Eu já tenho um bot. Posso migrá-lo para o Bot Framework?

Saiba mais sobre migração de bots no .NET e JavaScript para a versão mais recente do SDK do Bot Framework: https://docs.microsoft.com/pt-br/azure/bot-service/migration/migration-overview.

Serviço de Bot do Azure

Perguntas e respostas relacionadas

  • Os serviços do Azure são pagos conforme o uso: por exemplo, por hora de computação ou por mensagem enviada. Dessa forma, você paga apenas pelos recursos que usar e cancela a qualquer momento.

  • Para novas experiências de conversa, use o Bot Framework SDK V4. Enquanto os clientes consideraram os modelos de diálogo no Bot Framework SDK V3 muito rígidos e restritivos, o Bot Framework SDK V4 é modular e extensível. Ele fornece a base para modelos de bot e aceleradores de solução. Se você já tiver bots do Bot Framework SDK V3 em produção, eles continuarão a funcionar no estado em que se encontram até segunda ordem. Saiba mais na página de perguntas frequentes do Bot Framework

  • O Assistente Virtual é diferente da Cortana, da Alexa ou do Google Assistente porque permite criar um assistente virtual que incorpora a personalidade da sua marca. Ele também garante a propriedade de todos os dados resultantes das interações com o cliente em uma ampla variedade de canais.

  • Com a Microsoft, você obtém uma poderosa IA de conversação e reconhecimento de linguagem natural, o Bot Framework de software livre, o suporte de nível empresarial e a propriedade e controle completos de seus dados.

  • O Serviço de Bot do Azure está em conformidade com o ISO/IEC 27001:2013, ISO/IEC 27018:2014, o PCI DSS (Padrão de Segurança de Dados do Setor de Cartões de Pagamento), a HIPAA BAA (Contrato de associação comercial da lei americana Health Insurance Portability Accountability Act), a HITRUST (Health Information Trust Alliance) Common Security Framework e com o SOC 1, SOC 2 e SOC 3.

  • O QnA Maker ajuda você a criar um bot que responda em modo de conversa a perguntas abrangidas em sua documentação, como uma página de Perguntas Frequentes. Saiba mais sobre como funciona o QnA Maker