rede de Fornecimento de Conteúdo

Perguntas e respostas relacionadas

  • Não. O data center é selecionado com base nas configurações de rede dos usuários finais e não pode ser controlado pelo desenvolvedor. Os usuários podem servidos pelos locais de preferência do ISP ou nós considerados "mais perto" de uma forma lógica, não necessariamente em termos de proximidade física.

  • Os preços da transferência de dados na Rede de Distribuição de Conteúdo se baseiam no local do nó em que as transferências são servidas, não na localização do usuário final. As áreas geográficas a seguir correspondem às zonas da Rede de Distribuição de Conteúdo do Azure, conforme listado acima. Para obter uma lista detalhada de locais dos nós, consulte a documentação dos Locais de PoP (Ponto de Presença).

    • Zona 1 – América do Norte, Europa, Oriente Médio e África
    • Zona 2 – Pacífico Asiático (incluindo Japão)
    • Zona 3 – América do Sul
    • Zona 4 – Austrália
    • Zona 5 – Índia
  • Um preço abrange as localidades atendidas pelas zonas da Rede de Distribuição de Conteúdo existentes.

  • Não. Quando a Rede de Distribuição de Conteúdo recebe uma solicitação de um objeto que não está em um local de borda, ela faz uma solicitação para que o Armazenamento do Microsoft Azure obtenha os dados. O custo de leitura de dados do Armazenamento e de transferência desses dados do Armazenamento para a Rede de Distribuição de Conteúdo é baseado nas tarifas regulares de Armazenamento e de Transferência de Dados.