SQL Server Stretch Database preço

Amplie dinamicamente os bancos de dados do SQL Server no Azure

Com o SQL Server Stretch Database, você pode expandir dinamicamente dados transacionais quentes e frios do Microsoft SQL Server para o Azure. Diferente de soluções de gerenciamento de dados frios típicas, com o Stretch Database, seus dados estão sempre à mão. O Stretch Database permite oferecer tempos de retenção maiores para volumes maiores de dados sem escalar verticalmente o armazenamento corporativo. Dependendo dos seus requisitos de desempenho, escolha um nível de desempenho e depois escale ou reduza verticalmente.

Detalhes de preços

O Stretch Database cobra Computação e Armazenamento separadamente. O uso de Computação é representado por uma DSU (Unidade de Database Stretch) e os clientes podem escalar e reduzir verticalmente o nível de desempenho/DSUs conforme necessário a qualquer momento.

Computação

Nível de desempenho (DSU) Preço
100 $-
200 $-
300 $-
400 $-
500 $-
600 $-
1000 $-
1200 $-
1500 $-
2000 $-

Os tamanhos de banco de dados estão limitados a 240 TB.

As estimativas de preços mensais baseiam-se em 744 horas por mês em nível DSU constante.

O Stretch DB geralmente está disponível em todas as regiões exceto Índia do Sul, Norte da China, Sul do Brasil, Centro-Norte dos EUA, Índia Ocidental, Austrália, Japão e Gov. EUA

Taxa de Transferência de Dados de Saída

As transferências de dados de saída são cobradas de acordo com as tarifas regulares para transferência de dados.

Armazenamento de Dados e Instantâneos

O armazenamento de dados é cobrado com base em $-/GB/mês. O armazenamento de dados inclui o tamanho do seu Stretch DB e dos instantâneos de backup. Todos os Stretch databases têm 7 dias de instantâneos de backup incrementais.

Observação: as transações de armazenamento não são cobradas. Você paga somente pelos dados armazenados, e não por transações de armazenamento.

Backup com redundância geográfica

Você também pode optar por fazer uma cópia com redundância geográfica de seu Stretch Database para recuperação de desastre. O armazenamento para cópias com redundância geográfica é cobrado segundo taxas RA-GRS de Disco do Azure Standard de $-/GB/mês.

Suporte e Contrato de Nível de Serviço

  • Suporte gratuito para gerenciamento de cobrança e assinaturas.
  • Planos de suporte flexíveis a partir de $29/mês. Encontre um plano
  • Tempo de atividade de 99,99% garantido. Saiba mais

Perguntas Frequentes

  • O Stretch Database é um recurso do SQL Server 2016. Ele está disponível em todas as edições do SQL Server 2016. Para saber mais sobre o Stretch Database, consulte a Visão Geral do SQL Server 2016 Stretch Database.

  • Você pode ajustar o nível de desempenho do seu Stretch Database. Alterar os níveis de desempenho leva apenas alguns minutos e seu banco de dados ficam online e disponíveis durante a alteração.
  • Uma DSU (unidade de ampliação de banco de dados) do SQL Stretch Database representa o poder da consulta e é quantificada por objetivos de carga de trabalho: com que velocidade as linhas são gravadas, lidas e computadas. Essa medida ajuda os clientes a avaliarem a quantidade relativa de desempenho necessária para sua carga de trabalho.

  • Sua fatura será composta de uma taxa mensal previsível pelo armazenamento, além de uma taxa variável pela computação. A computação pode variar por mês, dependendo da quantidade de recursos de computação (DSUs) consumidos. O armazenamento e a computação são mostrados separadamente em sua fatura para facilitar a visualização do nível de recursos de computação consumidos.

  • Você é cobrado por cada hora de existência do Stretch Database, independentemente da atividade ou de ele existir por menos de uma hora. Por exemplo, se você criar um Stretch Database e o excluir depois de 5 minutos, sua fatura refletirá um encargo referente a 1 hora de banco de dados de computação mais o armazenamento usado para esse banco de dados. Se você excluir um banco de dados e, em seguida, criar outro banco de dados com o mesmo nome, sua fatura refletirá um encargo referente a dois bancos de dados separados (encargos de computação e armazenamento) dentro daquela hora.

  • As DSUs serão cobradas por hora no nível de desempenho mais alto aplicado durante a hora. Se você criar um Stretch Database com 100 DSU e imediatamente escalá-lo para 400 DSU, você será cobrado pela taxa de computação de 400 DSU para a primeira hora.

  • Você pode ajustar o nível de desempenho do seu Stretch Database. Alterar os níveis de desempenho leva apenas alguns minutos e seu banco de dados ficam online e disponíveis durante a alteração.

  • Você pode ampliar para até 240 TB de dados com o Stretch Database.

  • Você pode retornar seus dados para o ambiente local a qualquer momento. Se você decidir cancelar a assinatura do Stretch Database, precisará retornar os dados para o local por meio do cancelamento da ampliação ou exportá-los para um serviço de armazenamento para manter o acesso aos dados. Observação: encargos pela saída são aplicáveis a dados em migração para fora do Azure. Para obter mais informações sobre como cancelar a ampliação ou exportar os dados, consulte a documentação do SQL Server 2016 Stretch Database.

  • Você consumirá aproximadamente o mesmo volume de armazenamento no Stretch Database que o consumido atualmente no SQL Server, visto que os dados armazenados originalmente no SQL Server são movidos para o Stretch Database. A ferramenta consultora do Stretch Database pode ajudar a estimar suas necessidades de armazenamento. Consulte a documentação para ver os detalhes de uso do consultor de carga de trabalho.

  • O Stretch Database não dá suporte à ampliação para outro SQL Server no momento. Não é possível ampliar um banco de dados SQL Server para outro. Se você deseja ampliar seu banco de dados/tabela do SQL Server para outro SQL Server em vez do Stretch Database, forneça seus comentários detalhados aqui.

  • Não há suporte para a atualização direta. Se você precisar reter dados já ampliados para o Azure, primeiro você precisará desfazer a migração dos dados do Azure para o seu banco de dados do SQL Server. Depois disso, você poderá atualizar e ampliar novamente para o novo serviço Stretch Database. Observe que desfazer a migração de dados do Azure incorrerá em encargos pela saída dos dados. Se você estiver usando o RC1 ou posterior, você poderá atualizar para uma versão mais recente usando qualquer método de atualização existente para o qual o SQL Server dá suporte.

  • Em primeiro lugar, você precisará desfazer a migração os dados do Azure de volta ao seu banco de dados do SQL Server. Depois disso, você poderá atualizar e ampliar novamente para o novo serviço Stretch Database. Observe que desfazer a migração de dados do Azure incorrerá em encargos pela saída dos dados.

Recursos

Faça a estimativa de seus custos mensais com os serviços do Azure

Verifique as perguntas frequentes sobre preços do Azure

Saiba mais sobre SQL Server Stretch Database

Consulte tutoriais técnicos, vídeos e outros recursos

Aprenda e crie com $200 de crédito e continue gratuitamente

Conta gratuita