SQL Server Stretch Database preço

Amplie dinamicamente os bancos de dados do SQL Server no Azure

Com o SQL Server Stretch Database, você pode expandir dinamicamente dados transacionais quentes e frios do Microsoft SQL Server para o Azure. Diferente de soluções de gerenciamento de dados frios típicas, com o Stretch Database, seus dados estão sempre à mão. O Stretch Database permite oferecer tempos de retenção maiores para volumes maiores de dados sem escalar verticalmente o armazenamento corporativo. Dependendo dos seus requisitos de desempenho, escolha um nível de desempenho e depois escale ou reduza verticalmente.

Detalhes de preços

O Stretch Database cobra Computação e Armazenamento separadamente. O uso de Computação é representado por uma DSU (Unidade de Database Stretch) e os clientes podem escalar e reduzir verticalmente o nível de desempenho/DSUs conforme necessário a qualquer momento.

Computação

Nível de desempenho (DSU) Preço
100 $-
200 $-
300 $-
400 $-
500 $-
600 $-
1000 $-
1200 $-
1500 $-
2000 $-

Os tamanhos de banco de dados estão limitados a 240 TB.

As estimativas de preços mensais baseiam-se em 744 horas por mês em nível DSU constante.

O Stretch DB geralmente está disponível em todas as regiões exceto Índia do Sul, Norte da China, Sul do Brasil, Centro-Norte dos EUA, Índia Ocidental, Austrália, Japão e Gov. EUA

Taxa de Transferência de Dados de Saída

As transferências de dados de saída são cobradas de acordo com as tarifas regulares para transferência de dados.

Armazenamento de Dados e Instantâneos

O armazenamento de dados é cobrado com base em $-/GB/mês. O armazenamento de dados inclui o tamanho do seu Stretch DB e dos instantâneos de backup. Todos os Stretch databases têm 7 dias de instantâneos de backup incrementais.

Observação: as transações de armazenamento não são cobradas. Você paga somente pelos dados armazenados, e não por transações de armazenamento.

Backup com redundância geográfica

Você também pode optar por fazer uma cópia com redundância geográfica de seu Stretch Database para recuperação de desastre. O armazenamento para cópias com redundância geográfica é cobrado segundo taxas RA-GRS de Disco do Azure Standard de $-/GB/mês.

Suporte e Contrato de Nível de Serviço

  • Suporte gratuito para gerenciamento de cobrança e assinaturas.
  • Planos de suporte flexíveis a partir de $29.0/mês. Encontre um plano
  • Tempo de atividade de 99,99% garantido. Saiba mais

Perguntas Frequentes

  • O Stretch Database é um recurso do SQL Server 2016. Ele está disponível em todas as edições do SQL Server 2016. Para saber mais sobre o Stretch Database, consulte a Visão Geral do SQL Server 2016 Stretch Database.

  • Você pode ajustar o nível de desempenho do seu Stretch Database. Alterar os níveis de desempenho leva apenas alguns minutos e seu banco de dados ficam online e disponíveis durante a alteração.
  • Uma DSU (unidade de ampliação de banco de dados) do SQL Stretch Database representa o poder da consulta e é quantificada por objetivos de carga de trabalho: com que velocidade as linhas são gravadas, lidas e computadas. Essa medida ajuda os clientes a avaliarem a quantidade relativa de desempenho necessária para sua carga de trabalho.

  • Sua fatura será composta de uma taxa mensal previsível pelo armazenamento, além de uma taxa variável pela computação. A computação pode variar por mês, dependendo da quantidade de recursos de computação (DSUs) consumidos. O armazenamento e a computação são mostrados separadamente em sua fatura para facilitar a visualização do nível de recursos de computação consumidos.

  • Você é cobrado por cada hora de existência do Stretch Database, independentemente da atividade ou de ele existir por menos de uma hora. Por exemplo, se você criar um Stretch Database e o excluir depois de 5 minutos, sua fatura refletirá um encargo referente a 1 hora de banco de dados de computação mais o armazenamento usado para esse banco de dados. Se você excluir um banco de dados e, em seguida, criar outro banco de dados com o mesmo nome, sua fatura refletirá um encargo referente a dois bancos de dados separados (encargos de computação e armazenamento) dentro daquela hora.

  • As DSUs serão cobradas por hora no nível de desempenho mais alto aplicado durante a hora. Se você criar um Stretch Database com 100 DSU e imediatamente escalá-lo para 400 DSU, você será cobrado pela taxa de computação de 400 DSU para a primeira hora.

  • Você pode ajustar o nível de desempenho do seu Stretch Database. Alterar os níveis de desempenho leva apenas alguns minutos e seu banco de dados ficam online e disponíveis durante a alteração.

  • Você pode ampliar para até 240 TB de dados com o Stretch Database.

  • Você pode retornar seus dados para o ambiente local a qualquer momento. Se você decidir cancelar a assinatura do Stretch Database, precisará retornar os dados para o local por meio do cancelamento da ampliação ou exportá-los para um serviço de armazenamento para manter o acesso aos dados. Observação: encargos pela saída são aplicáveis a dados em migração para fora do Azure. Para obter mais informações sobre como cancelar a ampliação ou exportar os dados, consulte a documentação do SQL Server 2016 Stretch Database.

  • Você consumirá aproximadamente o mesmo volume de armazenamento no Stretch Database que o consumido atualmente no SQL Server, visto que os dados armazenados originalmente no SQL Server são movidos para o Stretch Database. A ferramenta consultora do Stretch Database pode ajudar a estimar suas necessidades de armazenamento. Consulte a documentação para ver os detalhes de uso do consultor de carga de trabalho.

  • O Stretch Database não dá suporte à ampliação para outro SQL Server no momento. Não é possível ampliar um banco de dados SQL Server para outro. Se você deseja ampliar seu banco de dados/tabela do SQL Server para outro SQL Server em vez do Stretch Database, forneça seus comentários detalhados aqui.

  • Não há suporte para a atualização direta. Se você precisar reter dados já ampliados para o Azure, primeiro você precisará desfazer a migração dos dados do Azure para o seu banco de dados do SQL Server. Depois disso, você poderá atualizar e ampliar novamente para o novo serviço Stretch Database. Observe que desfazer a migração de dados do Azure incorrerá em encargos pela saída dos dados. Se você estiver usando o RC1 ou posterior, você poderá atualizar para uma versão mais recente usando qualquer método de atualização existente para o qual o SQL Server dá suporte.

  • Em primeiro lugar, você precisará desfazer a migração os dados do Azure de volta ao seu banco de dados do SQL Server. Depois disso, você poderá atualizar e ampliar novamente para o novo serviço Stretch Database. Observe que desfazer a migração de dados do Azure incorrerá em encargos pela saída dos dados.

Recursos

Calculadora

Faça a estimativa de seus custos mensais com os serviços do Azure

Perguntas frequentes sobre compra

Verifique as perguntas frequentes sobre preços do Azure

Detalhes do produto

Saiba mais sobre SQL Server Stretch Database

Documentação

Consulte tutoriais técnicos, vídeos e outros recursos

Inscreva-se agora e ganhe $200 em créditos do Azure

Comece hoje mesmo